Alagoas

Concurso Sefaz AL: 80 vagas e inicial de R$ 8 mil! Edital iminente!

Edital do concurso Sefaz AL será publicado em breve!

Concurso Sefaz AL

Concurso Sefaz AL irá ofertar 80 vagas!

Foi divulgado no Diário Oficial de Alagoas desta quinta-feira (8), um despacho de autorização do governador do estado para dar continuidade ao concurso para a Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas (Concurso Sefaz AL). Com a publicação, a expectativa é que nos próximos dias a banca organizadora seja divulgada e, logo após, o documento com as regras do certame. 

De acordo com a assessoria do órgão, o edital será publicado neste mês e, as provas objetivas serão realizadas entre fevereiro e março de 2019. Além da prova objetiva, será aplicada também prova discursiva. Serão ofertadas 80 vagas para o certame, distribuídas entre os cargos de auditor fiscal da receita estadual (45) e auditor de finanças e controle de arrecadação (35).

Despacho autorizando o prosseguimento do concurso Sefaz AL

O concurso SEFAZ AL está autorizado desde junho. A secretaria adiantou as disciplinas que serão cobradas nas provas. Para auditor fiscal, vão cair nas provas os conteúdos de Informática, Português, Legislação Tributária do ICMS, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Civil, Direito Penal, Contabilidade privada, Estatística, Noções de Economia e Raciocínio Lógico. Já para auditor de finanças serão as disciplinas de Informática, Português, Economia, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Financeiro, Direito Tributário, Finanças Públicas, Estatística, Contabilidade Pública e Raciocínio Lógico. 

A novidade é extremamente importante, ainda mais para a Sefaz AL, já que atualmente são 15 anos sem novas oportunidades.

Concurso Sefaz AL: autorização do certame em junho de 2018

Último concurso Sefaz AL

O último concurso SEFAZ AL foi realizado em 2002, organizado pelo Cespe, nele foram oferecidas 220 vagas para o cargo de Fiscal de Tributos Estaduais, 35 para Agente Controlador de Arrecadação, e 20 para Técnico de Finanças. Na época, a remuneração inicial para as carreiras variava entre R$ 3.000 e R$ 3.600.

Requisitos para todos os cargos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado ou licenciatura plena em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Prova do último concurso Sefaz AL

Os candidatos do concurso SEFAZ AL precisaram realizar prova objetiva de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, compostas por 40 questões de múltipla escolha. As áreas de conhecimentos foram diferentes para cada um dos cargos.

Quadro de provas do concurso SEFAZ AL.

Quadro de provas do concurso SEFAZ AL.

Continuação do quadro de provas do concurso SEFAZ AL.

Continuação do quadro de provas do concurso SEFAZ AL.

Critérios para aprovação no concurso Sefaz AL

Foram considerados habilitados os candidatos que obtiveram, no mínimo, 4 pontos, separadamente, na prova objetiva do grupo I e grupo II, e 12 pontos no conjunto das avaliações.

Sobre a Sefaz AL

A Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ), que promove o concurso SEFAZ AL, é o órgão da administração direta do Poder Executivo responsável por auxiliar o Governador do Estado no planejamento, execução e avaliação das políticas financeira, contábil e tributária do Estado de Alagoas. Entre suas principais atribuições estão a gestão da arrecadação dos tributos e das finanças estaduais. As áreas, os meios e as formas de atuação da Fazenda Pública Estadual de Alagoas estão determinadas na Lei Delegada Estadual nº 47 de 10 de agosto de 2015 alterada pela Lei Delegada nº 7990 de 31 de janeiro de 2018.

Na estrutura organizacional da Sefaz/AL, estão presentes três superintendências-chave, que auxiliam o Secretário de Estado da Fazenda em suas atividades fins: a Superintendência do Tesouro Estadual (STE), a Superintendência da Receita Estadual (SRE) e a Superintendência de Política Fiscal (SUPOF). A primeira é responsável pela gestão financeira, administração de disponibilidades e do fluxo de caixa, operações e aplicações financeiras, pagamentos e controle de desembolsos. Já à segunda cabe a atividade tributante e arrecadatória. Quanto a última, é de sua competência a coordenação, programação e controle das atividades relacionadas ao planejamento fiscal do Estado.

Detalhes do concurso Sefaz AL:

  • Concurso: Secretária do Estado da Fazenda de Alagoas (Concurso Sefaz AL)
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual e Auditor de Finanças e Controle de Arrecadação
  • Escolaridade: nível superior
  • Número de vagas: 80
  • Remuneração: inicial de R$8 mil 
  • Situação: Edital confirmado para novembro!
  • Previsão p/ publicação do edital: novembro de 2018
  • Link do último edital

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2018: confira aqui os certames previstos ainda para este ano!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para o próximo ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Cheguei Lá

10 Comentários

10 Comentários

  1. Eduardo Jorge

    26/07/2018 11:40 em 11:40

    Não é bem assim não, os salários para o concurso de 2018 são, segundo a folha dirigida e outros, entre R$ 8.050,00 e
    R$ 11.500,00, de acordo com o cargo escolhido.

  2. Jefferson

    27/07/2018 12:06 em 12:06

    Em 2002 o salário foi de R$3600,00, acredito que essa previsão de R$ 1.520 a R$ 2.312 deve estar defasada, já que de lá pra cá deve reajustes de salários por conta de inflação, mudança em planos de cargos e salários e tal. Agora em 2018 o salário inicial deva ser bem melhor.

  3. Diego Diniz

    22/08/2018 08:34 em 08:34

    Requisitos para todos os cargos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado ou licenciatura plena em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

    Achei uma discriminação com os cursos tecnólogos de nível superior essa informação, de que só os cursos de bacharelado e licenciatura poderão, prestar o concurso para a sefaz al,pois todos os cursos são de nível superior independente de sua duração, e tenho plena certeza que não se deve avaliar um profissional pela duração de seu curso, existem muitos tecnólogos ótimos profissionais, fica aqui registrado minha indignação com o preconceito sofrido por essa classe nos concursos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo