Concurso TRE-PE 2016 para técnicos e analistas sempre nomeia além das vagas! Até R$ 12 mil!

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (Concurso TRE-PE 2016) programa edital para até o fim deste ano! Fique por dentro de todos os detalhes desta excelente oportunidade!

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (Concurso TRE-PE 2016) abre concurso para técnicos e analistas! Veja a tradição de nomeações!

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (Concurso TRE-PE 2016) deverá fazer um bom número de contratações na seleção aberta para as carreiras de técnico e analista judiciário. Após sanção da Lei 13.150, o órgão poderá contratar novos servidores para a carreira. Por esse e por outros motivos, você que deseja uma oportunidade no TRE-PE não deve desanimar, persistindo nos estudos e obtendo a aprovação

Revendo o número de convocações do último concurso aberto pelo TRE-PE, fica evidente a grande necessidade de servidores e o número de chamadas excedentes. Aberto em 2011, o último concurso nomeou dez vezes mais que o número inicial de vagas para a carreira de Técnico Judiciário, e onze vezes a mais para a de Analista, número que representa de 50% a 100% o número de aprovados. Oferecendo 34 vagas em edital, o concurso de 2011 culminou com a convocação de mais de 324 aprovados, sendo a grande parte, 229, para o posto de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, que exige apenas o nível médio completo (veja na imagem ao lados todos os detalhes).tabela-TRE-PE (1)

Uma prova de que haverá nomeações além das vagas pode ser conferida no edital. Para se ter uma ideia, o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa contará com 300 candidatos classificados, que ficarão à disposição e poderão ser convocados durante o prazo de validade da seleção. O mesmo número será reservado para o cargo de Analista – Área  Judiciária e 200 para a área administrativa. Um bom sinal de que muitas nomeações serão realizadas pelo TRE-PE.

O concurso TRE-PE 2016 oferece oportunidades para os postos de Analista Judiciário – Área: Administrativa (1 vaga), Analista Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Contabilidade (CR), Analistas Judiciários – Área: Apoio Especializado – Especialidades: Análise de Sistemas (CR), Medicina – Medicina do Trabalho (CR), Analista Judiciário – Área: Judiciária (2 vagas), e Técnico Judiciário – Área: Administrativa (1 vaga).

Além da oferta de nomeações acima da média, quem ingressar no próximo concurso do TRE-PE terá motivos para comemorar e ainda mais para estudar. É que os novos servidores ingressarão no órgão já com um reajuste salarial. O aumento é escalonado em oito parcelas, sendo a primeira retroativa a 1º de janeiro e a última em 1º de julho de 2019. Com isso o técnico que hoje tem um inicial de R$ 5.365,92 passará a R$ 7.591,37 após o fim das parcelas. Já o analista passará de R$ 8.803,97 a R$ 12.455,30. Para o ano quem vem, quando devem iniciar os concursados, os valores estarão em R$ 6.160,75 para técnicos e R$ 10.108 para analistas.

Inscrições abertas

Os interessados poderão se inscrever até às 18h do dia 20 de outubro de 2016. Para tanto, deverão acessar o site do organizador, o Cebraspe (Cespe/UnB), e preencher o formulário. Para efetivar a inscrição, o candidato deverá efetuar a quitação da taxa, de R$ 60 (técnico) e R$ 75 (analista), por intermédio de Guia de Recolhimento da União (GRU), exclusivamente no Banco do Brasil.  O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 29 de novembro de 2016. 

A novidade para este concurso está nas provas objetivas, que não seguirão o padrão Cespe, sendo composta por 60 questões de múltipla escolha, com cinco opções (A, B ,C ,D, E) para todos os cargos. Haverá ainda aplicação de prova discursiva para as áreas de  analista.  As provas de técnico judiciário – área administrativa será composta pelas disciplinas de língua portuguesa, noções de informática, normas aplicáveis ao servidores públicos federais, noções de sustentabilidade, noções sobre direitos da pessoa com deficiência, além de direito administrativo, direito constitucional, direito eleitoral e administração pública.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 19 de março de 2017, no turno da manhã, e à tarde para nível médio, com duração de 4 horas.

O Concurso Público terá validade de 2 (dois) anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

Atribuições de alguns cargos e requisitos:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

  • Analista Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, exceto licenciatura curta, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades de nível superior relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Áreas especializadas, como a de Análise de Sistemas e outras, poderão ser contempladas no certame.

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições: executar atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Progressão

 O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de técnico e analista do TRE-PE terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão 1, conforme abaixo.

tre-pe-evolucao

Entendendo…

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de 13 anos, quando o servidor fará parte da Classe C – Padrão 13.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de uma ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Evolução remuneratória

Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente até R$ 12 mil, o servidor chega a classe especial com mais de R$ 19, conforme abaixo (valores atualizados conforme aumento concedido aos servidores do judiciário e que  valerão a partir de 2017).

judiciário-federal-aumento

Aos valores demonstrados, soma-se o auxílio-alimentação, que hoje é R$ 884, auxílio-saúde, atualmente de R$ 300, e auxílio-natalidade, de R$ 700.

Outra novidade é que técnicos judiciários com curso superior receberão 5% como adicional de qualificação. Atualmente, a Lei 11.416/06, que trata das carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, garante esse adicional só para servidores com mestrado, doutorado ou especialização.

Jornada de Trabalho: Os editais preveem 40 horas semanais, mas você pode trabalhar apenas 35h semanais se fizer 7h corridas, sem intervalo para o almoço. A definição do horário de entrada e saída é flexível, e varia conforme o setor de lotação.

Lotação: Os candidatos aprovados para os cargos de Analista Judiciário – Área Judiciária, de Analista Judiciário – Área Administrativa e de Técnico Judiciário – Área Administrativa serão lotados em quaisquer dos cartórios eleitorais do interior do Estado de Pernambuco em que haja disponibilidade de vagas, obedecendo rigorosamente a ordem de classificação no concurso público. Os candidatos aprovados para os demais cargos serão lotados na Secretaria do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

Concorrência

Sempre muito disputados, os concursos para técnicos e analistas do TRE atraem muitos candidatos. Lançado em setembro de 2011, a seleção contou, ao todo, com 58.036 candidatos inscritos, sendo 833 com deficiência. O cargo que teve maior procura foi o de técnico judiciário na área administrativa, com 39.692 inscritos. O posto de analista judiciário na especialidade medicina do trabalho registrou o menor número de inscrições: 86.


Detalhes:

  • Concurso: Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE)
  • Banca organizadora: Cespe/Unb
  • Cargos: Técnico Judiciário e Analista Judiciário
  • Escolaridade: nível médio e superior
  • Número de vagas: 4 + CR
  • Remuneração: até R$ 12 mil
  • Inscrições: de 26 de setembro a 20 de outubro de 2016
  • Taxa de inscrição: R$ 60,00 e R$ 75,00
  • Data da prova objetiva: 19 de março de 2017

edital

Gostou dessa oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e 26 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

assinatura-ilimitada-

garantia-de-satisfacao-30
Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:

CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial CHEGUEI-LÁ (7)
Willian Chimiti
Willian Chimiti
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Principais de Pernambuco

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo