Edital INSS: MPF elabora ação civil pública para realizar novo concurso

Novo edital INSS não foi autorizado pelo Ministério da Economia

O Ministério Público Federal entrará com uma ação civil pública contra o Ministério da Economia para que novo concurso do INSS (edital INSS) seja realizado.

A medida foi sugerida depois que o Ministério da Economia não acatou a recomendação do órgão feita em abril. Na época, foi feito um pedido ao Ministério para que fosse autorizado a realização do edital INSS, já que o órgão apresenta um déficit atual de aproximadamente 10 mil funcionários.

A ação civil pública de agora, confirmada pela Procuradoria Geral do DF, ainda está sendo elaborada pelo órgão.

Segundo informações apuradas, uma das procuradoras que está a frente é Eliane Pires Rocha, Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão do DF. Eliane Pires também foi uma das responsáveis pela recomendação anterior feita ao Ministério.

Anteriormente, o Ministério já tinha se manifestado e, por meio de nota enviada à Equipe do Gran Cursos Online, afirmou que não há autorização para que uma nova seleção de servidores seja feita. Confira aqui o anúncio do Ministério.

Veja abaixo a confirmação da Procuradoria Geral do DF:

Resposta dada pela PRDF

Resposta da PRDF sobre a elaboração de uma ação civil pública

 

Concurso INSS: histórico

A história do concurso do INSS se iniciou no ano de 2017 e segue até os dias de hoje. Há muitos cargos ociosos, um grande número de profissionais se aposentando, precariedade na prestação de serviços e no atendimento aos cidadão brasileiros. É assim que está a estrutura do Instituto Nacional do Seguro Social.

Para a Federação Nacional de Sindicados de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS), a defasagem do INSS atualmente está em torno de 20 mil servidores, sendo 22.613 cargos desocupados. A previsão é que este deficit aumente por conta de diversas vacâncias, tais como aposentadoria, exonerações, mortes etc.

De acordo com informações do Ministério da Economia, foram solicitadas 7.888 vagas, de níveis médio e superior, para provimento nos cargos: Técnico, Analista e Perito Médico. A assessoria do INSS já informou com exclusividade ao Gran Cursos Online que muitos profissionais estão realizando os processos internos para se aposentarem, sendo mais de 3 mil solicitações. Essa realidade preocupa, uma vez que a baixa de mão de obra pode incidir diretamente na qualidade dos serviços prestados à população.

 

Detalhes Concurso INSS

  • Concurso: INSS
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Técnico do Seguro Social, Analista e Médico Perito
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 7.888 vagas solicitadas
  • Remuneração: de R$ 5.184,79 a R$ 12.683,79
  • Situação: Solicitado ao Ministério da Economia
  • Previsão p/ publicação do edital: 2019

     

    Quer garantir a sua aprovação no concurso INSS? Prepare-se com quem mais entende do assunto!
    Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros!

    Cursos Online para o Concurso INSS

    Quer ficar por dentro dos concursos abertos e previstos? Clique nos links abaixo:

    CONCURSOS ABERTOS

    CONCURSOS 2019

    CONCURSOS 2020

    Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
    Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

    WHATSAPP GCO

Karenina Morais
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
7 Comentários

7 Comentários

  1. Renato Oliveira

    12/06/2019 20:53em20:53

    Meu amigo, servidor público para este governo é marajá e privilegiado. A terceirização geral e irrestrita aprovada pelo Temer, já surte efeitos visíveis para quem está dentro e fora do serviço público. O Partido PRB se reuniu, ano passado para dizer que os servidores públicos drenam grande parte dos recursos públicos mesmo sendo 1,5 por cento da população, eu vi. Aprendam com isto, servidor publico neoliberal é uma jabuticaba autofágica. A terceirização é uma forma de prover apadrinhados sem concursos, com estabilidade e aumentos anuais. Conheço pessoal terceirizado que é responsável por controlar passagens aéreas mas não sabe operar o excel, apadrinhado, estabilizado e bem remunerado, fazendo o serviço que um servidor deveria fazer. Esse mesno pessoal vai ter uma aumento salarial bom ainda este ano, sem precisar fazer greve e nem mendigar com presidente nojento.

  2. Marta

    12/06/2019 22:19em22:19

    Que tal, rever os excedentes do concurso INSS 2015/2016.

  3. Marta

    12/06/2019 22:21em22:21

    Que rever o casdastro de reserva, concurso INSS 2015/2016 , os excedentes.

  4. JIAN CARLOS FERREIRA DE ALMEIDA

    13/06/2019 11:18em11:18

    O GOVERNO ESTÁ OBSSECADO PELA REFORMA DA PREVIDÊNCIA, MAS, ESQUECE DE QUE O PRINCIPAL AGENTE QUE ATUARÁ NESSA MUDANÇA, ESTÁ COM DEFICT DE PESSOAL, SEM CONDIÇÕES DE ATUAR INCLUSIVE, PARA QUE A ECONOMIA QUE ELES BUSCAM SEJA ALCANÇADA. #CONCURSOINSSJA

    • Adriano

      14/06/2019 16:50em16:50

      QUE GOVERNO ???

  5. Orli Carlos de Paula

    13/06/2019 11:24em11:24

    Tristeza… servidores defasados.. não dão conta das análises das aposentadorias, com quadro reduzidos..e o povo sofre aguardando a meses a aposentadoria

  6. Carlos Gustavo

    13/06/2019 17:20em17:20

    Deveria aumentar as vagas para o concurso do INSS, senão entrará em colapso! Servidores aposentando e é necessário novos servidores pra autarquia federal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo