Gabriel Granjeiro

A coragem (já) está dentro de você

O sucesso não é o final; o fracasso não é fatal. O que conta é a coragem para seguir em frente.” – Winston Churchill

Tudo que se tem de fazer nesta vida exige, antes de tudo, coragem. É preciso ser corajoso para começar um empreendimento, para iniciar um projeto, para se envolver em um novo relacionamento, para buscar outro emprego, para comprar um imóvel, para mudar de casa, para ministrar uma palestra para um grande público, para encarar a intensa preparação necessária para ser aprovado em concurso público… Enfim, há que ter coragem para enfrentar os incontáveis momentos de tensão que antecedem as grandes conquistas e são próprios às maiores oportunidades, aquelas que guardam os mais valiosos tesouros, trancados sob portas de aço.

Mas o que é coragem? Há muitas respostas para essa pergunta. Arriscaremos, aqui, oferecer alguns subsídios para que você, amigo leitor, possa adquirir, consolidar ou desenvolver e aumentar a sua. Começaremos afirmando – em eco ao que sabiamente já ensinavam os grandes filósofos de eras passadas – que coragem não é a ausência de medo, mas o agir a despeito de estar tomado por ele. Trata-se daquela virtude que nos tira da inércia mesmo quando estamos diante de dificuldades e de perigos inomináveis. É o impulso que nos leva a enfrentar tais dificuldades e tais perigos com perseverança e hombridade, colocando o coração na frente porque estamos em defesa ou em busca do verdadeiramente correto, ético, moral.

Corajosa é a pessoa que age mesmo quando sente aquele frio na barriga incômodo, aquela queimação no peito e aquela ardência no coração, que bate forte, querendo sair pela boca. Corajoso é o homem que ignora o arrepio na espinha e reúne forças justamente nos momentos em que suas fraquezas estão mais expostas. Corajoso é quem tem consciência de que os maiores prêmios são conquistados quando se arrisca muito por eles – afinal, tudo que é valioso mesmo vem carimbado com a palavra “risco”. O corajoso é aquele que se recusa a desistir, mesmo quando todos os outros já retornaram para o conforto de casa.

“É preciso ter coragem para batalhar pelos sonhos, pelos desejos, pelos objetivos traçados. Sem coragem, não se encontra o destino.”

Coragem é firmeza de espírito para enfrentar a vida. É a habilidade de, ao cair, levantar-se rapidamente. É preciso ter coragem para batalhar pelos sonhos, pelos desejos, pelos objetivos traçados. Sem coragem, não se encontra o destino. Sem coragem, não se superam as limitações, as fraquezas, os pensamentos negativos, os temores, as dificuldades, os obstáculos. Coragem é, enfim, agir com determinação e autoconfiança.

Se há um diferencial entre os corajosos, eu diria que é a fé (clique aqui e leia o meu artigo sobre o poder da fé). A crença em algo maior que lhe dá forças para lutar é, para mim, uma das principais qualidades de quem consegue agir com coragem e superar as adversidades que naturalmente se interpõem no caminho. Acredito de verdade que, onde não há fé, não há coragem. E, infelizmente, se não há coragem, o medo toma conta da situação e a pessoa se acovarda e fica paralisada, aterrorizada, inerte.

“As dificuldades surgem exatamente para demonstrar para nós o quão corajosos somos; nunca para nos derrubar.”

Amigo concurseiro, entenda isto: pelo simples fato de ter tomado a decisão de encarar o desafio de estudar para concurso, você já tem muito mais coragem do que imagina! É uma pena que, às vezes, só tomemos conhecimento das nossas próprias forças quando a única opção que temos é agir; é ter coragem e enfrentar os problemas e cada uma das situações adversas. As dificuldades surgem exatamente para demonstrar para nós o quão corajosos somos; nunca para nos derrubar. É que muitas vezes nos tornamos mais úteis só depois da revelação das nossas fragilidades. Ninguém mostra sua força navegando apenas por águas calmas. Pense nisso!

Há certo consenso de que, de todas as virtudes, a coragem – gênero que se desdobra em honra, caráter, conhecimento, paixão, otimismo e atitude para enfrentar o perigo –  é a mais admirada. Coragem é, foi e sempre será a maior virtude dos verdadeiros heróis, das pessoas que fizeram a diferença em suas profissões, em suas atividades, em seu tempo e mundo.

Quem tem coragem não sucumbe no primeiro revés, no primeiro fracasso, na primeira reprovação em concurso. Em vez disso, vai à luta, permanece nela e acaba por vencer. A vitória é o único destino de quem tem sabedoria para compreender que tudo se aprende e se conquista quando não falta coragem.

“É esperado que as pessoas tentem incutir medo em você e procurem apagar o seu brilho. O que não pode acontecer é você esmorecer. Levante-se e brilhe ainda mais forte! Nunca deixe a escuridão dos demais apagar a sua luz. Coragem sempre!”

Por isso, minha amiga e meu amigo, quando alguém lhe disser que você não é capaz, que você não vencerá, busque a coragem em suas entranhas e retruque: “Eu sou melhor do que você imagina. Você verá!”. É esperado que as pessoas tentem incutir medo em você e procurem apagar o seu brilho. O que não pode acontecer é você esmorecer. Levante-se e brilhe ainda mais forte! Nunca deixe a escuridão dos demais apagar a sua luz. Coragem sempre!

Pesquisadores israelenses já identificaram qual é a parte do cérebro humano que controla o medo e a coragem. Esses sentimentos estão abrigados no chamado córtex cingulado anterior subgenual (sgACC, na sigla em inglês). É ali que nasce a atitude que se opõe ao medo; e é ali que está a chave para um dia a ciência desenvolver um método para transformar medrosos em corajosos. É nessa parte do cérebro que, quando a pessoa se vê em uma situação que provoca medo, se desencadeia um processo de reação do organismo que leva à diminuição da excitação corporal. É o organismo trabalhando de forma inteligente para evitar a perda do controle do corpo.

A descoberta dos cientistas nos faz acreditar que a coragem pode e deve, sim, ser trabalhada e desenvolvida. Independentemente disso, quem tem coragem tem também muita sorte. Sabe por quê? Porque trabalhou duro, se exercitou, praticou, estudou, se preparou, leu muito. Pessoas corajosas são abençoadas por Deus. Para ter sorte, é imprescindível ter coragem, muita coragem. Os audazes são acompanhados de perto pela sorte. Nesse contexto, é oportuno registrar uma lição de um dos maiores empreendedores brasileiros, Paulo Lemann: “O maior risco é não correr riscos. Não dá para ficar sem correr risco, senão você não faz nada”.

Por tudo isso, caro concurseiro, eu afirmo que o seu destino está depois da linha do medo. Vamos ultrapassá-la?

Mude o seu mindset a partir de AGORA! Deixe registrada aqui, nos comentários, toda a sua coragem, postando a frase: “Minha coragem é capaz de superar qualquer medo!”.

Vamos juntos, com coragem, ousadia e sempre em frente rumo, aos nossos sonhos!

A coragem é a mais alta das qualidades humanas, porque garante todas as outras.” – Aristóteles

Bons estudos e GRAN sucesso,

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha página no Facebook e em meu perfil no Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 

 


Cheguei Lá

187 Comentários

187 Comentários

  1. José Daniel

    29/09/2018 09:21 em 09:21

    Minha coragem é capaz de superar qualquer medo!

  2. Aureni Mota Viana

    12/11/2018 18:56 em 18:56

    MINHA CORAGEM É CAPAZ DE SUPERAR QUALQUER MEDO.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo