O papel da atividade física na preparação para concurso

O papel da atividade física na preparação para concurso

Não me atrevo a listar todos os benefícios que a ciência já identificou na prática regular de exercícios físicos. Mas me arrisco a falar sobre a enorme contribuição que a atividade física oferece para quem estuda para um exame ou um concurso público concorrido. Já é consensual a noção de que praticar trinta minutos de atividades físicas pelo menos três vezes por semana melhora as habilidades cognitivas e o desempenho mental, além de produzir bem-estar psicológico e reduzir o estresse, a ansiedade e a depressão. Nada mal para quem se dedica ao extenuante projeto de passar em concurso, não é?

Exercícios físicos, como todos sabemos, ajudam a emagrecer. Mas esse é só um de seus muitos benefícios. A atividade física regular também é forte aliada do raciocínio lógico e da memória. E não sou eu quem está dizendo; é a ciência. Pesquisadores irlandeses foram a fundo para descobrir como os exercícios físicos afetam o cérebro. Em uma de suas pesquisas, eles submeteram estudantes universitários a testes de memória e, em seguida, separaram os voluntários em dois grupos. Os do primeiro foram levados à exaustão na prática de exercícios físicos, enquanto os do segundo ficaram descansando por alguns minutos. Na sequência, todos foram submetidos a novos testes de memória. Os cientistas concluíram que o grupo que havia praticado exercícios físicos teve desempenho significativamente melhor do que os voluntários que haviam apenas descansado após o primeiro teste.

Exercício físico não é perda de tempo; é uma tática adotada pelos vencedores.

Aqui, no Gran Cursos Online, já havíamos chegado a conclusão semelhante. Como vocês sabem, costumamos entrevistar os ex-alunos aprovados nos primeiros lugares dos mais difíceis concursos públicos do país. Nos dados que coletamos nessas entrevistas e nos questionários respondidos por esses ex-concurseiros, fica claro que, em regra, os candidatos mais bem-sucedidos são aqueles que não descontinuaram a prática de atividades físicas durante a preparação para o concurso. Esse é, aliás, um dos diferenciais entre quem é aprovado no concurso dos sonhos e quem não é. Fica aí a dica. Exercício físico não é perda de tempo; é uma tática adotada pelos vencedores.

Mas que tipo de atividade física propicia tudo isso? Qualquer um que lhe dê prazer, amiga e amigo concurseiro. Você pode optar pela caminhada, pela corrida, pela natação, pela ginástica, pela dança… A prática de qualquer uma dessas modalidades, com regularidade e paixão, é capaz de melhorar a nossa aparência e, de quebra, aumentar nossa autoestima e autoconfiança. Mas os benefícios não param por aí. Quem pratica esportes ou qualquer outra atividade física também vê diferença em seu poder de concentração. De fato, mover o corpo oxigena o cérebro e, com isso, aumenta a capacidade de memorização e melhora o desempenho das atividades intelectuais do dia a dia.

Tenho uma história pessoal para compartilhar em defesa dos benefícios do exercício físico. Em meados de 2014, em virtude de uma altíssima carga de trabalho, eu tinha reduzido drasticamente as minhas atividades físicas. Agia como a maioria das pessoas: ia à academia “quando dava”, de maneira irregular e esporádica. Mas então, em um dia de muito estresse, me dei conta de que precisava conciliar as atividades empresariais com as físicas, ou muito provavelmente, no futuro, teria más notícias ao fazer exames médicos de rotina.

O fato é que eu não queria isso para mim. Muitos tendem a agir apenas depois da recomendação médica, quando a necessidade de se precaver contra problemas sérios de saúde já é urgente. Comigo foi diferente. No mesmo dia do meu insight, decidi me tornar um adepto dos exercícios físicos.

O resultado dessa decisão é que, se antes, pouco mais de 3 anos atrás, meu percentual de gordura estava em 24% (observação: é possível não estar com sobrepeso e ainda assim ter uma alta taxa de gordura corporal). Hoje, graças aos exercícios regulares e à boa alimentação, esse índice baixou para 8%. Costumo acordar bem cedo para ir à academia e cumprir com a minha obrigação diária; faça chuva, faça sol; estejamos ou não em horário de verão. Só depois de sair de lá, enfrento minha rotina de 15 a 17 horas na empresa. Percebo que hoje consigo trabalhar até mais e de maneira mais eficiente do que antes, apesar de ter de encaixar uma hora para atividades que eu não exercia. Ou seja, os benefícios transcendem, e muito, a saúde, como eu já havia antecipado no início deste texto. Em resumo, leitor amigo, falta de tempo não vale como desculpa. Reflita: se você não cuidar do seu corpo agora, como estará no futuro?

“Atividade física pode ser feita em qualquer lugar: no quarto, no quintal, em uma sala de ginástica com aparelhos simples, na escada do prédio, nas redondezas do apartamento ou de casa.”

Atividade física pode ser feita em qualquer lugar: no quarto, no quintal, em uma sala de ginástica com aparelhos simples, na escada do prédio, nas redondezas do apartamento ou de casa. Basta querer e criar mais esse hábito saudável. Você pode fazê-lo aplicando o método que já explicamos em outra oportunidade. Basta repetir a rotina por 21 dias, sempre no mesmo horário e pelo mesmo período de tempo, sem interrupção. Não nos cansamos de dizer que hábito se cria com rotina. Isso vale tanto para os estudos como para a prática de uma atividade física.

“Os candidatos às carreiras policiais e militares ainda têm a vantagem de poder converter a prática de exercícios em treino para o Teste de Aptidão Física (TAF)”

Os candidatos às carreiras policiais e militares ainda têm a vantagem de poder converter a prática de exercícios em treino para o Teste de Aptidão Física (TAF). O teste, uma das etapas dos concursos para aquelas carreiras, costuma ser eliminatório e requer a execução de provas difíceis e sofridas, como barra fixa, salto em distância (impulsão horizontal), natação, corrida de 12 minutos e longos 2.710 metros, necessários para obtenção da pontuação máxima. Já escrevemos a respeito. Leia aqui.

Infelizmente, muitos candidatos que enfrentarão o TAF cometem um erro que costuma pôr tudo a perder: é muito comum eles só iniciarem os treinos após a publicação dos resultados da prova objetiva. É óbvio que esses concorrentes dificilmente conseguirão alcançar o condicionamento e a força necessários para cumprir todas as provas do teste. A reprovação será inevitável. E, então, virão os lamentos, sobretudo daqueles que ocupavam as primeiras posições na lista de classificados nas provas objetivas e subjetivas. Não existe nada pior e mais frustrante para um concurseiro do que passar na prova de conhecimentos com altíssima pontuação e ser reprovado no TAF.

A título de curiosidade – e para assustar mesmo –, no último concurso para Agente da Polícia Federal, cujo edital foi publicado em 2014, quase 30% dos candidatos foram reprovados no teste de aptidão física. E olhe que estamos falando de concurseiros aprovados na prova objetiva do mais difícil certame da área policial. Reprovar no TAF deve ter sido uma notícia desastrosa para esses candidatos. Em 2016, o concurso da Polícia Militar de Pernambuco foi outro que reprovou um número surpreendente de candidatos no exame que avaliava as condições físicas deles. No total, foram eliminados 2.731 convocados. Apesar de triste, esse não é um dado nada incomum em concursos para corporações militares e policiais Brasil afora.

Se você é um desses concurseiros que escolheram a carreira policial ou militar, anote estes conselhos: conheça bem cada um dos testes que serão cobrados, prepare-se com bastante antecedência para eles, ouça os conselhos dos especialistas, treine regularmente, faça simulações e cuide da alimentação. Dê especial atenção ao teste de barra fixa e ao de corrida de resistência e reserve a véspera da prova física para repouso absoluto.

Agora, se a carreira que você escolheu dispensa o TAF, ainda assim, dê o devido valor à atividade física. Ela é uma de suas maiores aliadas na preparação para as provas. Afinal, como vimos, traz benefícios tanto para o corpo como para a mente.

Sigamos juntos – nós, do Gran Cursos Online, e você, concurseiro –, preparando a mente e o físico até a aprovação no concurso dos sonhos!

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha recém-lançada página do Facebook e em meu perfil do Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Confira também: A importância do autocontrole: aprenda as lições do Teste do Marshmallow!

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

Filmes motivacionais que todo concurseiro deve assistir!
O poder do pensamento positivo nos concursos e na vida

Concursos e Crise: Como blindar a sua motivação
Desmotivado(a)? Confira 5 dicas valiosas para você não desistir e continuar estudando!
Acredite: Agora é a melhor hora para você estudar para concursos públicos
Dicas de quem chegou lá

Gabriel Granjeiro


Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há quase 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 

 


 

Gabriel Granjeiro
Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online
21 Comentários

21 Comentários

  1. ELVIS POLICARPO DE ASSUNÇÃO

    13/02/2017 16:08em16:08

    cade os concursos

  2. Maria Lúcia Paronetto

    13/02/2017 16:40em16:40

    Boa tarde!!
    Adoro receber estes informativos de vcs..
    Creio ser de muita valia o conhecimento adquirido.
    Continuemos estudando e fazendo nosso melhor para chegar onde almejamos.

    Imensa Gratidão.
    Maria Lúcia Paronetto

  3. Ana Carolina de Sa Menezes

    13/02/2017 18:47em18:47

    Adoro os artigos de vcs!!! Salvo todos eles numa pasta no meu Gmail, quando bate aquele desanimo vou ate a pasta, vasculho e leio algum artigo pra me animar novamente.
    Parabéns!! Me mandem sempre!!

  4. Gustavo Câmara

    13/02/2017 23:39em23:39

    Parabéns pelos textos, eles servem de estímulo para continuarmos nessa árdua batalha.

  5. Madison

    14/02/2017 01:02em01:02

    Ótimo artigo !!!

  6. IVANILDO BARBOSA NERIS

    14/02/2017 13:17em13:17

    PARABENS GENTE VCS SAO JOIAS ,AS DICAS DE VCS VALE OURO.ESTOU NO AGUARDO TRE BAHIA

  7. Shirley

    14/02/2017 13:49em13:49

    Vcs são ótimos!!! Muito obrigada, dedicação ao aluno faz toda a diferença!!!

  8. Lucas Lira

    14/02/2017 14:03em14:03

    Muito bom! Agradeço por nos ajudar a irmos em frente…

  9. Sérgio

    15/02/2017 05:22em05:22

    Excelente artigo!

  10. maria rosaneide

    15/02/2017 09:14em09:14

    bom dia!excelente acabo de chegar da caminhada mais leve pra estudar,obrigada pela informação.

  11. carlos Roberto Luz

    15/02/2017 09:39em09:39

    Parabéns adoro ler os artigos de vcs, muito bom otimista e incentivador. é o que todo concurseiro precisa pra continuar na luta em busca da aprovação. um ,abraço:Carlos Luz -Poções-ba

  12. Antonia ferreira leite

    17/02/2017 12:37em12:37

    ótimo artigo, obrigado!

  13. Rosangela

    20/02/2017 16:16em16:16

    Excelente artigo Gabriel!
    Como todos os que vc escreve. Salvo todos em meus favoritos.
    Vc realmente faz a diferença na vida dos concurseiros.
    Sempre Bem!

  14. zelia de siqueira

    21/02/2017 10:25em10:25

    ótimo artigo! Educação física é saúde, esporte e lazer.

  15. zelia de siqueira

    21/02/2017 10:28em10:28

    Educação física é esporte, saúde e lazer. Ótimo artigo!

  16. João Bóro

    22/02/2017 23:08em23:08

    Esse texto ficou perfeito me animei pra caralho pra correr até o fim do pedregal e estudar pra kct

  17. MARIA DA SILVA SANTOS

    27/02/2017 08:53em08:53

    Bom dia!

    Adorei, mesmo seu comentário suas dicas, realmente faz tudo isso, pois quem está se preparando para concurso
    é extressante mesmo, temos angustias, ansiedade, medo de não passar emfim tudo é concorrido.
    Mas a esperança vale a pena e insentivos feitos vc nos dá.

    Agradecida mesmo.

    grande abraço MARIA SANTOS. Panelas/PE, 27 de fevereiro de 2017.

  18. cristina

    05/04/2017 11:03em11:03

    Adorei, com certeza manterei os exercicios e os estudos em dia! Obrigada.

  19. Eduardo

    22/09/2017 17:42em17:42

    A atividade física é incontestavelmente benéfica, mas como faz pra quem acorda às 06:00 pra chegar no trabalho de ônibus às 08:00, trabalha o dia todo até as 18:00, chega em casa por volta das 20:00 depois de um ônibus lotado, estuda até as 22:30 e ainda precisa dormir e se alimentar? Onde se encaixa o tempo pra atividade física?
    Isso vale pra quem não precisa trabalhar pra sustentar uma casa. Muita utopia envolvida. E não todo mundo que tem condições financeiras pra pagar uma academia.

    • FELIPE TORRES PADILHA

      12/06/2019 07:17em07:17

      Eduardo, não sei se você vai chegar a ler esse comentário dado o tempo que escreveu.
      É verdade que cada caso é único, mas hoje existem várias formas de treinos que se aplicam as pessoas que não possuem tanto tempo disponível. Conhece o protocolo de TABATA? um exercício de HIIT nesse protocolo tem sido ideal para muitas pessoas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo