Fiscais

Concurso Receita Federal: 5 mil vagas solicitadas ao Planejamento!

Concurso Receita Federal necessita de novo concurso! O déficit é de vagas para nível médio e superior!

Concurso Receita Federal necessita de novo concurso! O déficit é de vagas para nível médio e superior!

Novo concurso Receita Federal precisa ser realizado urgentemente! Órgão solicita 5 mil vagas!

A Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal) pretende realizar o seu aguardado concurso público para as carreiras de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo em breve. E o motivo é claro, segundo a Coordenação de Gestão de Pessoas do órgão, o déficit de servidores entre auditores, analistas e área administrativa está cada vez maior e a tendência é só crescer por conta das aposentadorias.

De acordo com informações do diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público (Deret), Paulo Campolina, que esteve presente na reunião entre o SindiReceita e gestores do Ministério do Planejamento, na última quinta-feira (20), o número de vagas na solicitação de autorização para o concurso aumentou. Anteriormente, o órgão havia solicitado 2.083 vagas e agora o número subiu para 5.000.  

O diretor informou que o pedido foi reajustado por conta do déficit de pessoal. Foram solicitadas 1.453 vagas para serem preenchidas emergencialmente no execício de 2018, e houve um acréscimo de 1.547 vagas, sendo agora, 3.000 vagas a nova solicitação para analista tributário. Para auditor-fiscal, a solicitação é de 2.000 vagas. No total são 5.000 vagas solicitadas que precisam de autorização urgente. 

O cenário apontado ultimamente em relação ao número de aposentadoria e nenhuma contratação nova de servidores, aumenta a necessidade de aprovação do pedido de criação do concurso Receita Federal enviado ao Ministério do Planejamento. A saída de auditores representa mais de 40% do número de vagas solicitadas, que são, minimamente, 700 auditores, 1.453 analistas, 904 assistente técnico administrativo e 257 analista técnico administrativo.

A solicitação do concurso Receita Federal no Ministério do Planejamento segue em análise e a expectativa é que o concurso seja autorizado em breve, porque o déficit de pessoal tem prejudicado as atividades do órgão. Segundo o SindiReceita, a situação na fiscalização das fronteiras está se tornando crítica por conta da falta de auditores-fiscais. É notável a situação tanto nas fronteiras terrestres, quanto em portos e aeroportos. O órgão tem sido pressionado pelo SindiReceita em razão da necessidade de um novo concurso para contratação de pessoal, e como resposta a isso, a Receita afirma estar cobrando do governo a autorização para o certame.

Segundo o último levantamento realizado em dezembro de 2017, detalhado abaixo, o estado no órgão está crítico e precisa ser realizado um concurso para provimento de pessoal o quanto antes.

COGEP demonstra necessidade de concurso Receita Federal.

COGEP demonstra necessidade de concurso Receita Federal.

Somado a isso, entre 500 e 600 servidores devem se aposentar no fim do ano, segundo o Diretor de Comunicação Social do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita (Sindifisco Nacional). Para ele, esse déficit irá resultar na perda de eficiência do órgão. “A cada ano temos que trabalhar com menos gente. E menos gente experiente. Então, fica cada vez mais difícil cumprir a nossa missão”.

O último concurso Receita Federal para auditor-fiscal foi realizado em 2014 e atualmente o cargo conta com déficit de mais de 10 mil profissionais. Já para analista tributário, a última seleção foi em 2012 e as posições vagas também são superior a 10 mil. Delarue prevê que o pedido de concurso da Receita possa ser aprovado no ano que vem.

Sem novas seleções, o combate à sonegação, principal missão do órgão, e a economia do país, de um modo geral, seriam impactos de forma negativa, como avaliou o sindicalista. “Quando o sonegador em potencial percebe que diminuiu o risco de sonegar, ele tende a sonegar mais. E isso reflete na arrecadação e, consequentemente, na disponibilidade de recursos do governo para investir. Tem todo um efeito na economia”, explicou.

Alerta do TCU sobre a falta de pessoal e necessidade do concurso Receita Federal

O Tribunal de Contas da União (TCU) alertou para a urgência de um novo concurso Receita Federal, em vista do déficit de 17.126 servidores, que contribuiu para a queda da arrecadação no país. “As evidências mostram que não está bem dimensionada a força de trabalho, em virtude da dificuldade para mapear os processos de trabalho, da redução constante do número de servidores, da falta de gestão plena sobre cargos administrativos, entre outras razões”, alertou o tribunal.

O TCU ainda avaliou que o cenário contribuiu para diminuir a capacidade operacional da Receita, arrecadando menos impostos, e apontou que existem 17,5 mil auditores e analistas desempenhando funções administrativas, o que aumenta o custo das atividades pois os salários são maiores do que os das funções administrativas.

O relatório do Tribunal de Contas da União ainda aponta que o governo perdeu pelo menos R$ 1,587 bilhão em dívida ativa tributária por falta de servidores na Receita e que o órgão deve aprimorar o planejamento da força de trabalho. “O impacto do quantitativo inadequado também foi classificado como alto, pois a falta de pessoal pode comprometer significativamente o alcance dos resultados organizacionais”, diz o texto.

A análise também acrescenta que reivindicações por reajustes salariais e reestruturação de carreiras, aliados à falta de pessoas, comprometeram o desempenho da Receita. O TCU ainda recomenda que o documento seja enviado à Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, órgão responsável pela autorização de concursos. 

Sobre o pedido de concurso Receita Federal

O pedido de concursos do Ministério da Fazenda já está no Ministério do Planejamento. A solicitação, que visa a realização de concursos para o preenchimento de vagas nas carreiras fazendárias, como informa o processo, foi cadastrado no Planejamento no final de junho.

O pedido do concurso Receita Federal é para nada menos que 2.083 vagas, sendo 630 para Auditor-fiscal e 1.453 de Analista tributário. Para a função de Assistente técnico administrativo, de nível médio, são pedidas 904 chances, que deverão ter, entre outras lotações, a RFB.

Pedido do concurso Receita Federal em análise do Planejamento!

Pedido de Concurso Receita Federal em análise do Planejamento!

A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pelo órgão para a recuperação econômica do país.

De acordo com Carlos Roberto da Silva, Representante Regional do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda) no Rio de Janeiro, esse pedido deveria conter um número maior de vagas, levando em consideração que o trabalho já está sendo prejudicado e que até 2019 espera-se uma defasagem de mais de 4.000 servidores administrativos no órgão.

Dos 4.300 servidores administrativos, 90% já estão em abono de permanência, podendo deixar o órgão em 2019, quando a gratificação chegar a 100%. E não só os servidores da Receita, mas os demais órgãos pertencentes ao Pecfaz também. Vai haver uma debandagem muito grande. 

500 dicas sobre a prova do concurso Receita Federal

O concurso Receita Federal será grande e extremamente importante para diversos concurseiros que almejam um cargo público de nível federal. Pensando nisso, o Gran Cursos Online preparou uma série de dicas para facilitar os estudos de qualquer candidato.

Enquanto o edital Receita Federal ainda não é publicado, o concurseiro já deve começar seus estudos e ver todas as dicas que profissionais qualificados podem dar.

Na série de 500 dicas, Liziane Meira mostra a tradição de nomeação do concurso a cada concurso, explica a locação dos aprovados entre outros; já Cládio Zorzo fornece dicas sobre a função, objetivo, objeto da contabilidade, além de passar pelo conceito de conta, essencial para qualquer estudo na disciplina; já Thalis Andrade explica pontos importantes de comércio internacional, assunto presente na prova de auditor fiscal da Receita Federal; Gustavo Scatolino começa sua série de dicas explorando a teoria venire contra factum proprium, que, segundo o professor, se trata da proibição de comportamentos contraditórios; Paula Gonçalves faz do direito tributário um assunto fácil de lidar; enquanto Rodrigo Cardoso tem como pontapé de suas  aulas da série o tema do regime jurídico administrativo.

Veja abaixo a primeira dica e a lista de disciplinas abordadas:

Aqui, a lista completa de matérias do concurso Receita Federal abordadas pelos nossos professores:

Dicas de estudo e análise do concurso Receita Federal

Veja abaixo o professor Vilson Cortez e a professora Liziane Meira, servidora da Receita Federal desde 1992, apresentando dicas de estudo para o concurso Receita Federal.

“O concurso da Receita Federal é o carro-chefe dos concurso da área fiscal”, explica Vilson. “Entre o edital e a prova há pouco tempo para preparo, é necessário se preparar antes”, complementa.

“Há matérias, como legislação tributária e legislação aduaneira, que são específicas da Receita Federal. Elas pedem um tempo maior de estudo e revisão”, assinala Liziane. Segundo a professora, tanto a carreira de auditor como de analista são interessantes. O analista acaba entendendo como funciona o órgão e se prepara para uma futura oportunidade de auditor.

Prepare-se para o concurso Receita Federal e dê o play!

Concurso Receita Federal: previsão da LDO 

Abaixo, a previsão da LDO sobre a possibilidade de realização do concurso Receita Federal.

PLDO de 2017 com a previsão de custos ao Concurso Receita Federal.

LDO de 2017 com a previsão de custos ao Concurso Receita Federal.

Déficit do concurso Receita Federal

A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pela órgão para a recuperação econômica do país.

A falta de servidores já foi inclusive constatada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em auditoria realizada nas fronteiras. Atualmente, há um quadro com 10.500 auditores, mas, desde 2002, a Receita registra média de 600 aposentadorias por ano na carreira de auditor.

Entre 2009 e 2014, 3.246 servidores deixaram de trabalhar no órgão e, por meio de concurso, entraram somente 1.204, ou seja, déficit de 2.042 auditores apenas no período citado.

Requisitos do concurso Receita Federal

Para o concurso Receita Federal qualquer formação superior é exigida para analista e auditor. Nos dois casos, as contratações são pelo regime estatutário, que prevê estabilidade. 

Já a função de assistente técnico-administrativo (ATA) exige o nível médio completo.

Concurso Receita Federal: Veja detalhes dos cargos e atuação

No vídeo abaixo, a professora Liziane Meira explica os detalhes da carreira na Receita Federal e dá dicas para você passar no concurso Receita Federal!

Segundo a professora, dentro das matérias que compõem os estudos de um auditor, “ter gosto em matemática, ter certa facilidade com contabilidade, que são matérias que compõem o que será utilizado ao longo da carreira”.

Para a professora, é necessário elevar os estudos nas matérias específicas. “Com tempo e com tranquilidade, é necessário estudar e revisar os estudos. O concurso exige tempo, mas não não é um edital que destoa dos demais”, afirma a professora.

“Muitos vão para fiscalização na zona primária, ou seja, trabalhar em portos, aeroportos e nas fronteiras secas. Este é um trabalho que exige atenção e, muitas vezes, regime de plantão”, diz Liziane sobre as primeiras funções dos aprovados no concurso.

Clique abaixo e veja o vídeo!

Dia a dia na Receita Federal: saiba TUDO

No vídeo abaixo, Karine Waldrich explica seu dia a dia após ser aprovada no concurso Receita Federal.

Karine foi aprovada em 2010 e explica que apesar das dificuldades relacionadas ao dinheiro, a descrença em relação à idoneidade do concurso e também em relação à própria vida profissional, que parece estar parada enquanto se estuda para a prova, apesar de tudo isso, estava motivada no resultado final de ser aprovada.

Último concurso Receita Federal

Para auditor, a última seleção do concurso Receita Federal também foi feita em 2014.

Disciplinas do concurso Receita Federal

  1. Língua Portuguesa
  2. Espanhol ou Inglês
  3. Raciocínio Lógico-Quantitativo
  4. Administração Geral e Pública
  5. Direito Constitucional
  6. Direito Administrativo
  7. Direito Tributário
  8. Auditoria
  9. Contabilidade Geral e Avançada
  10. Legislação Tributária e Comércio Internacional
  11. Legislação Aduaneira

Em todo o país, houve 68.550 inscritos para 278 vagas (247 candidatos por vaga).

Já para analista, o último concurso foi em 2012.

Disciplinas do concurso Receita Federal

  1. Língua Português
  2. Espanhol ou Inglês
  3. Raciocínio Lógico-Quantitativo
  4. Direito Constitucional e Administrativo
  5. Administração Geral
  6. Direito Tributário
  7. Contabilidade Geral
  8. Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário
  9. Contabilidade Geral
  10. Informática (área de Informática).

Foram registrados 93.692 inscritos para 750 vagas (média de 125 por vaga).

Tradição de nomeação do concurso Receita Federal

Revendo o número de convocações dos últimos concursos Receita Federal, fica evidente a grande necessidade de auditores e o número de chamadas excedentes em todas as seleções que são abertas. Desde 2009 a receita nomeia sempre  de 50% a 100% o número de aprovados em seus certames.

Oferecendo 450 vagas em edital, o concurso receita federal de 2009 culminou com nomeação de mais de 700 aprovados, sendo o primeiro a ter provas discursivas e o primeiro a chamar candidatos além das vagas iniciais.

Em 2012, com um nível de dificuldade maior que o do último aberto, das 200 vagas ofertadas e um total de 252 aprovados, todos foram chamados e não houve convocação de excedentes, pois o número de candidatos que fizeram o mínimo não chegava ao quantitativo de 50%, o que foi positivo, pois todos foram nomeados de uma vez.

Em  2014, eram 278 vagas em edital e foram nomeados 100% dos excedentes, ou seja, mais de 560 oportunidades.

Remunerações do concurso Receita Federal

Os valores do concurso Receita Federal são os seguintes: os iniciais para analista corresponderão a R$ 11.639,24 em 2018 e a R$ 12.142,39 em 2019. No caso do auditor, serão de R$ 20.123,53 em 2018 e de R$ 21.029,09 em 2019. Levando em consideração que o concurso ocorrerá somente no ano que vem.

Havia expectativa de incorporação do bônus eficiência, que fariam com que o menor valor fosse de 24 mil, porém isso foi retirado após aprovação no congresso. Agora, o mesmo necessitará de regulamentação (lei própria definirá os parâmetros), porém, até tal ato, o valor será de R$ 3 mil para auditor e R$ 1,8 para analista.

Sendo assim, o teto da carreira de Auditor-Fiscal será de R$ 27.303,62 em 2019 (que, somado aos 3.000 reais de bônus, ultrapassa R$ 30.000,00). E o teto da carreira de Analista-Tributário será de R$ 16,627,05 em 2019 (que, somado aos 1.800 reais de bônus, chega a quase R$18.500,00).

Aos valores soma-se, ainda,  auxílio-alimentação no valor de R$ 458, além de auxílio-saúde de até R$ 124 (por pessoa) e benefício pré-escolar, que hoje é de R$ 321.

Detalhes concurso Receita Federal:

  • Concurso: Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal)
  • Banca organizadora
  • Cargos: Auditor-Fiscal; Analista-Tributário; área administrativa
  • Escolaridade: Nível médio e superior 
  • Número de vagas: 5.000 solicitadas
  • Remuneração: Inicial de R$ 12 mil
  • Situação: Previsto
  • Previsão de publicação do edital: 2018
  • Link do último edital: Auditor Analista

Gostou dessa oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e anos de experiência em concursos públicos. Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

Matricule-se!

Cheguei Lá

82 Comentários

82 Comentários

  1. Pâmela Tayne

    28/11/2016 18:43 em 18:43

    Qual o salário básico do assistente técnico administrativo?

    • João Neves

      26/03/2017 21:07 em 21:07

      3400,00

  2. Aline

    19/12/2016 15:40 em 15:40

    Desculpe minha ignorância. Mas onde ficam lotados os profissionais que passarem no concurso da receita federal? É em Brasília?

    • Rodrigo Vieira

      10/01/2017 11:50 em 11:50

      Não. Os aprovados ocuparam os cargos nas unidades das Receitas Federais espalhadas pelo Brasil ou como um amigo meu, em órgãos da justiça federal (ao depender da necessidade do tribunal).

    • João Neves

      26/03/2017 21:08 em 21:08

      Na casa do caralho!!!

  3. Para Trás: Concursos Federais 2017: LOA é sancionada pelo governo e prevê mais de 80 mil vagas!

  4. Para Trás: Concursos Fiscais e Tribunais de Contas 2017: confira as oportunidades!

  5. Juliana Ribeiro Martins

    02/01/2017 09:41 em 09:41

    Qual o valor do salario de assistente tecnico administrativo?????

  6. Para Trás: Concursos Centro-Oeste 2017: Confira as oportunidades que vão movimentar a região!

  7. Lilian Teixeira

    05/01/2017 01:45 em 01:45

    Gostaria de saber se para o cargo de assistente técnico administrativo será distribuídas vagas pela lei de cotas, no meu caso sou deficiente auditiva,cursando o 1° ano de contabilidade
    Obrigada

  8. Ivanilde Fiorini Gualassi

    10/01/2017 14:45 em 14:45

    Boa tarde,

    Gostaria de prestar concurso para assistente administrativo, sou aposentada, tenho nível superior e 53 anos. Existe alguma restrição com idade?

    • Julio

      20/03/2018 12:35 em 12:35

      No seu caso não, segundo a lei 8112 o aposentado pode acumular sua aposentadoria com cargo público

  9. Para Trás: Concursos Sudeste 2017: Confira as oportunidades que vão movimentar a região!

  10. Denise

    12/01/2017 09:46 em 09:46

    Bom dia gostaria de saber se já tem alguma informação precisa sobre o concurso público para receita federal 2017 cargo Assistente Técnico Administrativo e de quando sairá o edital

    • João Neves

      26/03/2017 21:13 em 21:13

      Vai pesquisar sua inútil!

      • sidney

        24/07/2017 22:32 em 22:32

        vai tomar no cú!otario!

      • ooloko

        27/07/2017 19:21 em 19:21

        filho da puta vai te fuder ..

        • Carlos

          09/09/2018 22:36 em 22:36

          nossa, esse é o nivel de quem vai prestar o concurso? atras do pc todo mundo e homem ne

  11. Valdir Filho

    14/01/2017 11:53 em 11:53

    Mais uma vez, o Estado mostra a sua incompetência. Qualquer graduação superior? Tá de brincadeira! Vai colocar dentista, cirurgião, historiador, entre outros para ser auditor tributário. Por quê não coloca um tecnólogo qualquer para ser juiz então?

    • fabiano

      30/01/2017 14:47 em 14:47

      Vc quer reserva de mercado!

    • Igor Chagas Rodrigues Silva

      01/02/2017 16:01 em 16:01

      Estude e passe na prova. Se o contador não tiver capacidade e o dentista tiver, coloca o dentista, se mostrou melhor preparado do que o contador.

      • juca

        20/02/2017 18:31 em 18:31

        é a verdadeira meritocracia amigo

      • João Neves

        26/03/2017 21:12 em 21:12

        Tenta ser comido por um viado se ele for melhor que uma mulher se mostrou melhor,ai voce vira gayzão seu cuzão!! Tem que ter graduação em Administração,Ciências Contábeis ou Economia,areas co-relacionadas,aí a pessoa tem que mostrar que sabe no papel!! Dentista que vá cuidar de dente,não fode seu bosta!!!

        • Alessandro

          10/04/2017 09:03 em 09:03

          Só para exemplificar uma das várias utilidades que um dentista tem na RFB: todo produto importado ou exportado é classificado no código NCM (nomenclatura comum do Mercosul), esse código é que determina o valor da alíquota entre outras coisas. O Brasil é grande importador e exportador de produtos odontológicos e quem fiscaliza isso é a RFB. Um dentista teria o conhecimento ideal para fiscalizar a correção dessa classificação.

        • vandson souza do amaral

          30/05/2017 13:18 em 13:18

          joao neves , vc fala muita bosta mesmo!

    • Alessandro

      10/04/2017 08:22 em 08:22

      A Receita Federal tem reconhecidamente um dos quadros de funcionários mais bem capacitados do Serviço Público Brasileiro, e isso se deve em boa parte a essa diversidade de formações acadêmicas e à expertise em aproveitá-los, tirando proveito dos talentos inatos de cada servidor. A atuação do órgão é muito mais abrangente do que a maioria do público imagina. Quando de fala em RFB, as pessoas associam a Imposto de Renda, mas eles são infinitamente mais que isso, e sua atuação passeia por inúmeras áreas do conhecimento. Afora isso, a prova para Auditor contempla em torno de 20 matérias diferentes, cobradas profundamente e o candidato deve atingir nota mínima em todas. Ou seja, a RFB precisa e faz questão de um servidor multidisciplinar e ao mesmo tempo especialista em alguma área do conhecimento.

      • Solange

        20/10/2017 11:39 em 11:39

        Alessandro,muito obrigada pelos esclarecimento. Nada como falar c uma pessoa educada e esclarecida.

    • Alessandro

      10/04/2017 08:47 em 08:47

      Inicialmente um “tecnólogo qualquer” nunca passaria na prova escrita para juíz, pois o conhecimento jurídico deve ver muito profundo, além disso, na prova oral o candidato deve demonstrar seus conhecimentos. Há ainda a necessidade de, no mínimo, 3 anos anos de atividade jurídica, coisa que um tecnólogo qualquer obviamente não terá.

      • Ricardo Durval

        10/03/2018 20:54 em 20:54

        Mas ainda não tem Tecnólogo em Direito fih nas faculdades, para que ele possa fazer a prova escrita para juiz. E se tivesse, qual o impedimento dele conseguir passar na prova? Não estaria estudando igual o bacharel em Direito? Vc ta viajando? Que comparação mais esdruxula!!

    • BEATRIZ

      20/04/2017 04:13 em 04:13

      PERDOE-ME TALVEZ VC SEJA DA ÁREA DE DIREITO, EU ACHO QUE ESTAMOS NA ERA
      DA EQUIDADE, QUE VENÇA O MELHOR!

    • Rafael

      23/06/2017 16:24 em 16:24

      É óbvio que tem que ser pra qualquer nível superior. A atividade de fiscalização e auditoria dá pra aprender no cotidiano com os colegas de trabalho, enquanto o concurso vai selecionar os mais capacitados, independente da formação. Na verdade, o ambiente multidisciplinar só enriquece o órgão. Se fosse assim, o Instituto Rio Branco deveria ser fechado pra quem é formado em Relações Internacionais.

    • Ricardo Durval

      10/03/2018 20:40 em 20:40

      Seu viado! Deixa de ser preconceituoso seu egoista. Se o cidadão obteve sua graduação ele já passou por diversas fases da vida escolar. E se passou na prova é porque de fato provou que sabe e domina o assunto. O que não pode seria nivel fundamental. Sua anta!! Deixa de ser frustrado cara!! Tu ta ai tentando a vida toda passar e nã oconsegue!! Eu vou tomar sua vaga mais uma vez e vc vai morrer de raiva!! E outra coisa: Sou tecnologo em gestão de RH e ainda fiz o curso totalmente on-line só pra te matar mais ainda de raiva seu bacharelzinho frustrado!!!

  12. Etevaldo Evangelista Lima

    18/01/2017 15:43 em 15:43

    Boa tarde gostaria saber quais as matéria para o concurso de Assistente Técnico Administrativo.Etevaldo de Teresina-pi.

  13. Aparecido alves da Silva

    25/01/2017 17:01 em 17:01

    e quando abre vaga para o concurso?

  14. Jheniffer Almeida

    31/01/2017 12:43 em 12:43

    Prezado,
    Bom dia!
    Gostaria de saber se haverá vagas para assistente?
    Estou estudando e fiquei em duvida agora.

    • João Neves

      26/03/2017 21:13 em 21:13

      Vai haver vaga para garçonete!!! está afim?

      • Supremo!!

        02/08/2017 10:38 em 10:38

        O João Neves fala tanta bosta que quando pensamos que vai sair algo que preste, ele se supera novamente! Ei João Neves tu tem problema man, deve ter sido abusado por um viado na infância ou ta chupando piroca direto pra vim aqui em um negócio sério e falar tanta bosta. Se não gostou, dá um bejinho na minha piroca que tu te acalma rapinho seu viadinho chupador de rolaaa!

        • ANA

          11/01/2018 23:27 em 23:27

          Amigo, que tenha um zilhão de gente como esse supracitado, assim vaga garantida as pessoas educadas e competentes.Passar na verdade é um dos menores esforços.Se manter é que é fundamental, não é por que passou que permanecerá.

  15. Jheniffer Almeida

    31/01/2017 12:44 em 12:44

    Prezado,
    Bom dia!
    Gostaria de saber se haverá vagas para assistente?
    Estou estudando e fiquei em duvida agora.

    Desde já , muito obrigado!

  16. Kamila

    11/02/2017 23:39 em 23:39

    boa noite peço mais informações da vaga de assistente.
    desde já obrigada !

  17. Maiara

    14/02/2017 15:14 em 15:14

    Boa tarde , gostaria da previsão para o concurso de assistente técnico administrativo

    Obrigado !

  18. goes

    16/02/2017 16:43 em 16:43

    ola boa tarde gostaria de saber quanto esta a apostila para Assistente tecnico administrativo para ensino Medio da Receita Federal.

  19. Horismar

    16/02/2017 22:11 em 22:11

    quando começa a inscrição?

    • CELIABORTOLOSSI@HOTMAIL.COM

      17/02/2017 12:55 em 12:55

      OLA TUDO BEM ,GOSTARIA DE SABER QUANDO COMEÇA A INCRIÇAO E SE TEM VAGAS PRA DEFICIENTE
      GOSTARIA DE SABER QUANTO ESTA O VALOR DA APOSTILA PARA ASSISTENTE TECNICO ADMINISTRATIVOPARA ENSINO MEDIO

  20. adriana de lima de oliveira

    20/02/2017 13:42 em 13:42

    em qual site eu faço minha inscrição para o concurso da Receita?

  21. Junior Oliveira

    23/02/2017 13:31 em 13:31

    Quando Sairá o edital?

  22. Hemerson Souza

    29/03/2017 11:54 em 11:54

    Quando começa as inscrições para o concurso de auditor fiscal ?

  23. Letícia Lopes

    03/04/2017 10:43 em 10:43

    Olá, vocês poderiam me explicar detalhadamente a diferença entre o Auditor-Analista , Analista-Tributário e Técnico Administrativo ? Pois tenho 20 anos e terminei o ensino médio…Ainda não terminei a faculdade mas pretendo fazer…Só não sei qual deles é o de Nível médio…Se puderem me explicar ficarei grata!

    • Marco

      14/06/2017 08:53 em 08:53

      Leticia,

      Auditor e Analista tributários são cargos pertencentes ao quadro da RFB, com competências distintas, mas ambos requerem formação superior.

      Analista e técnico administrativos são cargos pertencentes ao quadro do Ministério da Fazenda, que podem atuar na RFB. Para o cargo de analista é necessário possuir curso superior, para o cargo de técnico, somente ensino médio. Bons estudos!!

  24. fernanda

    11/04/2017 21:20 em 21:20

    gostaria de saber data de inscrição e local e assunto das materias

  25. Patrícia

    18/04/2017 17:14 em 17:14

    “Em 2014, eram 278 vagas em edital e foram nomeados 100% dos excedentes, ou seja, mais de 560 oportunidades.”

    Fui excedente e, no meu estado, não foi chamado nenhum a mais. Inclusive, o edital não foi prorrogado e descartaram os aprovados excedentes do certame.

  26. Lírio

    29/04/2017 13:52 em 13:52

    O que significa curso superior,em graduação?Acabei de ler isso no edital,gostaria de saber se alguém com curso tecnólogo pode participar do concurso para auditor.

    • José

      11/05/2017 10:50 em 10:50

      Para efeitos de concurso tecnólogo se equivale a curso superior.

    • Ricardo Durval

      10/03/2018 20:49 em 20:49

      Sim, pode participar. Se o edital não especificar que tipo de graduação se refere, o tecnólogo pode sim concorrer as vargas para nivel superior. Tecnólogo é uma graduação de média duração, em relação ao bacharel que forma o aluno em determinada área do conhecimento. Apenas não recebe o nome de Bacharel. Mas se o Edital especificar que tem que ser Bacharel em qualquer curso superior, ai o tecnologo tá fora dessas vagas. Na pior das hipóteses vc pode fazer para técnico e uma vez lá dentro com o seu diploma de tecnólogo vc pode requisitar gratificação.

  27. Luiz Otávio Soares Gondim Borges

    11/05/2017 19:58 em 19:58

    Eu quero saber que dia vai comecar o concurso público

  28. Andrea

    17/05/2017 18:05 em 18:05

    As inscrições vão abrir quando ?

    • Futuro Fiscal de alguma coisa

      10/06/2017 02:42 em 02:42

      inscrições??? se nem autorizado ta… calma, ha um protocolo: 1º pedido para o MPOG (ok), 2º autorização (nada), 3º verba destinada ao concurso (nada), 4° edital (nada)…. se tiver do ATA ou outro do ministerio da fazenda vai bombar gente de todo pais pra fazer pq estamos numa seca de concursos

  29. EDMAR

    18/05/2017 16:17 em 16:17

    PREVISÃO DE DATA PARA INICIO OU TERMINO DE INSCRIÇÃO? RF

  30. Nannaxara

    23/05/2017 14:00 em 14:00

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se realmente havera vagas para Assistente… e quais disciplinas.

    Obrigada!

  31. henrique

    29/05/2017 17:14 em 17:14

    quando vai abrir o edital e data das provas?

  32. Rafael Santos

    30/05/2017 12:52 em 12:52

    Em um outro portal de notícias de concursos, a informação é de que o pedido protocolado no Ministério do Planejamento NÃO contempla as carreiras de Analista-Tributário e Auditor-Fiscal. Vocês, que estão em Brasília, têm a confirmação dessa informação

  33. MARCELO DANIEL

    09/06/2017 13:44 em 13:44

    Pelo que sei o pedido era pra ATA e ANALISTA TECNICO DO Ministerio da Fazenda.
    E isso nao é Receita Federal.

    Caso tenham o anexo do pedido com as vagas para cada carreira divulgar

  34. morena

    11/06/2017 15:51 em 15:51

    quero saber mais

  35. Helo

    21/06/2017 22:25 em 22:25

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se realmente havera vagas para Assistente… e quais disciplinas.
    Obrigada!

  36. Wemerson

    07/07/2017 11:56 em 11:56

    É possível se inscrever e fazer as provas tanto para Analista quanto para Auditor?

    Obrigado!

  37. davids stenkenberg

    08/07/2017 15:08 em 15:08

    O governo permite candidatar a vaga de analista e auditor qualquer pessoa com ensino superior, e o motivo e que se fosse apenas para contador e advogado a mão de obra não seria de boa qualidade, se vc fpr perceber a maioria que passa tem outra formação, principalmente engenheiros, medicos etc..

  38. Pedro

    12/07/2017 16:35 em 16:35

    Prepara-se com o Gran Curso
    e Além disso, com Preparo Concursos
    https://www.preparoconcursos.com.br/ 🙂

  39. Fer

    17/07/2017 10:43 em 10:43

    Esse cargo existe nas RFs do interior de SP?

    • Andrea

      20/08/2017 19:26 em 19:26

      Acho que só esperando o edital sair pra ter certeza dos locais de atuação…

  40. thais magalhaes

    30/08/2017 10:55 em 10:55

    Bom dia!
    esse concurso tem direito cotas de deficiente?

    atenciosamente

    Thais Magalhães

  41. Monstrão

    13/10/2017 10:53 em 10:53

    O João Neves, pode ser “meio” ignorante, mas é cada pergunta estúpida que ele deveria responder a todos aqui! huahauahuahuahuhauah

  42. FELIPEK

    08/11/2017 11:28 em 11:28

    A autorização deve sair no início de 2018 e edital possivelmente em março com provas em maio de 2018. Não serão muitas vagas e o concurso será rápido pois precisa homologar até o final do primeiro semestre haja vista haver eleições no segundo semestre. Essa é a informação que me foi passada pelo Min. Planejamento.

    • Pedro Gremista

      08/11/2017 14:13 em 14:13

      Excelente informação!

    • Peninha69

      08/11/2017 14:24 em 14:24

      Grande FELIPEK! Valeu sabe demais!

  43. João Neves

    08/11/2017 14:11 em 14:11

    É cada anta que aparece! Nunca vão passar em concurso. Não sabem nada! Leia e se informem antes de fazerem m monte de pergunta básica e besta. Querem tudo respondidinho pronto. Vão estudar! Tem que ter um mínimo de inteligência e vontade de ir atrás das informações. Não fiquem perguntando qualquer coisa, procurem as informações. Gente preguiçosa não chega nunca a lugar algum.

    • Leoros

      08/11/2017 14:16 em 14:16

      Valeu João! Tolerância zero mesmo! Esses molóides não pesquisam nada querem tudo pronto em cima da mão.

  44. Bamby_colorado

    08/11/2017 14:21 em 14:21

    Sou COLORADO e sou GAY…… posso fazer a prova com caneta vermelha?

  45. Wyllys

    19/12/2017 02:23 em 02:23

    Olá eu queria saber. Assistente técnico que foi citado acima é o mesmo que o ata – mf ? já que o receita federal é um orgão do mf então pensei que fosse a mesma coisa. será que é? ou é engano meu? ata mf é uma coisa e assistente técnico da receita é outro? (mf = ministério da fazenda)

  46. RAPHAEL

    03/01/2018 20:57 em 20:57

    TERÁ NÍVEL MÉDIO RJ ?

  47. Jéssica

    04/01/2018 00:26 em 00:26

    Oi pessoal tudo bem ?

    Aqui que fala é a Jessica, sou concurseira profissional, gostaria que vocês conhecessem o método de leitura que utilizei para passar em 2 concursos federais e 1 estadual, estou aguardando chamar. Conheça o método que falei aqui: http://bit.ly/MedotoLeituraEstrategica

  48. Alisson Nunes

    15/06/2018 00:04 em 00:04

    Olá eu tenho uma dúvida. Estou pensando em fazer um curso de tecnologia em gestão pública com carga horária de 1928 horas-aula para prestar concurso de Auditor Fiscal da Receita Federal. Essa carga horária está dentro dos requisitos exigidos?

  49. carla

    13/08/2018 21:25 em 21:25

    Olá, gostaria de saber quantos foram aprovados no ultimo concurso estudando com vocês?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para o Topo