Carreiras

Concurso CBMDF 2016: Confira as dicas de quem chegou lá no último certame! Inscrições até quinta (1º)!

Concurso CBMDF 2016

Concurso Bombeiros-DF encerra inscrições nesta quinta (18). Veja dicas de quem chegou lá e impulsione sua preparação!

Três meses com foco total, foram o suficiente para o graduado em educação física e ex-aluno do Gran Cursos Online, Leandro de Castro Oliveira, conquistar a aprovação no concurso para o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), que tem um novo certame aberto e encerrará, após prorrogação, inscrições nesta quinta-feira, dia 1º de setembro.

Com estratégias práticas, Leandro usou o método do nosso curso, aliado a uma boa dosagem de resolução de exercícios da banca organizadora para conquistar o cargo dos sonhos. O que deve ser levado em consideração pelos candidatos/as que desejam ingressar no órgão.

Diferentemente do último edital, o concurso CBMDF 2016 não exigirá redação para o posto de soldado, apenas para  as carreiras de oficial, fator que impulsiona os candidatos, pois sobra mais tempo para dedicar-se a parte teórica.

Atualmente bombeiro militar do DF, Leandro realizou provas para todos os cargos possíveis, sendo para o posto de soldado combatente, soldado condutor e oficial, estratégia que pode ser usada por você, uma vez que o edital permite mais de uma inscrição, podendo concorrer aos cargos de soldado e oficial, que exigem nível superior em qualquer área.

Sendo da área de educação física, o candidato obteve uma facilidade para realização de uma das etapas mais temidas pelos candidatos/as, o Teste de Aptidão Física. Apesar disso, ele recomenda uma preparação com foco no que o edital pede, sendo iniciada desde quando o documento é colocado na praça, o que se faz primordial para obter êxito nesta etapa.

Uma boa dica que o concursado deixa é ter foco, saber o que realmente quer e aproveitar a oportunidade.” A minha dica é focar naquilo que a pessoa quer, não deixando oportunidades passarem, pois ela passa uma unica vez na sua porta. No meu caso, hoje estou com 28 anos, houve pessoas que puderam fazer o certame na minha época que hoje não podem mais, então a oportunidade foi única. Então é ter foco e saber aquilo que quer e autoconhecimento, por exemplo, eu sabia que era bom em exatas e obtinha maior dificuldade em humanas, fiz minha estratégia e nivelei minhas dificuldades”.

Outro ponto destacado por Leandro no fim do bate-papo é sobre o ingresso no CBMDF e o requisito básico para ser um militar. “Pessoas que almejam ingressar no Corpo de Bombeiros vão exercer uma das funções mais bem vistas que nós temos hoje na sociedade. É muito gratificante, até mesmo por quem não possui tantos valores familiares, é um amadurecimento como ser humano. A primeira coisa é querer, quando você quer, você se transforma”.

Veja, abaixo, a entrevista completa.

 

Se você ainda não garantiu sua participação no concurso para os cargos de Soldado e Oficial do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) saiba que o prazo está se esgotando. Acontece que elas se encerrarão nesta quinta-feira, dia 18 de agosto. As participações são aceitas no site do Idecan, organizador, até 23h59min. A participação só é efetivada mediante o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 140,00 para oficiais e R$ 90 para os demais postos.

Vale destacar que os candidatos podem efetuar a participação para mais de cargo, desde que não haja coincidência nos turnos de aplicação das provas, devendo, para tanto, realizar as inscrições para cada cargo bem como pagar as respectivas taxas de inscrição. 

Ao todo, são oferecidas 779 oportunidades para graduados em qualquer área (ou áreas específicas), distribuídas pelos postos de soldados (448 para qualificação bombeiro militar geral operacional; 112 para soldado condutor e operador de viaturas), 55 para soldado de manutenção (veículos e equipamentos/materiais) e cinco para soldado de manutenção (aeronaves equipamentos/materiais). As vagas de oficiais estão distribuídas em 115 para oficial bombeiro militar combatente, 20 para complementar, 20 para médicos e quatro para cirurgiões-dentistas.

Curso de Formação de Oficiais – Quadro de Oficiais Bombeiros Militares Combatentes

Neste edital são oferecidas 115 vagas para o posto de 2º Tenente do Quadro de Oficiais Bombeiros Militares Combatentes, após conclusão de estágio. Podem concorrer a estas vagas os graduados em qualquer curso de nível superior que possuam Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “B”.   A remuneração para este cargo é progressiva, chegando a R$ 11.654,95 para o 2º Tenente.

CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN   CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN    CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN

Soldado do CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN

CBMDF CFO - Simulado exclusivo - Estilo Idecan    CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN     CBMDF - Simulado completo estilo IDECAN

 

Curso de Habilitação de Oficiais – Quadro de Oficiais Bombeiros Militares de Saúde e Complementar – Idade máxima: 35 anos!

Para os quadros de Saúde e Complementar, são oferecidas 44 vagas. No Quadro de Saúde, cargo de Médico, há vagas nas seguintes especialidades: Psiquiatria (3), Ortopedia e Traumatologia (3), Medicina do Trabalho (1), Anestesiologia (1), Pediatria (1), Cirurgia Vascular (1), Radiologia (1), Reumatologia (1), Otorrinolaringologia (1), Ginecologia (1), Proctologia (1), Cardiologia (3) e Urologia (1). E para o cargo de Cirurgião-Dentista, duas vagas para Periodontia, uma para Endodontia e uma para Odontopediatria.

No Quadro Complementar, as oportunidades são para: Psicologia Clínica (4), Psicologia Organizacional e do Trabalho (1), Serviço Social (2), Fisioterapia (2), Nutrição (1), Farmácia-Bioquímica (2), Enfermagem (1), Engenharia Civil (2), Engenharia Mecânica (1), Engenharia Elétrica (1), Arquivologia (1), Biblioteconomia (1) e Museologia (1).

Além do curso superior na área específica, é exigida a   Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “B”.   A remuneração para este cargo é de R$ 9.945,64 para Aspirante a Oficial e R$ 11.654,95 para o 2º Tenente.

Curso de Formação de Praças – Manutenção de Veículos/Equipamentos

Neste edital são oferecidas 55 vagas para a qualificação de Bombeiro Militar Geral de Manutenção, nas atividades de mecânica de manutenção de veículos. Podem concorrer a estas vagas os graduados em qualquer curso de nível superior que possuam Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “D”. A remuneração para este cargo é de R$ 5.108,08 para Soldado 2ª classe e R$ 6.338,87 para Soldado 1ª classe.

Curso de Formação de Praças – Manutenção de Aeronaves/Equipamentos

Para a qualificação de Bombeiro Militar Geral de Manutenção, nas atividades de mecânica de manutenção de aeronáutica, são oferecidas 5 vagas. Podem concorrer a estas vagas os graduados em qualquer curso de nível superior que possuam Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “B”. A remuneração para este cargo é de R$ 5.108,08 para Soldado 2ª classe e R$ 6.338,87 para Soldado 1ª classe.

Curso de Formação de Praças – Condutor e Operador de Viaturas

São oferecidas 112 vagas para a qualificação de Bombeiro Militar Geral Condutor e Operador de Viaturas. Podem concorrer a estas vagas os graduados em qualquer curso de nível superior que possuam Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “D”. A remuneração para este cargo é de R$ 5.108,08 para Soldado 2ª classe e R$ 6.338,87 para Soldado 1ª classe.

Curso de Formação de Praças – Operacional

Neste edital são oferecidas 448 vagas para a qualificação de Bombeiro Militar Geral Operacional. Podem concorrer a estas vagas os graduados em qualquer curso de nível superior que possuam Carteira Nacional de Habilitação no mínimo com categoria tipo “B”. A remuneração para este cargo é de R$ 5.108,08 para Soldado 2ª classe e R$ 6.338,87 para Soldado 1ª classe.

É uma excelente oportunidade, pois além de contar com a contratação estatutária, que garante a tão sonhada estabilidade, os aprovados serão remunerados pela União, tendo seus proventos vindos direto do fundo constitucional do DF, garantindo uma maior eficiência no repasse desses valores.

Outra boa informação aos candidatos/as que estão ou almejam iniciar a preparação para o certame é que não se pode olhar apenas as vagas que são oferecidas no edital. Isso por que o cenário de pessoal do CBMDF é alarmante, o que gerará como consequência a contratação de mais aprovados.

A média geral hoje é de cerca de 6,2 mil bombeiros, enquanto a Lei que dispõe sobre os militares da Polícia Militar do Distrito Federal e do Corpo de Bombeiros Militar do DF (Lei Federal nº 12.086 de 6 de novembro de 2009) estabelece que seriam necessários 9.703 militares para atendimento aos quase 3 milhões de habitantes da capital federal.

O número não considera militares na reserva, alunos ou aspirantes a oficiais. É importante destacar que os efetivos incluem funcionários do quadro administrativo e de saúde. Com isso o CBMDF atua com apenas 60% da demanda ideal para o exato exercícios de suas atribuições.

Hoje, as unidades do Corpo de Bombeiros do DF operam com média diária de 30 militares, quando o ideal seria um efetivo de 90. Para que isso fique em um patamar sólido, anualmente seria necessário o ingresso de, pelo menos, 400 novos militares.  O gráfico abaixo demonstra como é crítica a situação. Em 2014 apenas 2 novos militares foram admitidos! Ainda não temos os dados consolidados de 2015, mas a tendência é que o número tenha sido tão baixo como o de 2014.

Tornado ainda mais difícil a situação da corporação nos próximos anos, temos o quantitativo de militares aptos para a reserva nos próximos 5 anos, fazendo com que o efetivo entre na estaca de menos 30%, afetando consideravelmente o atendimento à população. O Corpo de Bombeiros do DF deveria ter uma média ideal de idade de 25 anos, quando acontece o contrário.

Outro fator que reforça a ideia do órgão de utilizar bem os aprovados no certame, encontra-se demonstrada nos convocados para a segunda etapa da seleção. De acordo com o edital, 5.216 candidatos serão classificados. Desse quantitativo, 3.136 é para o cargo de Praça – Operacional, seguido do posto de Oficial Combatente (920), Praça – Condutor e Operador de Viatura (800) e Praça – Manutenção de Veículos (300) – veja tabela completa abaixo.

A segunda etapa do certame é composta pelo Teste de Aptidão Física (TAF), com exceção dos postos de Oficial e Praça Operador de Viatura, em que será composta por redação discursiva e teste prático, respectivamente.

Como ocorreu no último certame, realizado em 2011, em que somente para o cargo de QBMG – 01 – Operacional (Soldado) foram mais de 1.100 nomeações, enquanto o edital oferecia apenas 224 e o total de candidatos aprovados girava em torno de pouco mais de 1.500, o que gera um percentual de quase 500 % de nomeações a mais que o previsto no edital.  Outro destaque é para a função de QBMG – 02 -Condutor e Operador de Viaturas. Enquanto o edital oferecia 56 vagas, o número de nomeações foi de 318 % a mais, um total de 178 (veja todos os detalhes na tabela ao final da matéria).tabela-cbmdf

Inicialmente, o concurso está dividido em duas fases, com cinco avaliações. São elas: prova objetiva,  prova discursiva (apenas para o CFO), prova de capacidade física, Inspeção de saúde – exames médicos, biométricos e complementares, testes toxicológicos e exame odontológico, avaliação psicológica e sindicância de vida pregressa e investigação social e funcional, além de curso de formação profissional, que fará parte da segunda fase. Ufa! Extenso não? Pois é, este será o caminho a ser trilhado pelos futuros Praças e Oficias do Corpo de Bombeiros Militar do DF, uma das mais respeitadas corporações do país.

As provas acontecerão na data prevista de 9 de outubro. Pela manhã fazem as provas os candidatos à Manutenção de Aeronaves/Equipamentos, de 8h às 12h, e ao Quadro de Oficiais Bombeiros Militares Combatentes e Quadro de Oficiais Bombeiros Militares de Saúde e Complementar, das 8h às 13h. Já à tarde, das 15h às 19h, realizam as provas os candidatos a Manutenção de Veículos/Equipamentos, Condutor e Operador de Viaturas e Operacional.

Detalhes:

  • bullet1.gif (844 bytes)Concurso: Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (Bombeiros/DF)
  • bullet1.gif (844 bytes)Banca organizadora: Idecan
  • bullet1.gif (844 bytes)Cargos: Praça; Oficial
  • bullet1.gif (844 bytes)Escolaridade: Nível Superior
  • bullet1.gif (844 bytes)Número de vagas: 779
  • bullet1.gif (844 bytes)Inscrições: de 18 de julho de 2016 a 1º de setembro de 2016
  • bullet1.gif (844 bytes)Taxa: R$ 140 ou R$ 90
  • bullet1.gif (844 bytes)Remuneração: Até R$ 11,6 mil
  • bullet1.gif (844 bytes)Prova objetiva: 9 de outubro de 2016
edital

Operacional

edital

Condutor

edital

Oficial

edital

Man. Aero

edital

Man. Veículos

edital

Saúde

Todos os cursos em nosso portal estão reformulados conforme o novo edital e contam com exercícios Idecan, simulados exclusivos e materiais em PDF – agora em novo formato! Ao adquirir um dos preparatórios disponíveis, você terá a garantia de um conteúdo completo e atualizado. Aproveite e matricule-se agora com valor promocional!

Preparatórios online com início imediato e visualizações ilimitadas!
Prepare-se com quem mais aprova há 26 anos e conquiste a sua vaga!

matricule-se 3

carreiras policiaisPRF: Gran Cursos em primeiro lugar!

Antecipe sua preparação e saia na frente!

20-dias-garantia

assinatura-ilimitada-

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2        CHEGUEI-LÁ     CHEGUEI-LÁ2       CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)
CHEGUEI-LÁ-Felipe

Cheguei Lá

2 Comentários

2 Comentários

  1. Rebeca

    20/08/2016 13:04 em 13:04

    Posso me inscrever em mais de um cargo? Gostaria de fazer para Oficial e para Praça. Não sei se entendi certo, mas segundo a resposta aos recursos dada pelo IDECAN, acho que posso sim, não é?

    “III – DA DATA DE REALIZAÇÃO
    Os editais foram coordenados e organizados para permitir que os candidatos possam
    realizar mais de uma inscrição, para turnos distintos. De modo que, dentre os seis concursos
    realizados concomitantemente, poderá o candidato optar pela participação em dois, de acordo com
    sua área de formação.
    Temos, pois, que o agendamento das provas teve como intuito permitir a ampla
    concorrência e atendeu aos ditames da legislação distrital.
    Insta esclarecer que a Lei 4.949/2012 veda em seu artigo 6º, inciso VII, a realização
    de provas para o provimento de cargos e empregos públicos de carreiras diversas da Administração
    do Distrito Federal em mesma data.
    A redação do mencionado artigo é clara ao indicar que a vedação recai tão somente
    sobre a realização de concursos de carreiras distintas, o que de fato exclui os concursos ora
    realizados, pertencentes à mesma carreira, qual seja, a de Militar do Corpo de Bombeiros.
    Desta forma, são IMPROCEDENTES as impugnações”.

    • Willian Shimitti

      30/08/2016 11:26 em 11:26

      Olá, bom dia Rebeca!
      Será permitido ao candidato realizar mais de uma inscrição no Concurso Público desde que não haja coincidência nos turnos de aplicação das provas, devendo, para tanto, realizar as inscrições para cada cargo bem como pagar as respectivas taxas de inscrição.

      Estamos à disposição.
      Att,
      Comunicação – Gran Cursos Online

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo