Funções em Python

Vamos entender como criar funções e trabalhar com elas na linguagem Python.

Avatar


29/06/2022 | 23:08 Atualizado há 40 dias

Fala, meus consagrados! Tudo beleza com vocês?

Vamos entender como criar funções e trabalhar com elas na linguagem Python.

Teoria

Estudamos em dois artigos passados sobre Modularização na Lógica de Programação (https://blog.grancursosonline.com.br/modularizacao-na-logica-de-programacao/ e https://blog.grancursosonline.com.br/modularizacao-na-logica-de-programacao-parte-ii/). Agora vamos entender como fazer funções em Python.

As funções, como estudado, são blocos de código que apenas são executados quando são chamados. As funções podem:

  • Receber dados através de parâmetros; e
  • Retornar dados como resultado.

Sintaxe:

def nomeFuncao([parâmetro formal 1, parâmetro formal 2, ...]):
    bloco de instruções
    [return] valor

Para a criação de uma função em Python, usamos a palavra-chave def, seguida do nome da função, como descrito na sintaxe acima.

Uma função não precisa de parâmetros. Se precisar, pode-se usar um ou mais parâmetros. Esses parâmetros definidos na função, como estudamos, são chamados de parâmetros formais. Eles representam as informações passadas para funções e são especificados após o nome da função, entre parênteses.

Uma função pode ou não retornar algum valor. Quando for necessário retornar, usa-se a declaração return. Essa declaração gera a saída do método atual e faz com que o controle de fluxo retorne onde o método foi invocado.

Iremos ver vários exemplos para exercitarmos a criação de funções de várias formas. Começando com o exemplo de uma função sem parâmetros formais e que não retorna nada, apenas imprime uma string:

# Criando a função:
def funcao():
    print("Funções em Python")
# Chamando a função criada:
funcao()

Resultado da execução do código:

Funções em Python

O segundo exemplo é de uma função com um parâmetro formal e que não retorna nada:

# Criando a função:
def dobrar(x):
    print(x * 2)
# Chamando a função criada:
dobrar(15)

Resultado da execução do código:

30

Para a função dobrar(), foi citado um parâmetro formal: x. Quando se chama essa função, por exemplo dobrar(15), passamos um parâmetro real (15) e a função não retorna nada, apenas imprime um valor que é a multiplicação do parâmetro formal x por 2 (30).

O terceiro exemplo traz uma função com um parâmetro formal e que retorna algum valor:

1. # Criando a função:
2. def dobrar(x):
3.     x *= 2
4.     return x
5. # Chamando a função criada:
6. a = dobrar(15)
7. print(a)
8. print(dobrar(30))

Resultado da execução do código:

30
60

Alteramos a função dobrar(), fazendo com que ela retornasse o valor do resultado da multiplicação, ao invés de apenas imprimir esse resultado. Para isso, foi utilizada a declaração return.

Na nova versão da função dobrar(), continuamos com o parâmetro formal x, porém ela é atualizada com a multiplicação do valor atual de parâmetro x pelo valor 2 e seu valor atualizado é retornado pela função.

Como a função agora retorna um valor, a função pode:

  • Retornar o valor para uma variável;
    • Como acontece na linha 6 do exemplo acima, onde a variável a recebe o valor retornado pela função dobrar(), passando o parâmetro real 15;
    • A variável a então recebe o valor 30;
  • Ser usada com outras funções;
    • Como é o caso da linha 8 do exemplo acima, onde usamos a função print() para imprimir o valor retornado pela função dobrar(), passando o parâmetro real 30;
    • Então foi impresso o valor 60.

Então é isso!
[]s e até a próxima!
_________________________
Professor Rogerão Araújo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.