11 lições de 11 anos de Gran

Na última semana, celebramos os 11 anos do Gran, em mais um marco de uma intensa jornada, Veja mais neste artigo!

Avatar


11 de dezembro5 min. de leitura

Na última semana, celebramos os 11 anos do Gran, em mais um marco de uma intensa jornada, que começou em 6 de dezembro de 2012, quando lançamos o nosso site de cursos online. Empreendedor que é empreendedor sabe que uma empresa é quase como um filho: exige dedicação absoluta, muito amor e não oferece nenhuma garantia em retorno.

Temos, então, um pré-adolescente em casa. Um rapazinho que, desde antes do nascimento, impõe a mim e ao meu sócio, Rodrigo, desafios dificílimos. Foram tantas noites insones por causa desse projeto… A boa notícia é que agora temos nada menos que 1 mil colegas de trabalho, carinhosamente chamados de GranLovers, contribuindo diretamente para o sucesso do Gran. Estamos prestes a atingir a incrível marca de 700 mil alunos ativos pagantes e – feito ainda mais notável – temos quebrado sucessivos recordes de aprovações, conforme testemunhado nos inúmeros depoimentos em nossos canais no YouTube, o do Gran e o meu, o Imparável.

Liderar uma empresa desse porte é uma tarefa e tanto. Confesso que ainda estou aprendendo, e há dias em que duvido ter as respostas necessárias. Naturalmente, errei muito, mas aprendi ainda mais. Hoje, fico satisfeito em poder compartilhar com meus seguidores parte dessa experiência. É o que farei aqui, por meio de 11 lições aprendidas nos 11 anos de Gran. Muitas delas são temas recorrentes em meus artigos semanais, mas agora você terá um compêndio que pode ajudar não apenas na jornada dos concursos como também em qualquer outra iniciativa pessoal ou profissional.

Lição 1: Aprenda com os tropeços e apenas cometa novos erros

Cometer erros faz parte da experiência humana, e já me convenci de que tentar evitá-los é inútil. Cada equívoco oferece lições valiosas e impulsiona o crescimento. Devemos abraçar nossos erros, aprender com eles e, mais crucial ainda, nos esforçar para cometer novos em vez de repetir os antigos. Os erros pertencem ao passado e lá devem permanecer, servindo de degraus para a nossa escalada.

Lição 2: Nada supera o trabalho

Num tempo em que a tecnologia dita o ritmo, noto uma tendência preocupante de superestimar o que pode ser feito em um ano e subestimar o que é possível em uma década. De fato, embora a era em que vivemos seja marcada pelo imediatismo, ao refletir sobre a trajetória do Gran, tenho de reconhecer que ter agido sempre com esmero e constância fez a diferença.  Não fosse isso, talvez hoje não existisse a Gran Faculdade nem estaríamos na liderança do segmento de concursos e provas.

Lição 3: A força se aperfeiçoa na fraqueza

Aprendi também que a crença segundo a qual força e fraqueza são antagônicas não poderia estar mais longe da verdade. A força se manifesta na capacidade de se adaptar aos contextos menos favoráveis; logo, reconhecer nossas fragilidades é a base para a resiliência e a coragem. Como disse a escritora Brené Brown, conhecida pelos estudos na área da vulnerabilidade, ao admitirmos que nossa natureza é, mesmo, frágil, abrimos portas para a inovação, a criatividade e a mudança.

Lição 4: É preciso começar

Fundei o Gran com apenas 20 anos e não me arrependo em nada. Sei que era difícil para alguém que não conhecesse aquele garoto levá-lo a sério, mas sempre acreditei que esperar pelo momento “perfeito” seria perda de tempo. Onze anos mais tarde, minha certeza só ficou mais forte. Apesar das inseguranças típicas da idade e dos desafios que foram por ela potencializados, Rodrigo e eu acabamos nos posicionando como pioneiros no ensino digital, o que nos rendeu uma significativa vantagem competitiva. Se tivéssemos esperado o tal do “momento ideal”, teríamos perdido aquela janela de oportunidade. Ficou evidente, para mim, que o custo de errar é pequeno diante das vantagens de agir.

Lição 5: O que mostramos para o mundo é só a ponta do iceberg

Ter conhecido a jornada de Pâmela Tayná, ex-aluna do Gran e atual mentora, que enfrentou 35 reprovações antes de conquistar o primeiro lugar no concurso da PMDF, revelou, para mim, como é importante evitar julgamentos precipitados. Nossas conquistas são como enormes icebergs, cuja ponta equivale ao sucesso alcançado, visível para todos, mas é apenas uma fração de todo o esforço e persistência subjacentes.

Lição 6: Construa para o futuro, mas viva o presente

O tempo é implacável, sempre seguindo em frente e nos deixando para trás. Reconhecer nossa finitude e, em especial, a impermanência de tudo que nos cerca é crucial para nos convencermos a valorizar o presente. Devemos plantar sementes para o futuro, sim, mas sem perder a intensidade do agora, cientes da fugacidade da vida.

Lição 7: Não aceite rótulos

Impor rótulos é injusto para o rotulado e nocivo para o rotulador. É injusto para o rotulado sobretudo se tiver como base preconceitos e juízos prévios. E é nocivo para o rotulador, em especial, se pautado em crenças limitantes. Nenhum ser humano pode ser reduzido a rótulos, que, afinal, são úteis apenas em prateleiras de mercado.

Lição 8: Nada como um dia depois do outro

A máxima “nada como um dia após o outro”, na minha jornada, tem se mostrado certeira. Se sempre acreditei que cada novo nascer do sol traz consigo um horizonte de oportunidades, a experiência me fez ter certeza disso. A inesperada gravidez da minha esposa, após um prognóstico desolador quanto à probabilidade de termos filhos e em meio a uma grave crise financeira no Gran, é um dos muitos exemplos que colecionei ao longo dos anos de evidências de que uma fagulha de esperança sempre nasce com o nosso astro-rei.

Lição 9: Deserto não é moradia, é passagem

Todos nós atravessamos nossos próprios desertos de vez em quando, ambientes pouco amigáveis que testam nossa capacidade de adaptação. Cada dificuldade enfrentada nos ensina lições cruciais sobre paciência, humildade e resiliência. A experiência de ter vencido alguns desertos na vida nos lembra de valorizar as pequenas conquistas e cultivar a gratidão pelo que temos. As provações são um lembrete de que nossas intenções e disposições não podem ser tolhidas, e o obstáculo no caminho se torna, muitas vezes, o caminho propriamente dito.

Lição 10: Todos temos um propósito

Inspirado pela filosofia dos estoicos, penso que todos nós temos um propósito na vida, algo que transcenda a casualidade e até a individualidade. Algo conectado às forças do Universo, entende? Um propósito vai além do benefício pessoal; é uma responsabilidade que impacta o mundo. O do Gran, por exemplo, é despertar potenciais, mudar vidas e criar novos futuros. Ter identificado e abraçado esse propósito potencializou a nossa resiliência, fazendo que, aos nossos olhos, obstáculos sejam vistos como oportunidades de crescimento. Percebe como refletir sobre o que nos move e qual é o nosso porquê na Terra pode ser determinante?

Lição 11: Tudo na vida tem jeito

Benjamin Franklin dizia que só é impossível escapar da morte e do pagamento de impostos. Reformulo essa máxima para lhe conferir conotação um pouco mais otimista: “Com exceção da morte e do pagamento de impostos, tudo na vida tem jeito”. Essa perspectiva nos impulsiona na superação de obstáculos, graças à certeza de que existe solução para qualquer problema. Na jornada do Gran, enfrentamos inúmeros momentos difíceis, porém sem nunca perder a fé na possibilidade de superá-los. Hoje, com mais de 680 mil alunos ativos e reconhecimento internacional, considero que provamos como é, sim, possível reverter as piores situações à custa de muito trabalho.

Creio que são essas as principais lições que aprendi ao longo da ainda curta vida do Gran.

Agradeço demais pelo carinho que tem sido dedicado a mim e à família Gran nestes 11 anos. Que venham os próximos 11, e outros 11 depois disso, e mais 11… E, com eles, infinitos outros aprendizados a ser compartilhados por aqui.

Participe do Canal do Imparável no Telegram e tenha acesso em primeira mão ao artigo da semana e ao áudio do artigo com a voz do autor, além de muitos outros conteúdos para inspirar você, mesmo em dias difíceis!

P.S.: Siga-me (moderadamente, é claro) em meu perfil no Instagram . Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

  1. Pequenos hábitos, grandes resultados
  2. O grande palco do agora
  3. O trabalho que alivia a dor
  4. A força aperfeiçoada na fraqueza
  5. Crie o seu futuro
  6. Apenas comece
  7. A importância de ser útil
  8. Destrua os rótulos
  9. Bata à porta!
  10. Nada como um dia após o outro
  11. Um novo ponto de vista
  12. Já TENTEI de TUDO!
  13. Quando dizem que é impossível…
  14. Deserto não é moradia, é passagem
  15. Você tem um propósito
  16. A importância do ambiente
  17. Vencendo a inconstância
  18. Talento vale, mas esforço conta em dobro
  19. Dê um reset na sua vida
  20. Sucesso no (aparente) fracasso
  21. Você tem de tomar uma decisão!
  22. Em busca da realização

Quer ficar por dentro dos concursos públicos abertos e previstos pelo Brasil?
Clique nos links abaixo:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2023

Receba gratuitamente no seu celular as principais notícias do mundo dos concursos!
Clique no link abaixo e inscreva-se gratuitamente:

TELEGRAM

Avatar


11 de dezembro5 min. de leitura