Edital IBGE: 2,6 mil vagas para Coordenador e Agente! Confira!

Edital IBGE oferta 2.658 oportunidades para cargos de nível médio!

Atenção, concurseiros! O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (concurso IBGE) acaba de publicar novo edital para a contratação de 2.658 novos funcionários para a realização do censo demográfico de 2020. A banca organizadora escolhida para a realização do certame é a Fundação Getúlio Vargas.

As inscrições para o edital IBGE encerraram às 16 horas da última terça, 15 de outubro, para os cargos de Agente Censitário Operacional e Coordenador Censitário Subárea com remunerações que variam de R$ 1.700,00 para a função de Agente e R$ 3.100,00 para o cargo de Coordenador.

Ao todo, o edital irá ofertar vagas para todos os municípios do país e as contratações dos aprovados acontecerão a partir de janeiro de 2020. O Instituto já está autorizado pelo Ministério da Economia a contratar, por tempo determinado, 234.416 profissionais. Todos os editais para preenchimento das vagas sairão até o mês de maio de 2020 de acordo com a Assessoria do órgão.

Confira abaixo todos os detalhes do edital para Agente e Coordenador e saiba como se preparar para as provas que acontecerão em 08 de dezembro.

Navegue pela matéria utilizando do índice abaixo:

Edital IBGE: situação atual

As inscrições para o processo seletivo foram encerradas ontem, mas as provas ainda serão aplicadas em 08 de dezembro. Ou seja, ainda dá tempo de você se preparar. De acordo com o edital, todas as 2.658 vagas serão para nível médio, porém no mesmo dia da publicação do edital, foi divulgado no site do Instituto uma nota que alterava o pré-requisito para candidatura ao cargo de Coordenador Censitário.

Segundo a retificação do edital, para o cargo de Coordenador Censitário, o candidato deveria ter diploma de conclusão de ensino superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação definitiva ou provisória, sendo válida, no mínimo, a categoria B para o ingresso no cargo.

Em contato com a Assessoria de Comunicação do órgão, na época, a Equipe do Gran Cursos Online foi informada que aqueles que se candidataram ao cargo de Coordenador Censitário de Subárea (CCS) e não mais se encaixassem no perfil, teriam o valor da inscrição ressarcido ou poderiam optar pelo outro cargo de nível médio de Agente Censitário Operacional (ACO).

Porém, no dia seguinte à divulgação do edital, 26 de setembro, outra nota oficial divulgada no site do Instituto voltou atrás na decisão e restabeleceu o cargo de Coordenador como função de nível médio.

Como todas as informações foram divulgadas em dias seguidos no site do IBGE, a retificação não chegou a ser publicada oficialmente no Diário Oficial da União e nenhuma alteração foi apresentada no edital.

Confira a nota oficial divulgada no site do IBGE:

Concurso IBGE: nota divulgada pela Direção do Instituto

Concurso IBGE: nota divulgada pela Direção do Instituto

Edital IBGE: remuneração e vagas

O edital do Processo Seletivo Simplificado do IBGE divulgado hoje, 25/09, oferta 2.658 vagas para os cargos de Agente Censitário Operacional e Coordenador Censitário Subárea.

As vagas, segundo o edital, foram divididas da seguinte maneira:

  • Coordenador Censitário Subárea – 1.343 vagas;
  • Agente Censitário Operacional – 1.315 vagas.

O cargo de Coordenador conta com a remuneração inicial de R$ 3.100,00. Já para o cargo de Agente Censitário, o vencimento básico será de R$ 1.700,00. Os contratos, para ambos os cargos, serão de no máximo 12 meses, podendo ser prorrogados por mais um ano.

Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação.

Edital IBGE: requisitos e atribuições

De acordo com a nova retificação do edital, para o cargo de Coordenador Censitário, será requisito mínimo o diploma de conclusão de ensino superior em qualquer área e a apresentação da Carteira Nacional de Habilitação definitiva ou provisória, sendo válida, no mínimo, a categoria B para o exercício do cargo. Já para o cargo de Agente Censitário, será requisito mínimo somente o diploma de conclusão do ensino médio.

A taxa de inscrição para o cargo de Coordenador Censitário foi fixada em R$ 58 e para o cargo de Agente será de R$ 42,50.

Agente Censitário Operacional (ACO)

REQUISITOS: Ensino médio completo.

ATRIBUIÇÕES: assistir na realização do trabalho administrativo e de informática na Unidade em que estiver lotado, por meio da organização, produção e controle de documentos, processos, procedimentos, dados e informações; executar atividades administrativas nas áreas de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários, financeiros e de disseminação de informações; recepcionar e atender aos colaboradores do IBGE e ao público em geral, pessoalmente ou por telefone; utilizar máquina copiadora, preparar relatórios, ofícios, memorandos, confeccionar planilhas eletrônicas e inserir e/ou transmitir dados em sistemas informatizados e em dispositivos eletrônicos entre outras.

Coordenador Censitário Subárea (CCS)

REQUISITOS: Ensino superior completo. Carteira Nacional de Habilitação definitiva ou provisória, no mínimo categoria B, no prazo de validade.

ATRIBUIÇÕES: responder por questões técnicas, administrativas e operacionais, conforme orientações institucionais e de seu superior do quadro de pessoal efetivo do IBGE; acompanhar os trabalhos das equipes das coordenações nacionais e estaduais de supervisão e implementar as orientações recebidas; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento das funções de Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor e Recenseador e realizar avaliações mensais dos contratados, dentro dos prazos fixados entre outras.

Edital IBGE: inscrições

Para o cargo de Coordenador, o valor da taxa de inscrições foi fixado em R$ 58. Já para o cargo de Agente Censitário, a taxa de inscrição terá o valor de R$ 42,50. As inscrições para o certame poderão ser efetuadas a partir de hoje, 25/09, no site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora do certame, e seguirão abertas até o dia 15 de outubro de 2019.

Edital IBGE: etapas de prova

Será realizada, no dia 08 de dezembro, a aplicação das provas objetivas para a seleção dos candidatos. As provas serão compostas de questões do tipo múltipla escolha em que cada questão conterá cinco alternativas e somente uma correta. As provas objetivas terão caráter eliminatório e classificatório e duração de 4 (quatro) horas.

Confira abaixo as disciplinas que serão cobradas para cada cargo:

COORDENADOR CENSITÁRIO DE SUBÁREA (CSS)

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Raciocínio Lógico – 10 questões
  • Ética no Serviço Público – 5 questões

Conhecimentos Específicos

  • Noções de Administração e Situações Gerenciais – 30

AGENTE CENSITÁRIO OPERACIONAL (ACO)

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Raciocínio Lógico – 10 questões
  • Ética no Serviço Público – 5 questões

Conhecimentos Específicos

  • Noções de Administração – 15 questões
  • Noções de Informática – 15 questões

Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que, cumulativamente: a) acertar, no mínimo, 30% (trinta por cento) do total da prova; e b) acertar, no mínimo, 1 (uma) questão de cada módulo.

Edital IBGE: censo demográfico

O Censo Demográfico tradicionalmente é uma das principais ferramentas de criação de base de dados para o desenvolvimento de políticas públicas pelo governo. Realizado a cada 10 anos, o censo ou recenseamento demográfico é um estudo estatístico referente a uma população que possibilita o recolhimento de várias informações, tais como o número de homens, mulheres, crianças e idosos, onde e como vivem as pessoas. No Censo 2010, por exemplo, 67,6 milhões domicílios localizados em 5.565 municípios brasileiros foram visitados por mais de 190 mil recenseadores.

Em nota, o IBGE contou as consequência que a falta de verba para realização do Censo Demográfico iria trazer para o país: “O Brasil tem obrigações quanto à disseminação de dados junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI), à Divisão de Estatística das Nações Unidas (UNSD) e à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), entre outros, que sofreriam rupturas. Também somos signatários da Agenda 2030 – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, das Nações Unidas, assinada pelo Brasil, o que exige um grande esforço de estruturação do sistema estatístico nacional, a fim de que se possa atender à demanda por 240 diferentes indicadores sociais, ambientais e econômicos para monitorar o cumprimento de suas metas. A ausência do Censo Demográfico de 2020 inviabilizaria um número considerável desses indicadores”.

Edital IBGE: análise do edital

Para os alunos que estão interessados em participar da seleção, nós, do Gran Cursos Online, fizemos uma live completa sobre o concurso que acaba de ter seu edital publicado.

Resumo do concurso IBGE Agente e Coordenador

Concurso Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (concurso IBGE)
Banca organizadora Fundação Getúlio Vargas (FGV)
Cargos Agente Censitário Operacional e Coordenador Censitário
Escolaridade Nível médio
Carreiras Administrativa
Lotação Nacional
Número de vagas 2.658 vagas
Remuneração de R$ 1.700,00 a R$ 3.100,00
Inscrições  de 25/09/2019 a 15/10/2019
Taxa de inscrição de R$ 42,50 a R$ 58,00
Data da prova objetiva 08/12/2019
Link do edital
Quer conquistar a sua aprovação no concurso IBGE?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Raphaella Torres
Raphaella Torres
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
4 Comentários

4 Comentários

  1. Zaqueu Viana da Silva

    25/09/2019 18:32em18:32

    eu quero muito trabalhar no IBGE vai ser uma grande oportunidade para mim

  2. Vinicius Carvalho

    26/09/2019 09:06em09:06

    Blog pexa por não ler o edital com atenção e cópia e cola informações.
    Ambos os cargos são para nível médio.

  3. Concursia

    28/09/2019 00:05em00:05

    Olá! O cargo de CCS é equivalente ao cargo de ACR do último concurso?? ( agente censitário regional)

  4. matheus

    04/10/2019 17:48em17:48

    no edital consta que ambos os cargos são de nivel médio,com a diferença na habilitação para coordenador censitario de subarea,porém na matéria diz que é necessário ensino superior completo? ratifiquem-o por gentileza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso IBGE?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo