Amanda Aires

Paulo Guedes e o fim dos concursos II: de novo?

Foto: Reprodução/ Arla Coqueiro

Olá, Gran alunos,

Tudo bem?

Mal passou o susto do primeiro pronunciamento do Paulo Guedes, eis que ele ataca novamente e quase mata você de susto, não foi?

Pois bem, vou evidenciar a você a razão por que essa afirmação não faz qualquer sentido.

Primeiro ponto: pouco tempo depois do pronunciamento do ministro, a PF e a PRF solicitaram novos concursos para 2020, o que sinaliza, claramente, que não existe essa de não ter concursos, não é isso?

Além disso, vamos aos fatos: mesmo diante do processo de digitalização que o governo vem passando, ainda existem muitas demandas por servidores. A prova disso é o INSS, que está com uma grande demanda de novos servidores – e que deverá aumentar com a Reforma da Previdência. Ou ainda o Banco Central. Sem concursos e com a inovação tecnológica no sistema bancário (alô, meu pessoal que está estudando para o BRB!), você acha mesmo que vamos ficar sem concursos? Claro que não!

 

E por que o Paulo Guedes está fazendo isso?

A batata do governo está assando rapidamente com a demora da aprovação da Reforma da Previdência, e o resultado vem sendo mostrado em todos os ambientes econômicos: é o PIB com recessão técnica (queda de 0,2% frente ao último trimestre), é desemprego que não cede, é uma desconfiança do mercado frente à real capacidade do governo de gerar ambiente econômico que promova a volta dos investimentos. Tudo isso junto faz com que o Paulo Guedes precise pressionar dizendo que não vamos ter concursos, por exemplo.

 

Isso é razão para eu me preocupar?

A resposta é: não. E te explico a razão. Mesmo que os concursos fossem suspensos por 1 ano, ainda assim eles serão abertos. Só que eu adiciono uma outra informação: os concursos exigem cada vez mais preparações com prazo maior. Então, mesmo que a gente tivesse edital aberto agora, você estaria realmente em ponto de bala para fazer a prova? Pensa comigo!

Finalmente, lembre-se de uma coisa: o raio de atuação do Paulo Guedes é no Executivo Federal. Então, segue o jogo com os concursos dos executivos locais, legislativo e judiciário.

Nada de desculpas, meu povo, seguimos nos estudos.

Gran abraço,

Mais artigos sobre o governo Bolsonaro:

Amanda Aires

Assessora de Economia do Governo do Estado de Pernambuco, autora de livros em economia. Comentarista de Economia da rádio CBN. Doutora em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco com extensão na Université Laval, Canadá. Mestra em Economia também pela UFPE com dissertação premiada no III Prêmio de Economia Bancária pela Federação Brasileira de Bancos. Economista pela UFPE, com extensão universitária na Universität Zürich, na Suíça.

 

 

 

WHATSAPP GCO: receba gratuitamente notícias de concursos! Clique AQUI!

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 920.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Para o Topo