Dicas para vencer a procrastinação

Quem desiste nunca vence – e só vence quem nunca desiste.” Napoleon Hill

Concurseiro, a frase citada acima é para ser escrita numa folha de papel, em letras graúdas – garrafais mesmo! –, e deixada em local onde você possa vê-la toda noite, antes de dormir, e todas as manhãs, ao acordar. A ideia é você ser diariamente lembrado de que só não passa em concurso público aquele candidato que desiste antes.

Embora para alguns brasileiros e brasileiras o ano se inicie – de fato – apenas depois do carnaval, aproveitamos o início de mais um ciclo para escrever sobre o hábito, nada saudável, que algumas pessoas têm de sempre deixar para depois alguma ação ou decisão importante. Infelizmente, a procrastinação é bastante comum. Quantos familiares ou amigos seus você vê adiar indefinidamente, por exemplo, a decisão de estudar para concurso público, ainda que seja óbvio que essa é a melhor saída para eles? Terá sido – ou ainda será – você uma dessas pessoas?

Conheço um profissional que quase sempre tem a mesma resposta quando lhe perguntamos ou pedimos algo: “Amanhã!”. Cada vez que ouço isso, penso que o tal do “amanhã” deve ser o dia mais ocupado da semana dele, tantas são as tarefas que ele agenda para esse dia. Saia de perto, procrastinador! Já pensou? Se todos fossem como esse conhecido meu, o mundo estaria perdido! Nada jamais seria concluído e nunca avançaríamos em nossos projetos e metas.

Amigo concurseiro, para você todo dia tem de ser segunda-feira, dia de muito trabalho, de muito estudo, de inúmeras revisões, de resumos e mais resumos, de resolução do máximo possível de questões de provas anteriores. No seu caso, o ontem, o hoje e o amanhã devem ser de absoluto esforço e persistência; de incontáveis minutos de indecisão ou tristeza por ter errado uma questão, mas também de preciosos momentos de alegria por ter aprendido algo novo. Tudo isso é esperado na rotina de um operário dos estudos. Tenha consciência e convicção disso e não se apavore nem desanime. Estamos juntos nessa!

“A verdade é que procrastinar o tempo todo é matar oportunidades de ouro que provavelmente não surgirão de novo.”

Todos nós já ouvimos a máxima de que uma das causas mais comuns do fracasso é deixar para amanhã o que podemos fazer hoje. Um dos problemas dessa forma de autossabotagem é que, quando deixamos para resolver algo depois, tendemos a fazê-lo apressadamente e de qualquer jeito. A verdade é que procrastinar o tempo todo é matar oportunidades de ouro que provavelmente não surgirão de novo.

Então, caro leitor, comece a agir. Mergulhe fundo nos estudos e na preparação, ciente de que os melhores resultados, a aprovação e o sucesso terão início onde – e quando – termina a sua zona de conforto. Saiba que esperar pelas condições perfeitas, para só então começar a se mexer, é garantir que nada será feito de fato, nada será produzido. Simples assim.

“O que conta são suas atitudes e os fatos, e não apenas palavras e promessas.”

A vida toda ouvi do meu pai um conselho precioso para fugir da procrastinação. Ele costuma repetir para mim: “Filho, se quer alguma coisa, comece a persegui-la, que Ele o ajudará”. O pensamento positivo, quando apoiado por um forte e apaixonado desejo, tem a tendência de se transformar em seu equivalente físico. Com isso em mente, diga, primeiro em voz baixa, para que somente Deus o ouça, o que você deseja. Mais tarde, quando saírem publicadas no Diário Oficial as suas primeiras nomeações, sinta-se livre para divulgá-las para o mundo em alto e bom som. Mas faça isso apenas quando já tiver algo concreto para compartilhar, entendido? O que conta são suas atitudes e os fatos, e não apenas palavras e promessas.

“As conquistas vão ao encontro de quem persiste e tem a mente preparada para atraí-las, assim como rio corre para o mar.”

Não há como falar de procrastinação sem abordar também o tema da persistência, cuja base é a força de vontade, fator essencial para transformar um desejo em seu equivalente concreto. As conquistas vão ao encontro de quem persiste e tem a mente preparada para atraí-las, assim como rio corre para o mar. Não é diferente no caso da luta por uma carreira no serviço público. É preciso desejar fortemente para alcançar resultados grandiosos. Se a vontade é fraca, os resultados são igualmente descartáveis, assim como pouco fogo produz pouco calor.

Em termos práticos, com base nas pesquisas que desenvolvi, nas leituras que fiz, nas aulas a que assisti e nas conversas que tive, elaborei alguns passos que podem ajudar a desenvolver o atributo da persistência. Eles serão úteis em sua busca pela conquista do cargo público ou em qualquer outro projeto que você tenha. Vamos a eles:

1º Tenha em mente um propósito bem definido, cristalino;

2º Elabore – na cabeça e no papel – um plano detalhado, expresso em ações concretas e contínuas. Este talvez seja o passo mais importante. A elaboração de um bom plano é o que costuma garantir o sucesso das pessoas exitosas, ricas, milionárias, que têm fama e poder. Sem plano, não haverá alcance de nenhum propósito, não haverá conquistas. Pense bem nisso!

3º Trabalhe a mente para se ver livre de ladrões de sonhos, de pessoas desencorajadoras, de influências nocivas, daqueles urubus que nada acrescentam aos seus propósitos. Isso vale para os amigos, para os colegas e para os familiares – para todos mesmo!

4º Por outro lado, alie-se a pessoas que lhe oferecem incentivo para levar adiante o seu plano e o seu propósito.

Mais uma vez, espero ter sido útil nas lições que tentei transmitir. Estou do seu lado, concurseiro!

Bons estudos e GRAN sucesso,

Dever adiado é prazer do diabo” – Ditado popular

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha página no Facebook e em meu perfil no Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

 


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 

 


Gabriel Granjeiro
Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online
8 Comentários

8 Comentários

  1. Maria de Lourdes Oliveira Cruz

    17/01/2018 20:14em20:14

    Muito legal Gabriel. Eu tenho gratidão por poder ler os seus artigos tão cheios de sabedoria. E mais uma vez você discorre com muita propriedade sobre a questão da procrastinação. Eu estou aprendendo muito com você. Continue sendo sempre assim: simples e verdadeiro, porque isso atrai amizades sinceras e verdadeiras. Que Deus te abençoe muito!

  2. Claudiane Duarte

    17/01/2018 23:20em23:20

    Simples e verdadeiro,foram as palavras do comentário anterior,é verdade, muito obrigada por permitir que eu tenha acesso a artigos
    Que me da um incentivo a cada amanhecer para continuar estudando para vencer a batalha dos concursos.
    Obrigada.

  3. Jéssica

    17/01/2018 23:38em23:38

    Obrigada Gabriel e equipe do Gran cursos, seus artigos são sempre ótimos! Era o que eu estava precisando ouvir para hoje! Para começar este ano fazendo tudo agora! Nada para depois!

  4. Carol

    19/01/2018 00:29em00:29

    Muito obrigada pelo artigo sincero e encorajador, Gabriel! Sem dúvida, são lições valiosas e que eu precisava ler/ouvir, para realmente colocar em prática neste ano. Que Deus continue a te abençoar!

  5. Michela

    20/01/2018 20:57em20:57

    Gabriel !! Um verdadeiro mestre, seus artigos são maravilhosos cheios de sabedoria e motivação!! Obrigada sempre !!!

  6. Cleonilde Soares Nobre

    20/01/2018 22:57em22:57

    Gabriel, muito obrigada pelo artigo motivador e sincero, de grande sabedoria.

  7. Fábio silva dos santos

    08/02/2018 15:55em15:55

    O melhor sempre espera!aquele que não desisti.

  8. Lucas Renato

    03/05/2018 15:36em15:36

    Muito obrigado mesmo Gabriel, o seu trabalho é lindo e suas palavras são de muito valor!muito obrigado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo