Carreiras

Edital TJPE: Edital é publicado! Veja AQUI análise completa!

Tribunal de Justiça de Pernambuco, que publicará o edital TJPE 2017.

Edital TJPE 2017 é publicado para nível médio e superior!

O edital TJPE, direcionado ao concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, foi finalmente publicado e oferta mais de 100 vagas para nível médio e superior, além das que surgirem na validade do concurso TJPE, de dois anos, podendo dobrar (há mais de 1.000 cargos vagos).

As inscrições começam no próximo dia 24 de julho. Interessados devem acessar o site do organizador, o Instituto IBFC  (www.ibfc.org.br). A taxa de inscrição do edital TJPE está fixada no valor de 63,00 para os cargos efetivos que exigem formação de nível superior, e R$ 55,00 para os cargos efetivos que exigem formação de nível médio.

Abaixo, você terá uma análise do edital, dicas de estudo e preparação. Em breve o conteúdo será atualizado com as informações do edital. Não perca esta chance!

Análise do edital TJPE 2017 e dicas de estudo

Neste vídeo, o professor Rodrigo Cardoso, de direito administrativo e constitucional, e a professora Raquel Bueno, professora de direito civil e processo civil, explicam passo a passo os detalhes do edital TJPE.

O concurso tem tradição de nomeação e é frequente a necessidade de nomeação além da quantidade indicada pelo edital TJPE. Como cargos públicos em geral, a vaga no TJPE garante estabilidade e segurança em sua vaga. O edital acabou de sair, portanto, é mais do que na hora de começar seus estudo.

Veja abaixo!

Edital TJPE: oferta de vagas

Abaixo, você acessa todos os detalhes do edital TJPE 2017.

A oferta inicial será de 109 vagas para as carreiras de técnico e analista. Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, acrescida de prova discursiva ou estudo de caso conforme o cargo – acesse o quadro de vagas abaixo. Os exames serão aplicados em Araripina – PE, Arcoverde – PE, Carpina – PE, Caruaru – PE, Garanhuns – PE, Jaboatão dos Guararapes – PE, Limoeiro – PE, Olinda – PE, Palmares – PE, Pesqueira – PE,  Petrolina – PE, Recife – PE, Salgueiro – PE, Serra Talhada – PE e Vitória de Santo Antão – PE.

No último concurso, em 2011, a seleção reuniu 118.809 inscritos, sendo 71.728 para técnico, 37.012 para analista e 10.069 para oficial de justiça. Os aprovados foram lotados nas comarcas de 15 polos de classificação do estado de Pernambuco.

Edital TJPE: atribuições dos cargos

Atribuições de alguns dos cargos e requisitos, conforme edital TJPE:

  • Analista Judiciário/APJ – Área Judiciária

Requisitos: diploma ou Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições: realizar atividades de apoio técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores; Acompanhar as diversas fases dos processos e atendimento ao público; Desenvolver atividades nas áreas: Judicial, Corregedoria, Consultoria e Assessoramento, Gestão de Pessoas, Gestão Judiciária, Gestão Administrativa, TI e Comunicação; Executar outras atividades da mesma natureza e grau de complexidade.

  • Analista Judiciário/APJ – Área Administrativa

Requisitos: diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de Ensino Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: realizar atividades de apoio técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores; Acompanhar as diversas fases dos processos e atendimento ao público; Desenvolver atividades nas áreas: Judicial, Corregedoria, Consultoria e Assessoramento, Gestão de Pessoas, Gestão Judiciária, Gestão Administrativa, TI e Comunicação; Executar outras atividades da mesma natureza e grau de complexidade.

  • Oficial de Justiça /OPJ

Requisitos: diploma ou Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso superior
em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições: Executar ordens judiciais e diligências externas relacionadas com a prática de atos de comunicação processual e de execução de decisões, sentenças e acórdãos, além daquelas previstas na legislação processual e decorrentes do cumprimento de decisões administrativas e jurisdicionais, inclusive avaliação de bens penhorados, nos termos do art. 680 c/c o art. 652, ambos do Código de Processo Civil. Exercer outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

  • Técnico Judiciário/TPJ – Área Judiciária e Administrativa

Requisitos: Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo 2º grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: Desenvolver atividades a fim de fornecer apoio técnico (jurídico e administrativo), favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores e o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento das áreas do Poder Judiciário: Judiciária, Administrativa, Corregedoria, Consultoria e Assessoramento, TI e Comunicação, Gestão de Pessoas e Judicial; Atuar nas audiências, digitar sentenças e outros documentos, acompanhar as diversas fases dos processos e atendimento ao público. Executar outras atividades da mesma natureza e grau de complexidade.

Edital TJPE: tradição de nomeação até 40 vezes acima do publicado

Concurso do edital TJPE com tradição de nomeação.

Edital TJPE: concurso com tradição de nomeação.

Além dos salários acima da média de mercado oferecidos pelos órgãos públicos, o edital TJPE traz uma característica também importante para qualquer concurseiro: sua tradição de nomeação. Os últimos dois concursos do Tribunal mostram essa tendência, já que em 2006 foram chamados 14 vezes a mais do número publicado em edital, em 2011 este número pulou para quase 31 vezes o número inicial.

Este número é maior que o indicado porque a demanda por técnicos e analistas cresce rapidamente. Ambos são essenciais nos processos de:

  • realização de pesquisas jurídicas;
  • na prestação jurisdicional;
  • no aprimoramento dos processos de trabalho;
  • na manutenção da esfera administrativa;
  • na informatização dos serviços;
  • entre outros campos de atuação do TJPE.

Os candidatos devem se preparar com antecipação para a prova do concurso e precisam ter em mente a tradição de nomeação do órgão. Esta é uma motivação adicional que pode alavancar a disciplina de aprendizado.

Detalhes do concurso TJPE:

  • Concurso: Tribunal de Justiça de Pernambuco (Edital TJPE)
  • Organizador: IBFC
  • Cargo: Analista; Técnico; Oficial
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 109 vagas
  • Remuneração: Até R$ 20 mil no topo da carreira
  • Inscrições: Entre 17 de julho e 2 de agosto de 2017
  • Valor da inscrição: R$ 63 e R$ 55
  • Data da prova objetiva: 15 de outubro de 2017
  • Edital

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 27 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

Matricule-se!

garantia-de-satisfacao-30


tribunais grupo


Cheguei Lá

3 Comentários

3 Comentários

  1. Ricardo

    02/08/2017 14:03 em 14:03

    Eu estou com uma dúvida, quando o edital fala do Analista ele diz: “Realizar atividades de nível superior” enquanto que para Oficial de Justiça ele tem outro tratamento “Executar ordens”, por acaso a atividade de O Oficial de Justiça não conta como Prática Jurídica? Acho meio sem lógica mas não custa perguntar 😀

  2. Fernanda

    22/08/2017 00:34 em 00:34

    As dicas são demais!

  3. Andrea Santos

    30/08/2017 22:43 em 22:43

    Ate quando eu posso pagar o boleto?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo