Concurso TRT GO: saiba tudo sobre o certame que estava em andamento!

Concurso TRT GO ofertaria vagas para níveis médio e superior!

Concurso TRT GO

Concurso TRT GO: saiba todas as informações!

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (concurso TRT GO), com sede em Goiânia, está sem previsão de quando terá um novo edital publicado. O órgão esclareceu que, por razões orçamentárias, suspendeu a realização do concurso em 2018 e não possui recursos para realizar certame neste ano.

Até meados do mês de maio do último ano, a comissão interna responsável pela organização do concurso trabalhava no projeto básico do certame que não foi finalizado. Apesar de autorizado, os processos para realização do concurso permanecem paralisados.

Concurso TRT GO suspenso 

O concurso TRT GO visava ofertar vagas e formação de cadastro de reserva para as funções de Técnico Judiciário e Analista Judiciário em diversas especialidades. 

Na época, os desembargadores referendaram uma proposta atualizada pela Secretaria de Gestão de Pessoas (SGPe) que apontava a real necessidade de cargos e suas respectivas especialidades para o quadro de pessoal do TRT goiano nos próximos anos.

Assim, para o próximo concurso estavam previstas nove vagas, levando em conta a existência de cinco cargos vagos de Técnico Judiciário (Área Administrativa), três cargos vagos de Técnico Judiciário (Especialidade Saúde Bucal) e um cargo vago de Analista Judiciário (Especialidade Odontologia).

O órgão chegou a escolher a banca organizadora do certame, por meio de dispensa de licitação, contratando a Fundação Carlos Chagas (FCC)

Concurso TRT GO - FCC

Concurso TRT GO: banca organizadora escolhida na época!

Vagas que seriam ofertadas no concurso TRT GO 

A Resolução Administrativa 175/2016 havia autorizado a realização do concurso TRT GO para provimento de quatro cargos de técnico judiciário – especialidade Saúde Bucal; um cargo de técnico judiciário – Enfermagem; um cargo de analista judiciário – especialidade Estatística, além de formação de cadastro de reserva para os cargos de analista judiciário – especialidade Tecnologia da Informação e analista judiciário – área administrativa.

Houve ainda a inclusão de dois cargos de analistas, para as funções de Analista Judiciário – Odontologia e Analista Judiciário – Medicina do Trabalho, ambos para cadastro de reserva.

Seriam ofertadas ainda chances para carreiras de técnico judiciário – área administrativa, técnico judiciário – área administrativa – segurança, analista judiciário – área judiciária, analista judiciário – área judiciária – oficial de justiça avaliador federal, engenharia civil, psicologia, contabilidade, medicina.

Cargos que estavam confirmado no concurso TRT GO suspenso:

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – (5 vagas + CR);
  • Técnico Judiciário – Especialidade Saúde Bucal – (3 vagas + CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade TI (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Odontologia – (1 vaga + CR);
  • Analista Judiciário – Área Judiciária (CR);
  • Analista Judiciário – Área Administrativa (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Psiquiatria (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Medicina do Trabalho (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Medicina (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Estatística (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Engenharia Civil (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Psicologia (CR);
  • Analista Judiciário – Especialidade Contabilidade (CR);
  • Técnico Judiciário – Especialidade Técnico de Enfermagem (CR);
  • Técnico Judiciário – Especialidade Técnico – TI (CR); e
  • Técnico Judiciário – Especialidade Segurança (CR).

Último concurso TRT GO

Realizado em 2013, o último concurso TRT GO ofertou dez vagas para as carreiras de Técnico e Analista Judiciário. O concurso foi encerrado em 2015 e prorrogado por dois anos, sua validade foi expirada em 2017.

Os inscritos no concurso TRT GO foram avaliados conforme o quadro de provas abaixo:

Concurso TRT GO: detalhes da última prova do concurso TRT 18.

Concurso TRT GO: detalhes da última prova

O cargo de Técnico teve como conteúdo nas provas as disciplinas de Português, Noções de Direito do Trabalho e processual do trabalho, Noções de Gestão Pública, Regimento Interno do TRT 18ª Região, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional e Matemática e Raciocínio lógico-matemático.

Já os Analistas contaram com os conteúdos de Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Processual do Trabalho, Direito do Trabalho, Direito Civil, Direito Processual Civil, Regimento Interno do TRT 18ª Região. 

Concurso TRT GO: remunerações 

A remuneração inicial conforme tabela deste ano é de R$ 6.160,75 para Técnicos e R$ 10.108 para Analistas. Já o topo das carreiras chegará, a R$ 11.398 e R$ 18.701, respectivamente. 

Somado aos vencimentos, temos, ainda, o auxílio-alimentação, que hoje é R$ 884, auxílio-saúde, atualmente de R$ 300, e auxílio-natalidade, de R$ 700 – veja abaixo o quadro completo. Também pela lei que reestrutura os vencimentos, técnicos judiciários com curso superior receberão 5% como adicional de qualificação. Atualmente, a Lei 11.416/06, que trata das carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, garante esse adicional só para servidores com mestrado, doutorado ou especialização.  Com a  Gratificação de Atividade Externa – GAE, no valor de R$ 1.670,43, o  Analista Judiciário, Área Judiciária, Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal ingressa no TRT 18 com inicial de R$ 14 mil.

Veja, abaixo, os requisitos de alguns cargos, critérios e vantagens garantidas no edital do concurso TRT GO.

  • Analista Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: curso superior completo, devidamente reconhecido e conhecimentos de digitação.

Atribuições: Realizar atividades de nível superior, relacionadas ao planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de tarefas envolvendo assuntos de natureza administrativa; prestar informações e elaborar relatórios, projetos e pareceres de natureza administrativa; proceder aos estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina para fundamentar análise de processo e tomada de decisão; examinar e elaborar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos de informações; efetuar pesquisas visando ao aperfeiçoamento do serviço, elaborando projetos de estruturação e reorganização do mesmo; executar trabalhos de natureza técnica para a elaboração de normas e procedimentos pertinentes à área de atuação; realizar e planejar atividades voltadas para a administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, bem como de desenvolvimento organizacional, contadoria e auditoria; redigir, digitar e conferir expedientes diversos; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Saúde Bucal e Enfermagem

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio técnico na respectiva área, além de registro no conselho de classe.

Progressões nas carreiras do TRT GO

O candidato aprovado no próximo concurso TRT GO para as carreiras de Técnico e Analista terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão 1, conforme abaixo.

Tabela de evolução para cada cargo do concurso TRT GO.

Tabela de evolução para cada cargo do concurso TRT GO.

Entendendo…

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de 13 anos, quando o servidor fará parte da Classe C – Padrão 13.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de uma ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Evolução remuneratória: Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. A cada progressão, os salários mudam. 

Sobre o TRT

A Justiça do Trabalho busca conciliar e julgar ações judiciais entre trabalhadores e empregadores, além de outras controvérsias decorrentes da relação de trabalho no ambito social, pessoal e também coletivo. Os órgãos da Justiça do Trabalho são o Tribunal Superior do Trabalho (TST), os Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e os Juízes do Trabalho.
Os Juízes do Trabalho atuam nas Varas do Trabalho e formam a 1ª instância da Justiça do Trabalho. Os vinte e quatro (24) Tribunais Regionais do Trabalho são compostos por Desembargadores, que representam a 2ª Instância da Justiça do Trabalho. Qualquer um dos envolvidos na relação de emprego – tanto patrão quanto empregado – pode recorrer à Justiça do Trabalho, em busca de reparação dos prejuízos que lhe foram causados.

A reclamação trabalhista é distribuída a uma Vara do Trabalho. O Juiz, antes mesmo de analisar a demanda, propõe uma conciliação entre as partes, como determina a lei.
Frustrada a negociação, será analisada a questão e prolatada a sentença. Da sentença proferida pelo Juiz, cabe recurso para o Tribunal Regional do Trabalho – TRT, 2ª instância, que o julgará em uma de suas Turmas. No TRT, a decisão (sentença) passa a ser conhecida por acórdão. Do acórdão regional, cabe recurso para o TST. Trata-se de recurso técnico que depende de uma análise prévia, pela Presidência do TRT, para ser encaminhado ao TST. Há ainda os recursos internos, tais como embargos declaratórios, embargos etc. Esgotados todos os recursos, a última decisão transita em julgado, ou seja, torna-se definitiva e irrecorrível. Após, os autos do processo retornam à Vara de origem, onde tem início uma nova fase: a execução. Nessa fase são elaborados os cálculos, para que se pague o que é devido à parte vencedora.

Confira AQUI todas as oportunidades em carreiras de tribunais!

Detalhes concurso TRT GO:

  • Concurso: Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (concurso TRT GO)
  • Banca organizadora: A definir 
  • Cargos: Analista e Técnico
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: até R$ 18 mil
  • SituaçãoSUSPENSO!
  • Previsão p/ publicação do edital: a definir
  • Link do último edital

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Karenina Morais
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo