Concurso Perito PCDF 2016: Todos os detalhes do certame! Inicial de R$ 17 mil!

perícia-criminal Um dos cargos com grande visibilidade dentro da carreira policial é o de Perito Criminal. Seja pela excelente remuneração ou pelas funções específicas do cargo, que é localizar as provas técnicas, e analisar os vestígios do local do crime. As provas técnicas são muito importantes em um processo, não sendo descartadas mesmo quando o réu é confesso. Esse profissional, após a localização das provas, estuda o corpo do objeto, realiza exames laboratoriais específicos, analisa todas as informações das quais dispõe e reconstitui a cena do crime, na tentativa de desvendar os autores, as armas utilizadas, o modo como foi realizado e até as vítimas.

O profissional de perícia é selecionado mediante concurso público, e pode participar de operações isoladas e da perícia de pequenos delitos, ou de operações específicas juntamente com outros departamentos da justiça. A Polícia Civil do DF lançou edital destinado ao preenchimento de 100 vagas para o posto. Vamos aos detalhes do concurso público.

Baixe grátis o edital verticalizado para Perito Criminal da Polícia Civil do Distrito Federal

Inicialmente, o concurso está dividido em duas etapas, com sete avaliações na primeira. São elas: prova objetiva, prova discursiva, sindicância de vida pregressa e investigação social, exames biométricos e avaliação médica, prova de capacidade física, avaliação psicológica, prova de títulos, todas com caráter unicamente eliminatório, com exceção da prova de títulos, que será meramente classificatório, além de curso de formação profissional, compondo a segunda etapa. Ufa! Extenso não? Pois é, este será o caminho a ser trilhado pelos futuros Peritos Criminais da Polícia Civil do Distrito Federal, uma das mais respeitadas corporações do nosso país.

Os interessados que pretendem disputar uma das oportunidades para o cargo de deverão estar para preparados em cada uma das fases, que exigem instrução e treinamento específicos. Estar atento às particularidades de cada avaliação é essencial! Mas antes vamos ver as atribuições, características inerentes ao exercício da função, o subsídio da carreira e os requisitos para participar da seleção.

Escolaridade: As chances estão distribuídas entre as áreas de ciências Biológicas, Contábeis e da Computação/Informática, Engenharia, Farmácia/Bioquímica, Física, Geologia, Odontologia e Química.

Demais requisitos: Ser habilitado para conduzir automóveis, ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, na data da posse, gozar de boa saúde e ter aptidão física e mental para o exercício das as atribuições do cargo, entre outros.

Subsídio e evolução da carreira: Começa em R$ 16.830,85 para a terceira classe e termina em R$ 22.805 para a classe especial. Além do subsídio, o perito conta com auxílio alimentação.

Carga horaria e regime de trabalho: 40 (quarenta) horas semanais, o regime de trabalho é de dedicação integral e exclusiva, incompatível com o exercício de qualquer outra atividade pública ou privada, nos termos da Lei Federal no 4.878/1965, regulamentada pelo Decreto Federal no 59.310/1966 e, subsidiariamente, pela Lei Federal no 8.112/1990.

Características: Para ser um perito criminal é necessário que o profissional se interesse por desvendar mistérios, e acima de tudo, que tenha uma certa frieza, pois seu trabalho está sempre ligado a cenas fortes de crimes diversos. Outras características interessantes são: responsabilidade capacidade de observação raciocínio rápido capacidade de concentração visão realista capacidade de interligar fatos e motivos metodologia sinceridade curiosidade imparcialidade

Prova Objetiva

Captura de Tela 2016-03-22 às 15.39.34

O primeiro passo para a aprovação está previsto para o dia 19 de junho de 2016, composto por 80 itens de múltipla escolha. Não só por ser a primeira avaliação, o candidato deve estar com todos os conteúdos exigidos em edital estudados, além de estar familiarizado com o estilo de cobrança do Iades, organizador.

Os candidatos terão seus conhecimentos testados a respeito das matérias
Visualizadas na tabela acima. Unir o estudo do conteúdo teórico com a resolução de questões é uma forma eficaz de assimilar todas as disciplinas.

Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que acertarem o mínimo de 20 (vinte) questões para cada um dos conhecimentos avaliados, ou seja, 20 (vinte) questões de conhecimentos gerais e 20 (vinte) questões de conhecimentos específicos. Lembrando que não se pode zerar a disciplina de Língua Portuguesa, sob pena de eliminação do certame.

Prova Discursiva
A segunda fase do certame está prevista para ser será realizada no mesmo dia, turno e dentro dos prazos de duração previstos para a realização da prova objetiva, ou seja, 5 horas. A prova discursiva terá o objetivo de avaliar os conhecimentos gerais e os conhecimentos específicos, pertinentes a cada área de formação acadêmica, constantes do conteúdo programático e, ainda, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

A prova discursiva consistirá de 4 questões discursivas. A resposta dada pelo candidato deverá ter extensão mínima de 10 (dez) linhas e máxima de 15 (quinze) linhas, para cada questão. A prova discursiva receberá pontuação máxima igual a 100,00 (cem) pontos, sendo a pontuação máxima para cada questão discursiva igual a 25,00 (vinte e cinco) pontos.

Na prova discursiva, o concorrente não pode deixar de rever todo o material estudado na prova objetiva. Aprofundar esses conteúdos, revisar as questões, além de estudar as legislações complementares dispostas no edital irão colaborar para uma preparação completa. Também serão avaliados aspectos do domínio da modalidade e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa. Será eliminado do concurso público o candidato que obtiver nota inferior a 60,00 (sessenta) pontos na prova discursiva.

Avaliação de Capacidade Física
Nesta fase do concurso, o futuro perito é avaliado quanto a sua capacidade para suportar física e organicamente, as exigências da prática de atividades físicas a que será submetido durante o curso de formação.

Serão aplicados os seguintes testes: dinâmico de barra fixa, de flexão abdominal, de meio sugado e de corrida. O candidato será considerado apto quando atingir 50% (cinquenta por cento) da pontuação para ser aprovado naquele teste. Cada teste físico valerá de 00 (zero) a 100 (cem) pontos.

Dicas: Uma rotina de preparação física e uma dieta rigorosa são essenciais para a aprovação nessa etapa. Na prova física, não adianta só ter domínio do conteúdo teórico, o que vale é a sua preparação e condicionamento durante a avaliação. O principal aliado do concurseiro antes dessa etapa é o cardápio. Uma alimentação balanceada e programada ajudam não só no aumento da força física, como também tem reflexo direto na resistência do candidato.

Prova de Títulos
Na prova de títulos serão aceitos os títulos de Doutorado, Mestrado, Pós-graduação, experiência profissional e produção cientifica. A pontuação de cada título pode ser analisada no edital abaixo.

Avaliação Psicológica

A avaliação psicológica, de caráter unicamente eliminatório, consiste no emprego de procedimentos científicos destinados a aferir a compatibilidade das características psicológicas do candidato com as atribuições do cargo de Perito Criminal, da Carreira de Polícia Civil do Distrito Federal. A avaliação psicológica estará apoiada no Estudo Científico do Cargo onde constam a descrição detalhada das atividades e tarefas, a identificação dos conhecimentos, habilidades e características pessoais necessários para sua execução e a identificação de características restritivas ou impeditivas para o exercício do cargo

Será considerado apto o candidato que apresentar características de personalidade, capacidade intelectual e habilidades específicas de acordo com os requisitos psicológicos necessários para o exercício do cargo.

Sindicância de vida pregressa e investigação social

A sindicância de vida pregressa e investigação social, de caráter unicamente eliminatório, na qual o candidato será considerado recomendado ou não recomendado, será realizada para fins de avaliação da conduta pregressa e da idoneidade moral, requisitos indispensáveis para aprovação no concurso público. A investigação terá início por ocasião da inscrição do candidato e terminará com o ato de sua eliminação ou nomeação para o cargo de Perito Criminal, terceira classe, da Carreira de Polícia Civil do Distrito Federal.

Será eliminado do concurso público, em qualquer uma das fases do concurso, o candidato que na sindicância de vida pregressa e investigação social, for considerado não recomendado

Curso de Formação Profissional

O curso, de caráter eliminatório e classificatório, com regulamentação dispostas no projeto do curso, nas normas próprias da PCDF e do IADES. As aulas serão de segunda-feira a sexta-feira, nos turnos matutino e vespertino, podendo se estender aos sábados, domingos, feriados e período noturno, a critério exclusivo da Academia de Polícia Civil. A pontuação final da prova de verificação de aprendizagem do curso de formação profissional será de no máximo 100,00 (cem) pontos.

Inscrições abertas

Se você tem nível superior nas áreas mencionadas, fique ligado no prazo de inscrições do concurso, que já está aberto e segue até o dia 5 de maio. Para candidatar-se, os candidatos devem acessar o site do organizador, o Instituto de Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). A taxa para participação é de R$ 210.

Falta de peritos é fator que favorecerá chamadas extras

Apesar de ter dotação para provimento de 100 vagas, o órgão necessita de 212 novos peritos para a carreira. De acordo com a assessoria da PCDF, atualmente 188 peritos trabalham, mas a Lei 12.803 de 2013 estabeleceu que o órgão precisa de 400 policiais do ramo ativos. Fator que piorará pelas cerca de 20 ou 30 aposentadorias que ocorrerão em 2016.

Uma boa notícia para quem já se prepara para ingressar na PCDF vem agora: Há quatro anos, quando o último edital para o cargo foi lançado pela Fundação Universa, foram abertas 58 chances, sendo 14 de provimento imediato e 44 para cadastro reserva e todas foram ocupados até o fim da validade do certame. O inicial, à época, era de R$ 13.368,68, referente a uma jornada de 40 horas semanais. Valor que atualmente é de R$ 16.830,85, igualado com o de perito da Polícia Federal e o maior pago para a carreira no Brasil.

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Polícia Civil do DF (Concurso Perito PCDF 2016)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Iades
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Perito Criminal
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível Superior
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 100
  • bullet1.gif (844 bytes)Inscrições: de 30 de março a 5 de maio de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 16.830,85
  • bullet1.gif (844 bytes)Data da prova objetiva: 19 de junho de 2016

edital

Comece a sua preparação hoje mesmo com quem é imbatível em aprovação nas carreiras policiais.
O Gran Cursos aprovou mais de 7.300 alunos nos últimos concursos para o DEPEN,
PRF, Polícia Federal e PMDF.

Preparatórios online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!
A coordenação pedagógica do Gran Cursos Online já está trabalhando na formatação de novos preparatórios, bem como a reestruturação dos cursos existentes. Ao adquirir um de nossos cursos online você terá a garantia de preparatórios conforme o novo edital. Prepare-se com quem mais aprova há 26 anos e conquiste a sua vaga!
matricule-se 3

carreiras policiaisPRF: Gran Cursos em primeiro lugar!

Antecipe sua preparação e saia na frente!

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial CHEGUEI-LÁ (7)
CHEGUEI-LÁ-Felipe CHEGUEI-LÁ2 (4)

 

Anna Rodrigues
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Principais de Distrito Federal

10 Comentários

10 Comentários

  1. Rubecilda Padilha

    22/03/2016 16:03em16:03

    Vcs trabalham com apostilas,se sim,preciso da apostila de Papiloscopista.ok

  2. Pedro

    29/03/2016 10:27em10:27

    Eu sou formado em Sistemas da Informaçao, que é informatica. Posso participar do concurso ou tem que ser superior só de Ciências da computação ?

  3. Tamires Camara

    03/04/2016 17:13em17:13

    Estou me formando em Engenharia Civil, mais como disse ainda não me formei, posso participar do concurso ?

  4. Fábio Malaquias Silva

    03/04/2016 18:36em18:36

    Sou formado em Enfermagem e obstetricia pela PUC – MG e gostaria de saber se posso fazer o concurso para Perito PCDF 2016. Não consta ENFERMEIRO na escolaridade. Gostaria muito de poder fazer o concurso porque é meu somho ser PERITO. Obg.

  5. Fábio Malaquias Silva

    03/04/2016 18:38em18:38

    Sou ENFERMEIRO formado pela PUC-MG/ 1994 e gostaria de saber se posso fazer o concurso para PERITO, porque não há enfermeiro na escolaridade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo