A grande arte de ser FELIZ

Gabriel Granjeiro


28 de Outubro de 2019 3 min. de leitura

“Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.” – Érico Veríssimo

Confesso que Rubem Alves é um dos meus escritores favoritos. Gosto tanto de seus textos que estabeleci a meta de adquirir ainda este ano todos os livros dele. Acho que vou conseguir, pois falta pouco. Tenho-o citado muito por aqui, principalmente por ser o tipo de autor que provoca aquele incômodo, nos tira de nossa zona de conforto e nos faz pensar… Lendo sua obra, refletimos bastante sobre a alma humana, sobre o que é felicidade e sobre a simplicidade e alegria presentes em cada momento de nossa existência. 

Rubem ensina, por exemplo, que, “para nos livrarmos da ansiedade, precisamos ficar humildes como os pássaros e as flores”. De grande sabedoria, essas poucas palavras, concorda? Inspirado especialmente no livro dele que dá título a este artigo, farei hoje uma reflexão com o propósito de ajudar você, meu leal leitor, a ser mais feliz e sereno em sua dura caminhada. Sei bem como é desafiador se manter firme – e alegre! – durante a execução de um projeto complexo e às vezes tão longo como é o de estudar para concurso.

O primeiro fato que você precisa saber é: não existe, neste mundo, ninguém que seja feliz o tempo todo. Felicidade não é algo constante, pelo contrário: esbarramos nela de vez em quando, em geral nos momentos mais despretensiosos. A melhor forma de ter um desses encontros é agir como criança, enxergar a beleza das coisas e viver intensamente. Se há algo que Deus tem em comum com os pequenos, é isto: ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos. Vivemos para ter prazer, para usufruir de alguns instantes de alegria, (raros) momentos de distração. Viver é, por si só, divino, mas o paraíso, a felicidade, o maravilhoso, o regozijo – que estão ali pertinho, ao alcance das mãos – só aparecem para aqueles com olhos de criança.

Rubem Alves procura nos incentivar a não pensar como a massa e a dar valor às coisas simples. O ideal é não ser “maria vai com as outras”, é não seguir a multidão, tornando-se mais uma presa fácil para aquele tipo de pessoa que só quer privar a todos da beleza e alegria de viver. “Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”, diria o escritor, ou, ainda: “Todo jardim começa com um sonho de amor. Antes que qualquer árvore seja plantada ou qualquer lago seja construído, é preciso que as árvores e os lagos tenham nascido dentro da alma. Quem não tem jardins por dentro, não planta jardins por fora nem passeia por eles…”

Às vezes, nossa infelicidade se deve ao estúpido medo do amanhã, de um amanhã – pasme! – que ainda não aconteceu. Estranho isso… Como pode o medo nascer de algo que nem sequer existe? Nossa imaginação, poderosa porém perturbada, é capaz de preencher o futuro com coisas terríveis, que, por sua vez, passam a assombrar o presente. O mínimo que devemos ter é cuidado com nossas prioridades. Nada de gastar energia com sentimentos destrutivos, como o ódio, a inveja e a vingança. Quanto mais tempo passamos mirando os olhos dessas emoções, mais e mais somos consumidos por elas. Nietzsche advertiria: “Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você”. Fica o alerta.

Céu azul, depois de muita chuva, é uma felicidade só… Aliás, cada dia que vivemos é um novo presente de Deus – ou do Universo, como você preferir. E como agradecer por esse presente? Tentando viver sempre com alegria, notando as flores nos canteiros, os frutos nas árvores, as cores das casas e dos carros, o caminhar mais ou menos apressado das pessoas ao seu redor; a perfeição da Criação, enfim. Olhe para tudo isso e perceba como não faz sentido sofrer para se tornar uma pessoa melhor. O sofrimento costuma embrutecer, tirar a sensibilidade e a esperança, tornar cruéis as pessoas. A única força capaz de nos tornar melhores é o amor. E esse sentimento é assim: não tem “porquê”, não tem razão; ama-se porque se ama.  

Você, filho ou filha, pai ou mãe, empreendedor ou concurseiro, empregado ou desempregado, tem o poder de dar e sentir alegria. Olhe à sua volta e veja as coisas com o valor que têm: uma criança é fonte de alegria, um animal de estimação é fonte de alegria, um trabalho feito com capricho e paixão é fonte de alegria, uma hora de estudo levado a sério é fonte de alegria. Lembre-se: você tem o direito de estar neste mundo, então se esforce para ser feliz nele! Aprenda a gostar, mas a gostar de verdade, das coisas que deve fazer. Ame genuinamente sua família, seus amigos. Vá lá fora sentir um pouco do calor do sol na pele. Faça isso e descubra como a vida vale a pena. Faça isso e descubra o valor que você tem no mundo.     

Se concorda com esta mensagem, registre nos comentários “Serei feliz!” e venha conosco. 

Estamos caminhando, juntos, encarando a vida em toda sua plenitude!

“Aquilo que está escrito no coração não necessita de agendas, porque a gente não esquece. O que a memória ama, fica eterno.” – Rubem Alves


Mais artigos para ajudar em sua preparação:


 

Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

Depoimentos relacionados

Qual é o seu grande objetivo de vida? Para Raul Marcelo da Silva o foco estava em ingressar na carreira…

Natural da cidade de Poço Verde/ SE, Aialla Suelem Andrade de Souza escolheu a carreira pública não só pela estabilidade…

Dedicando-se ao estudos por cerca de 3 anos, José Roberto Ferreira conquistou não apenas a aprovação no Concurso BRB para…

Ygor Bruno Silva é de Caruaru, cidade localizada no estado de Pernambuco, e foi aprovado, em 2º lugar, na Residência…

A estabilidade que a carreira pública proporciona foi o grande atrativo que Weberti Silva teve para começar a estudar para…

A estabilidade profissional e financeira foi o que levou Pedro J. a buscar com tanto afinco a carreira pública e…

O sonho de ser policial desde criança, fez com que Maria C. firmasse um compromisso de estudos diariamente desde 2018…

Em busca de estabilidade e para dar um futuro melhor para esposa e filha, Regis B. estudou bastante para ser…

Gabriel Granjeiro

Presidente e sócio-fundador do Gran Cursos Online

85

Comentários (85)

Avatar Heloisa Bozello 4 de Dezembro de 2019

SOU FELIZ! porque o amanhã “ainda nem aconteceu” =D

 Responder

Avatar Guilherme Professor 13 de Janeiro de 2020

Passei muitos anos nas trevas, mas esse quadro está mudando… Deus está agindo na minha vida, e estou me esforçando muito! Gratidão por compartilhar essas dicas incríveis! Adorei o blog, ganhou um novo leitor, mutíssimo obrigado!

 Responder

Avatar Elizangela Silva Paiva 30 de Janeiro de 2020

Parabéns, excelente mensagem 👏👏❤ que possamos ter o coração como de uma criança.

 Responder

Avatar Dione Tea Mamede Leão dos Santos 2 de Março de 2020

Estarei feliz sim e farei muitas pessoas felizes também. Muito obrigada pela mensagem. Deus abençoe sempre todos que fazem parte desta Família Gran Cursos.

 Responder

Avatar Marcus 31 de Agosto de 2020

Serei muito feliz !
Muito importante e encorajadora essa mensagem do artigo. Obrigado por compartilhar !

 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *