A arte dos encontros transformadores

Neste relato envolvente, exploramos a transformação proporcionada pelos encontros significativos, destacando a jornada inspiradora de Luana Santos rumo à aprovação no concurso do Senado Federal.

Avatar


29 de janeiro3 min. de leitura

No fim do ano passado, fui agraciado com uma envolvente carta redigida por uma das dedicadas alunas do GRAN, Luana Santos. A mensagem, tecida com filosofia, poesia e genuína gratidão, destacava-se pela eloquência. Ali, Luana expressava seu reconhecimento a este empreendedor, aos professores que teve por aqui e aos “imparáveis” que compartilharam suas histórias em meu canal, elementos que, segundo ela, foram fundamentais em sua jornada até a aprovação no concurso do Senado Federal. 

Na carta, Luana detalha a trajetória dos 1.009 dias ou 3.171 horas de estudo que culminaram no “dia D”. O texto começa com uma citação de Baruch Spinoza, o influente filósofo holandês do século XVII: “A vida é a arte dos bons encontros que aumentam a potência de existir.” A frase não estava ali como mero artifício decorativo; era, sim, uma referência direta à experiência de Luana com a plataforma do GRAN e com os relatos dos “imparáveis” que lhe serviram de fonte de inspiração e a motivaram a persistir.

Um trecho especialmente marcante da carta ressoa a filosofia de Spinoza. “Quando a determinação encontra a técnica, bons professores, excelentes materiais e, principalmente, a inspiração, tudo se torna possível”, anotou Luana. O pensamento, em sintonia com o de Spinoza, destaca o valor daqueles encontros felizes e raros que acontecem na vida, sabe? O tipo de encontro que desperta em nós a aptidão para enxergar os nossos legítimos propósitos e a nossa autêntica – e complexa – existência.

Spinoza, assim como Luana, sustenta que a felicidade não é fruto do acaso, e sim de uma compreensão profunda da realidade, em todas as suas contradições. Ora, se em regra nossa busca é por realização pessoal e profissional, o que explica nossa eventual e paradoxal atração por pessoas e situações que, em vez de promissoras, são deletérias, capazes de drenar nossa vitalidade e força de vontade? Esse aparente contrassenso é traço da nossa humanidade e está longe de afastar a felicidade.

É que, quando falam em “bons encontros”, Spinoza e Luana se referem a muito mais que relações interpessoais; referem-se à nossa relação com a natureza. Tudo está conectado, por isso é tão relevante que haja uma boa sintonia entre nossa existência e as forças que regem o universo, entende? Essa cadência é fundamental, seja qual for o nosso propósito na Terra. A verdadeira virtude, então, reside em conformar nossas ações às leis naturais, de modo a alcançar o equilíbrio.

Racionalista, Spinoza postula que “toda alegria é intrinsecamente boa e só é verdadeiramente livre aquele que vive segundo a razão”. Nesse sentido, a “arte dos bons encontros” não está relacionada exclusivamente  à arte de viver,  alcançando também a arte de prosperar. Desafiando as visões mais convencionais de moralidade de seu tempo, Spinoza argumenta que emoções negativas surgem de uma compreensão equivocada dessa realidade. 

A carta de Luana me fez refletir sobre este mundo progressivamente mais complexo que recebemos em nosso tempo e espaço. As belas palavras do seu texto, tal como as ideias de Spinoza, me são ao mesmo tempo desafiadoras e inspiradoras. Elas nos convidam a imaginar novos meios para aprimorar nossa existência, conectando-nos mais profundamente ao universo e expandindo nossa capacidade de sentir, influenciar e ser influenciados. Como Spinoza diria, “não há nada no intelecto que não tenha passado antes pelos sentidos.”

Com esse pensamento, vamos, juntos, impactar e ser impactados, saboreando as sensações prazerosas dos bons encontros como o de Luana com o GRAN. Da nossa parte, tenha certeza de que trabalhamos arduamente para seguirmos sendo um portal robusto destinado a ajudar na realização de sonhos.

“Melhorar o entendimento é para nós a atividade mais útil. Pois o entendimento é a essência da mente; ou seja, o entendimento é a própria vida da mente.” – Baruch Spinoza

Participe do Canal do Imparável no Telegram e tenha acesso em primeira mão ao artigo da semana e ao áudio do artigo com a voz do autor, além de muitos outros conteúdos para inspirar você, mesmo em dias difíceis!

P.S.: Siga-me (moderadamente, é claro) em meu perfil no Instagram . Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

  1. Ninguém é melhor do que ninguém
  2. Defina o seu lugar
  3. Quando você não tem opção, você vai lá e faz!
  4. O poder de se reiventar
  5. Luzes de esperança
  6. 2023 não acabou!
  7. 11 lições de 11 anos de Gran
  8. Pequenos hábitos, grandes resultados
  9. O grande palco do agora
  10. O trabalho que alivia a dor
  11. A força aperfeiçoada na fraqueza
  12. Crie o seu futuro
  13. Apenas comece
  14. A importância de ser útil
  15. Destrua os rótulos
  16. Bata à porta!
  17. Nada como um dia após o outro
  18. Um novo ponto de vista
  19. Já TENTEI de TUDO!
  20. Quando dizem que é impossível…

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
clique nos links abaixo:

Concursos Abertos

Concursos 2024

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

Telegram

Avatar


29 de janeiro3 min. de leitura