Concurso Receita Federal: 3.360 vagas solicitadas! VEJA

Concurso Receita Federal: autorização aguardada pelo Ministério da Economia com vagas para diversos cargos!

O concurso público para a Receita Federal do Brasil é um dos mais aguardados pelos concurseiros que têm interesse na carreira fiscal (concurso Receita Federal). São muitos os atrativos: possibilidade de trabalhar em qualquer região do país, alta remuneração e demais benefícios.

Em 2020, a RFB fez pedido para a realização de um novo concurso, isso dentro do prazo de solicitação e segue com grandes possibilidades de aprovação para o orçamento de 2021. Foram 3.360 vagas pedidas ao Ministério da Economia. As oportunidades serão para provimento nas carreiras fim e meio da RFB, sendo de níveis médio e superior. (Clique aqui e saiba mais)

Sem concurso há cinco anos, o órgão aguarda ainda pela análise do pedido e sofre com a escassez de servidores por todo o país. Atualmente, existe o déficit de 22.467 profissionais. Com isso, a atuação de organizações criminosas aumenta em todo o território nacional.

Em exercício, os vencimentos iniciais são de R$ 11.684,39 e R$ 21.029,09, para Analista-Tributário e Auditor-Fiscal, respectivamente.

O Gran Cursos Online está acompanhando as atualizações sobre o concurso da Receita Federal. No momento, a Receita Federal está em fase de estudos de viabilidade de uma possível reestruturação interna. Com a mudança, das 10 (dez) regiões fiscais hoje existentes, o órgão contará apenas com a metade, ou seja, 5 (cinco) regiões.

Navegue pelo índice abaixo com as informações sobre o andamento e detalhes do último edital:

Concurso Receita Federal

Concurso Receita Federal: situação atual

STF JULGA ADI SOBRE UNIFICAÇÃO DOS CARGOS

Por meio de decisão divulgada na edição do dia 25 de maio de 2020, no Diário Oficial da União, o Supremo Tribunal Federal – STF deliberou que os cargos de Analista Tributário e Auditor – Fiscal da Receita Federal são carreiras distintas, mas pertencem a área/carreira Tributária e Aduaneira da RFB. Anteriormente, o SINDIRECEITA havia pedido, por meio de ADI, a unificação dos cargos, o Supremo determinou que não fosse feito por se tratar de ocupações de atribuições distintas.

Saiba aqui todos os detalhes da decisão

PORTARIA AUTORIZA REVERSÃO

O órgão irá repor o quadro de pessoal com os próprios servidores inativos. A autorização foi publicada como portaria no Diário Oficial da União, no dia 22 de janeiro de 2020. Na ocasião foram reservadas 100 vagas para a reversão em 2020: 50 para Auditor-Fiscal e 50 para Analista-Tributário.

Confira na imagem abaixo:

Reversão de servidores inativos para trabalho na RFB.

Reversão de servidores inativos para trabalho na RFB.

Vale informar que essa é uma medida legal e que acontece quase sempre em todos os anos. O que não dispensa, claro, a realização de um novo concurso Receita Federal.

Volte ao topo

REESTRUTURAÇÃO INTERNA

No ano de 2020 será iniciado um projeto com uma análise mais aprofundada em relação à estrutura administrativa da Receita Federal, essas informações foram dadas pelo coordenador-geral de Planejamento, Organização e Avaliação Institucional da Receita Federal, Jaime David, em evento que ocorreu na segunda quinzena de dezembro de 2019. Todo o processo irá contemplar a participação dos servidores do órgão.

Receita Federal: reestruturação interna – clique AQUI e saiba mais

SINDICATO COBRA POR NOVO CONCURSO

No início de dezembro de 2019, a presidência do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil se reuniram com representantes do Ministério da Economia para discutir sobre o déficit de pessoal, atuação e a possibilidade de abertura de um novo certame para a RFB.

“O concurso é fundamental. Até porque a última seleção foi em 2014, e 1.500 Auditores estão lotados na área aduaneira, muitos em fronteiras sem a menor expectativa de ir para outra localidade”, argumentou Kleber Cabral, presidente do sindicato da categoria, durante o encontro.

Volte ao topo

Concurso Receita Federal: remuneração e benefícios

Conforme a legislação específica do pessoal da carreira tributária e aduaneira da RFB, os vencimentos básicos para os cargos são de:

  • Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil
    Inicial: R$ 21.029,09
    Topo da carreira: R$ 27.303,62

 

  • Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil
    Inicial: R$ 11.684,39
    Topo da carreira: R$ 16.276,05

Além do vencimento correspondente ao padrão e classe que o profissional se encontra é pago também um Bônus de Eficiência que varia entre R$ 1.500,00 e R$ 3.000,00 para os Auditores e Analistas.

*As informações podem ser encontradas na Lei nº 13.464, de 10 de julho de 2017.

Aos valores soma-se, ainda: Auxílio-Alimentação, Auxílio-Saúde, Benefício Pré-Escolar.

Concurso Receita Federal: cargos e vagas

Em 2020, o órgão solicitou 3.360 vagas dentro do prazo para que o concurso seja incluído no orçamento para ser realizado em 2021.

Carreira Tributária e Aduaneira

  • Auditor-Fiscal – 550 vagas
  • Analista-Tributário – 1.500 vagas

Cargos específicos

  • Arquiteto – 4 vagas
  • Engenheiro – 16 vagas
  • Contador – 20 vagas

Plano Especial de Cargos do Ministério da Fazenda (PECFAZ)

  • Analista Técnico Administrativo (ATA-NS) – 270 vagas
  • Assistente Técnico Administrativo (ATA-NI) – 1.000 vagas

Concurso Receita Federal – Clique AQUI e veja detalhes do pedido de certame

Volte ao topo

Cargos vagos Receita Federal

Atualmente, o quadro efetivo de pessoal da Receita Federal possui 2.267 profissionais atuando na Administração Aduaneira. Um número baixo, considerando a atividade que realizam e a atuação que é a fiscalização e controle aduaneiro em portos, aeroportos e postos de fronteira terrestre e nas principais operações de Vigilância e Repressão nas cidades e estradas brasileiras. Mas vale lembrar que o número é bem maior quando se trata de todo o quadro.

O órgão informou ao Gran Cursos Online Blog que existe mais de 22 mil cargos ociosos dentro da carreira, confira na relação abaixo:

VACÂNCIAS

  • Auditor-Fiscal: 12.186 cargos vagos
  • Analista – Tributário: 10.507 cargos vagos

Veja mais cargos vagos nas demais ocupações:

  • Arquiteto – 5
  • Engenheiro – 17
  • Contador – 76
  • Analista Técnico-Administrativo – 274
  • Assistente Técnico-Administrativo – 1.111

De acordo com dados levantados também pelo Estadão, a Receita Federal do Brasil fez, somente no ano de 2019, a apreensão de mais de R$ 3 bilhões em produtos contrabandeados. Além disso, impediu a distribuições de drogas ilícitas dentro e fora do Brasil, com ação nas fronteiras ou em parceria com outros países. O resultado impressiona. Por dia, em média, foram R$ 8,2 milhões de mercadorias ilegais apreendidas e 137 quilos de drogas ilícitas confiscadas.

O quantitativo de pessoal é pouco no controle de Aduaneira quando comparado com outros países e pela dimensão territorial do Brasil. Veja abaixo a imagem:

Concurso Receita Federal: quantitativo de pessoal atuando no Controle de Fronteira(Fonte: Estadão)

De acordo com informações da Coordenação de Gestão de Pessoas da Receita Federal do Brasil, o déficit de servidores cresce a cada ano, e a tendência é de que o número aumente devido à quantidade de aposentadorias tanto no cargo de Auditor-Fiscal para Analista Tributário.

O diretor de comunicação do Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal (SindiReceita), Odair Ambrósio, já havia informado em entrevista ao site da Folha Dirigida, em 2018, que o órgão estava operando com pouco mais de 40% do efetivo necessário para atender as demandas.

“20 % dos auditores, 13% dos analistas e 47% servidores administrativos já podem se aposentar e hoje recebem abono permanência. Em resumo, o órgão responsável por arrecadar, fiscalizar, cobrar tributos e controlar o comércio internacional e as fronteiras do país opera hoje com pouco mais de 40% do efetivo necessário de servidores e com forte restrição orçamentária e está ameaçado a paralisar suas atividades”, alerta o diretor.

Volte ao topo

Carreira RFB: Receita Federal

Saiba abaixo exigências necessárias para concorrer às vagas e as principais atividades a exercer pelos profissionais.

Concurso Receita Federal: requisitos

Auditor-Fiscal

Requisito é possuir curso superior concluído, em nível de graduação.

Analista-Tributário

Para atuação nas áreas Geral ou Informática, é necessário ter curso superior concluído, em nível de graduação.

Assistente Técnico-Administrativo

Necessário ter somente o ensino médio completo.

Volte ao topo

Atribuições

Auditor-Fiscal (O que faz um Auditor-Fiscal na RFB?)

  • constituir, mediante lançamento, o crédito tributário e de contribuições;
  • executar procedimentos de fiscalização, praticando os atos definidos na legislação específica, inclusive os relacionados com o controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, livros, documentos, materiais, equipamentos e assemelhados e outas ações previstas em lei.

Analista-Tributário (O que faz um Analista-Tributário na RFB?)

  • Exercer atividades de natureza técnica, acessórias ou preparatórias ao exercício das atribuições privativas dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil;
  • Atuar no exame de matérias e processos administrativos;
  • Exercer, em caráter geral e concorrente, as demais atividades inerentes às competências da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Volte ao topo

Lotação na Receita Federal

Os candidatos aprovados no concurso são nomeados e lotados com exercício nas Unidades Centrais da Secretaria da Receita Federal do Brasil, em Brasília-DF, ou nas Unidades descentralizadas da Secretaria da Receita Federal do Brasil.

Confira a distribuição do órgão por todo o país:

  • 34 unidades de fronteira,
  • 27 pontos de fronteira alfandegados,
  • 39 portos organizados,
  • 33 terminais aeroportuários de passageiros,
  • 36 terminais aeroportuários de cargas,
  • 5 centros de distribuições de remessas postais internacionais,
  • 3 polos de processamento de remessas expressas e
  • Dezenas de unidades da Receita Federal (controle aduaneiro).

Confira as regiões fiscais que os profissionais poderão trabalhar:

  
1ª Região FiscalDF/GO/MT/MS/TO
2ª Região FiscalAC/AP/AM/PA/RO/RR
3ª Região FiscalCE/MA/PI
4ª Região FiscalAL/PB/PE/RN
5ª Região FiscalBA/SE
6ª Região FiscalMG
7ª Região FiscalES/RJ
8ª Região FiscalSP
9ª Região FiscalPR/SC
10ª Região FiscalRS

Sobre a Receita Federal

A Receita Federal do Brasil – RFB é um órgão subordinado ao Ministério da Economia que atua na administração de tributos de competência da União, inclusive os previdenciários. Também auxiliar o Poder Executivo na formulação da política tributária brasileira, na prevenção e combate a sonegação fiscal, contrabando, descaminho, pirataria e demais atos ilícitos relacionados ao comércio internacional.

Conheça abaixo as áreas de atuação da Secretaria da Receita Federal do Brasil:

concurso receita federal

Concurso Receita Federal: atuação do órgão no Brasil.

Volte ao topo

Último concurso Receita Federal

O último concurso Receita Federal destinado a prover vagas para o cargo de Auditor-Fiscal foi realizado em 2014. Na ocasião, foram ofertadas 278 vagas. Todos os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursiva.

Em 2012 ocorreu a última prova para provimento no cargo de Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil. À época, foram ofertadas 750 vagas, distribuídas nas áreas de Informática e Geral. Os candidatos também foram avaliados por meio de provas objetivas e prova dissertativa.

Concurso Receita Federal: etapas de provas

Os candidatos inscritos para os dois cargos foram avaliados por meio de prova objetiva (de conhecimentos gerais e específicos) e prova dissertativa na primeira etapa. Na segunda etapa, houve a sindicância de vida pregressa de caráter unicamente eliminatório, realizado pela ESAF.

Volte ao topo

Concurso Receita Federal: prova objetiva

Veja mais detalhes abaixo das provas objetivas realizadas nos últimos concursos da Receita Federal.

Disciplinas

Saiba o conteúdo programático cobrado para os respectivos cargos abaixo:

Auditor-Fiscal

Conhecimentos GeraisNº questõesConhecimentos EspecíficosNº questões
Língua Portuguesa20Direito Tributário15
Espanhol ou Inglês10Contabilidade Geral e Avançada20
Raciocínio Lógico-Quantitativo10Comércio Internacional e Legislação Aduaneira15
Administração Geral e Pública10Legislação Tributária10
Direito Constitucional10Auditoria10
Direito Administrativo 10

Analista-Tributário

Conhecimentos GeraisNº questõesConhecimentos EspecíficosNº questões
Língua Portuguesa20Direito Tributário20
Espanhol ou Inglês10Contabilidade Geral10
Raciocínio Lógico-Quantitativo10Legislação Tributária e Aduaneira (Área geral)30
Administração Geral10ou
Direito Constitucional e Administrativo25Informática (Área informática)30

Estrutura da prova

Auditor-Fiscal

A primeira etapa contou com prova objetiva de conhecimentos gerais: de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo 70 pontos ponderados.

Ainda, outra prova objetiva de conhecimentos específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo 140 pontos ponderados.

Além disso, tinha que ter tirado o valor mínimo no conjunto das provas 1 e 2 no valor de 126 pontos.

Analista-Tributário

A primeira etapa foi composta de prova objetiva de conhecimentos gerais: de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo no máximo, 120 pontos ponderados.

Além disso, teve outra prova objetiva de conhecimentos específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo no máximo, 120 pontos ponderados.

No conjunto, o candidato tinha que ter alcançado o valor mínimo de 144 pontos no conjunto das provas 1 e 2.

Volte ao topo

Concurso Receita Federal: prova discursiva

Auditor-Fiscal

Já a prova discursiva foi composta de 2 questões sobre conteúdo de Direito Tributário, Comércio Internacional e Legislação Aduaneira. O valor cobrado foi no máximo de 60 pontos.

O que foi cobrado na prova discursiva para Auditor-Fiscal? Veja abaixo.

[ QUESTÃO 1]

Discorra, em um mínimo de 20(vinte) e em um máximo de 40(quarenta) linhas, sobre o Simples Nacional, abordando os seguintes tópicos:
a) O que é, quem pode e quem não pode optar por este regime (quais os parâmetros legais); de que forma se dá essa opção; quem possui a competência para regulamentá-lo; o que se considera receita bruta para fins de aplicação do simples nacional.
b) Quais os tributos que têm seu recolhimento unificado abrangido pelo Simples Nacional; se o Simples Nacional é facultativo para Estados e Municípios.
c) Como deverá proceder o contribuinte optante pelo Simples Nacional que auferir receitas sujeitas a substituição tributária ou decorrentes de exportação; se há alguma distinção, no tocante às obrigações acessórias, entre optantes do Simples Nacional e os demais contribuintes.

[QUESTÃO 2]

Em tempos de globalização o comércio internacional adquire importância cada vez maior no cenário econômico mundial. A administração aduaneira deve se manter constantemente atualizada no intuito de não se tornar obstáculo desnecessário ao comércio lícito, tampouco em incentivo a práticas ilícitas. Partindo dessa premissa, nos termos da legislação aduaneira, é possível a atuação do Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil além da linha de fronteira terrestre do Brasil? Justifique e fundamente sua resposta em um mínimo de 20 (vinte) e em um máximo de 40 (quarenta) linhas, a qual deverá abordar, obrigatoriamente, os seguintes tópicos:
a) Definição de território aduaneiro; e
b) Abrangência da jurisdição dos serviços aduaneiros

Analista-Tributário

Essa etapa foi de caráter seletivo, eliminatório e classificatório. A prova dissertativa foi composta da exigência de um texto com mínimo de 40 até o máximo de 60 linhas. A pontuação máxima a ser obtida foi de 100 pontos.

Concurso Receita Federal: notas de corte

Veja a nota de corte, referente ao último colocado dentro das vagas, conforme dados extraídos do sistema da coordenação-geral de Gestão de Pessoas da RFB e da banca organizadora dos certames à época:

Analista Tributário da Receita Federal do Brasil (2012)

D1D2D3D4D5Nota P1D6D7D8Nota P2Nota final objetivaNota dissertativaNota final
3476286812083664145,0060,00205,00

Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil (2014)

D1D2D3D4D5D6D7D8D9D10D11Nota final objetivaNota dissertativaNota final
1978956121628818138,0054,75190,75

Os detalhes das composições das notas podem ser visualizados neste link

Volte ao topo

Concurso Receita Federal: nomeações

Revendo o número de convocações dos últimos concursos Receita Federal, fica evidente a grande necessidade de auditores e o número de chamadas excedentes em todas as seleções que são abertas. Desde 2009, o órgão nomeia sempre de 50% a 100% o número de aprovados em seus certames. Saiba sobre as nomeações do concurso Receita Federal.

Oferecendo 450 vagas em edital, o concurso receita federal de 2009 culminou com a nomeação de mais de 700 aprovados, sendo o primeiro a ter provas discursivas e o primeiro a chamar candidatos além das vagas iniciais.

Concursos de 2012 e 2014

Para o cargo de Auditor-Fiscal todos os 550 habilitados e classificados foram convocados e nomeados (essa relação inclui candidatos sub judice). Vale lembrar que o edital de 2014 ofertou apenas 278 vagas.

Já o concurso público para provimento no cargo de Analista-Tributário (2012) ofertou 750 vagas. As nomeações iniciaram em 2013. Foram 1.487 pessoas admitidas no cargo de Analista-Tributário, incluindo pessoas que entraram na justiça para garantir a posse.

Logo, o quantitativo de nomeados foi de 2.037. Como é visível, a RFB convocou o dobro de pessoal em relação às vagas indicadas no edital.

Volte ao topo

Materiais gratuitos

Que tal estudar com materiais gratuitos para concursos públicos? O Gran Cursos Online tem uma página exclusiva com muitos conteúdos (acesse AQUI). Faça o download, é fácil e grátis!

EDITAIS VERTICALIZADOS

SIMULADOS

Volte ao topo

Concurso Receita Federal 2020: análise completa

O professor Luís Eduardo, auditor-fiscal da Receita Federal, o coach Rodrigo Lima e o professor Anderson Ferreira fizeram um evento exclusivo para falar sobre o concurso da Receita Federal.

No vídeo, eles trazem informações quentes sobre o concurso da Receita Federal e reúnem dicas imperdíveis para quem já está se preparando para o certame ou para quem deseja iniciar a sua preparação. No vídeo, eles ainda destacam sobre outras oportunidades de concursos que podem ser conciliados, enquanto o concurso RFB é publicado.

[VÍDEO] Concurso Receita Federal só em 2020? | Guia de Estudos

Concurso Receita Federal: dicas de estudos

No vídeo abaixo, a professora Liziane Meira explica os detalhes da carreira na Receita Federal e dá dicas para você passar no concurso Receita Federal.

Segundo a professora, dentro das matérias que compõem os estudos para se tornar um Auditor, ela destaca vários aspectos. “Ter gosto em matemática, ter certa facilidade com contabilidade, que são matérias que compõem o que será utilizado ao longo da carreira”.

Para a professora, é necessário elevar os estudos nas matérias específicas. “Com tempo e com tranquilidade, é necessário estudar e revisar os estudos. O concurso exige tempo, mas não não é um edital que destoa dos demais”, afirma a professora.

“Muitos vão para fiscalização na zona primária, ou seja, trabalhar em portos, aeroportos e nas fronteiras secas. Este é um trabalho que exige atenção e, muitas vezes, regime de plantão”, diz Liziane sobre as primeiras funções dos aprovados no concurso.

[VÍDEO] Clique AQUI e confira as principais dicas de estudos

Volte ao topo

Concurso Receita Federal: entrevista com servidora

Assista abaixo os professores Vilson Cortez e Liziane Meira, servidora da Receita Federal desde 1992, apresentando dicas de estudo para o concurso Receita Federal.

“O concurso da Receita Federal é o carro-chefe dos certames da área fiscal”, explica Vilson. “Entre o edital e a prova há pouco tempo para preparo, é necessário iniciar os estudos o quanto antes”, complementa.

“Há matérias, como legislação tributária e legislação aduaneira, que são específicas da Receita Federal. Elas pedem um tempo maior de estudo e revisão”, assinala Liziane. Segundo a professora, tanto a carreira de Auditor como a de Analista são interessantes. O analista acaba entendendo como funciona o órgão e se prepara para uma futura oportunidade de Auditor.

[VÍDEO] Concurso Receita Federal: análise, dicas e entrevista com servidora

 

 

Resumo do concurso Receita Federal (RFB)

Concurso Receita Federal do Brasil
Banca organizadora A definir
Cargos Auditor-Fiscal
Analista-Tributário
Escolaridade Níveis médio e superior
Carreiras Fiscal, Administrativa e outras
Lotação Nacional
Número de vagas 3.360 vagas (solicitadas)
Remuneração Inicial de R$ 11.684,39 a R$ 21.029,09
Situação Solicitado! Aguarda aval do Ministério da Economia!
Links dos últimos editais
Quer conquistar a sua aprovação no concurso da Receita Federal?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Lanna Sant'Anna
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online
102 Comentários

102 Comentários

  1. Pâmela Tayne

    28/11/2016 18:43em18:43

    Qual o salário básico do assistente técnico administrativo?

    • João Neves

      26/03/2017 21:07em21:07

      3400,00

    • Cleber

      06/07/2020 15:54em15:54

      Um Absurdo o teto, topo de um auditor federal ser de 27.000,00. Devia ser mais. Sabe-se que na SEFAZ-PE, um auditor estadual que entrou por concurso de nível médio e virou auditor que requeria curso superior, ganham hoje um teto/topo de mais de 50.000,00/mês. O trem da alegria da sefaz-PE, anticonstitucional. O edital de meados de 1992, era para nivel medio. O absurdo ainda, é quem não tinha nível superior era só fazer um, até por EAD, virou auditor.

  2. Aline

    19/12/2016 15:40em15:40

    Desculpe minha ignorância. Mas onde ficam lotados os profissionais que passarem no concurso da receita federal? É em Brasília?

    • Rodrigo Vieira

      10/01/2017 11:50em11:50

      Não. Os aprovados ocuparam os cargos nas unidades das Receitas Federais espalhadas pelo Brasil ou como um amigo meu, em órgãos da justiça federal (ao depender da necessidade do tribunal).

    • João Neves

      26/03/2017 21:08em21:08

      Na casa do caralho!!!

  3. Juliana Ribeiro Martins

    02/01/2017 09:41em09:41

    Qual o valor do salario de assistente tecnico administrativo?????

  4. Lilian Teixeira

    05/01/2017 01:45em01:45

    Gostaria de saber se para o cargo de assistente técnico administrativo será distribuídas vagas pela lei de cotas, no meu caso sou deficiente auditiva,cursando o 1° ano de contabilidade
    Obrigada

  5. Ivanilde Fiorini Gualassi

    10/01/2017 14:45em14:45

    Boa tarde,

    Gostaria de prestar concurso para assistente administrativo, sou aposentada, tenho nível superior e 53 anos. Existe alguma restrição com idade?

    • Julio

      20/03/2018 12:35em12:35

      No seu caso não, segundo a lei 8112 o aposentado pode acumular sua aposentadoria com cargo público

  6. Denise

    12/01/2017 09:46em09:46

    Bom dia gostaria de saber se já tem alguma informação precisa sobre o concurso público para receita federal 2017 cargo Assistente Técnico Administrativo e de quando sairá o edital

    • João Neves

      26/03/2017 21:13em21:13

      Vai pesquisar sua inútil!

      • sidney

        24/07/2017 22:32em22:32

        vai tomar no cú!otario!

      • ooloko

        27/07/2017 19:21em19:21

        filho da puta vai te fuder ..

        • Carlos

          09/09/2018 22:36em22:36

          nossa, esse é o nivel de quem vai prestar o concurso? atras do pc todo mundo e homem ne

  7. Valdir Filho

    14/01/2017 11:53em11:53

    Mais uma vez, o Estado mostra a sua incompetência. Qualquer graduação superior? Tá de brincadeira! Vai colocar dentista, cirurgião, historiador, entre outros para ser auditor tributário. Por quê não coloca um tecnólogo qualquer para ser juiz então?

    • fabiano

      30/01/2017 14:47em14:47

      Vc quer reserva de mercado!

    • Igor Chagas Rodrigues Silva

      01/02/2017 16:01em16:01

      Estude e passe na prova. Se o contador não tiver capacidade e o dentista tiver, coloca o dentista, se mostrou melhor preparado do que o contador.

      • juca

        20/02/2017 18:31em18:31

        é a verdadeira meritocracia amigo

      • João Neves

        26/03/2017 21:12em21:12

        Tenta ser comido por um viado se ele for melhor que uma mulher se mostrou melhor,ai voce vira gayzão seu cuzão!! Tem que ter graduação em Administração,Ciências Contábeis ou Economia,areas co-relacionadas,aí a pessoa tem que mostrar que sabe no papel!! Dentista que vá cuidar de dente,não fode seu bosta!!!

        • Alessandro

          10/04/2017 09:03em09:03

          Só para exemplificar uma das várias utilidades que um dentista tem na RFB: todo produto importado ou exportado é classificado no código NCM (nomenclatura comum do Mercosul), esse código é que determina o valor da alíquota entre outras coisas. O Brasil é grande importador e exportador de produtos odontológicos e quem fiscaliza isso é a RFB. Um dentista teria o conhecimento ideal para fiscalizar a correção dessa classificação.

        • vandson souza do amaral

          30/05/2017 13:18em13:18

          joao neves , vc fala muita bosta mesmo!

    • Alessandro

      10/04/2017 08:22em08:22

      A Receita Federal tem reconhecidamente um dos quadros de funcionários mais bem capacitados do Serviço Público Brasileiro, e isso se deve em boa parte a essa diversidade de formações acadêmicas e à expertise em aproveitá-los, tirando proveito dos talentos inatos de cada servidor. A atuação do órgão é muito mais abrangente do que a maioria do público imagina. Quando de fala em RFB, as pessoas associam a Imposto de Renda, mas eles são infinitamente mais que isso, e sua atuação passeia por inúmeras áreas do conhecimento. Afora isso, a prova para Auditor contempla em torno de 20 matérias diferentes, cobradas profundamente e o candidato deve atingir nota mínima em todas. Ou seja, a RFB precisa e faz questão de um servidor multidisciplinar e ao mesmo tempo especialista em alguma área do conhecimento.

      • Solange

        20/10/2017 11:39em11:39

        Alessandro,muito obrigada pelos esclarecimento. Nada como falar c uma pessoa educada e esclarecida.

    • Alessandro

      10/04/2017 08:47em08:47

      Inicialmente um “tecnólogo qualquer” nunca passaria na prova escrita para juíz, pois o conhecimento jurídico deve ver muito profundo, além disso, na prova oral o candidato deve demonstrar seus conhecimentos. Há ainda a necessidade de, no mínimo, 3 anos anos de atividade jurídica, coisa que um tecnólogo qualquer obviamente não terá.

      • Ricardo Durval

        10/03/2018 20:54em20:54

        Mas ainda não tem Tecnólogo em Direito fih nas faculdades, para que ele possa fazer a prova escrita para juiz. E se tivesse, qual o impedimento dele conseguir passar na prova? Não estaria estudando igual o bacharel em Direito? Vc ta viajando? Que comparação mais esdruxula!!

    • BEATRIZ

      20/04/2017 04:13em04:13

      PERDOE-ME TALVEZ VC SEJA DA ÁREA DE DIREITO, EU ACHO QUE ESTAMOS NA ERA
      DA EQUIDADE, QUE VENÇA O MELHOR!

    • Rafael

      23/06/2017 16:24em16:24

      É óbvio que tem que ser pra qualquer nível superior. A atividade de fiscalização e auditoria dá pra aprender no cotidiano com os colegas de trabalho, enquanto o concurso vai selecionar os mais capacitados, independente da formação. Na verdade, o ambiente multidisciplinar só enriquece o órgão. Se fosse assim, o Instituto Rio Branco deveria ser fechado pra quem é formado em Relações Internacionais.

    • Ricardo Durval

      10/03/2018 20:40em20:40

      Seu viado! Deixa de ser preconceituoso seu egoista. Se o cidadão obteve sua graduação ele já passou por diversas fases da vida escolar. E se passou na prova é porque de fato provou que sabe e domina o assunto. O que não pode seria nivel fundamental. Sua anta!! Deixa de ser frustrado cara!! Tu ta ai tentando a vida toda passar e nã oconsegue!! Eu vou tomar sua vaga mais uma vez e vc vai morrer de raiva!! E outra coisa: Sou tecnologo em gestão de RH e ainda fiz o curso totalmente on-line só pra te matar mais ainda de raiva seu bacharelzinho frustrado!!!

  8. Etevaldo Evangelista Lima

    18/01/2017 15:43em15:43

    Boa tarde gostaria saber quais as matéria para o concurso de Assistente Técnico Administrativo.Etevaldo de Teresina-pi.

  9. Aparecido alves da Silva

    25/01/2017 17:01em17:01

    e quando abre vaga para o concurso?

  10. Jheniffer Almeida

    31/01/2017 12:43em12:43

    Prezado,
    Bom dia!
    Gostaria de saber se haverá vagas para assistente?
    Estou estudando e fiquei em duvida agora.

    • João Neves

      26/03/2017 21:13em21:13

      Vai haver vaga para garçonete!!! está afim?

      • Supremo!!

        02/08/2017 10:38em10:38

        O João Neves fala tanta bosta que quando pensamos que vai sair algo que preste, ele se supera novamente! Ei João Neves tu tem problema man, deve ter sido abusado por um viado na infância ou ta chupando piroca direto pra vim aqui em um negócio sério e falar tanta bosta. Se não gostou, dá um bejinho na minha piroca que tu te acalma rapinho seu viadinho chupador de rolaaa!

        • ANA

          11/01/2018 23:27em23:27

          Amigo, que tenha um zilhão de gente como esse supracitado, assim vaga garantida as pessoas educadas e competentes.Passar na verdade é um dos menores esforços.Se manter é que é fundamental, não é por que passou que permanecerá.

  11. Jheniffer Almeida

    31/01/2017 12:44em12:44

    Prezado,
    Bom dia!
    Gostaria de saber se haverá vagas para assistente?
    Estou estudando e fiquei em duvida agora.

    Desde já , muito obrigado!

  12. Kamila

    11/02/2017 23:39em23:39

    boa noite peço mais informações da vaga de assistente.
    desde já obrigada !

  13. Maiara

    14/02/2017 15:14em15:14

    Boa tarde , gostaria da previsão para o concurso de assistente técnico administrativo

    Obrigado !

  14. goes

    16/02/2017 16:43em16:43

    ola boa tarde gostaria de saber quanto esta a apostila para Assistente tecnico administrativo para ensino Medio da Receita Federal.

  15. Horismar

    16/02/2017 22:11em22:11

    quando começa a inscrição?

    • CELIABORTOLOSSI@HOTMAIL.COM

      17/02/2017 12:55em12:55

      OLA TUDO BEM ,GOSTARIA DE SABER QUANDO COMEÇA A INCRIÇAO E SE TEM VAGAS PRA DEFICIENTE
      GOSTARIA DE SABER QUANTO ESTA O VALOR DA APOSTILA PARA ASSISTENTE TECNICO ADMINISTRATIVOPARA ENSINO MEDIO

  16. adriana de lima de oliveira

    20/02/2017 13:42em13:42

    em qual site eu faço minha inscrição para o concurso da Receita?

  17. Junior Oliveira

    23/02/2017 13:31em13:31

    Quando Sairá o edital?

  18. Hemerson Souza

    29/03/2017 11:54em11:54

    Quando começa as inscrições para o concurso de auditor fiscal ?

  19. Letícia Lopes

    03/04/2017 10:43em10:43

    Olá, vocês poderiam me explicar detalhadamente a diferença entre o Auditor-Analista , Analista-Tributário e Técnico Administrativo ? Pois tenho 20 anos e terminei o ensino médio…Ainda não terminei a faculdade mas pretendo fazer…Só não sei qual deles é o de Nível médio…Se puderem me explicar ficarei grata!

    • Marco

      14/06/2017 08:53em08:53

      Leticia,

      Auditor e Analista tributários são cargos pertencentes ao quadro da RFB, com competências distintas, mas ambos requerem formação superior.

      Analista e técnico administrativos são cargos pertencentes ao quadro do Ministério da Fazenda, que podem atuar na RFB. Para o cargo de analista é necessário possuir curso superior, para o cargo de técnico, somente ensino médio. Bons estudos!!

  20. fernanda

    11/04/2017 21:20em21:20

    gostaria de saber data de inscrição e local e assunto das materias

  21. Patrícia

    18/04/2017 17:14em17:14

    “Em 2014, eram 278 vagas em edital e foram nomeados 100% dos excedentes, ou seja, mais de 560 oportunidades.”

    Fui excedente e, no meu estado, não foi chamado nenhum a mais. Inclusive, o edital não foi prorrogado e descartaram os aprovados excedentes do certame.

  22. Lírio

    29/04/2017 13:52em13:52

    O que significa curso superior,em graduação?Acabei de ler isso no edital,gostaria de saber se alguém com curso tecnólogo pode participar do concurso para auditor.

    • José

      11/05/2017 10:50em10:50

      Para efeitos de concurso tecnólogo se equivale a curso superior.

    • Ricardo Durval

      10/03/2018 20:49em20:49

      Sim, pode participar. Se o edital não especificar que tipo de graduação se refere, o tecnólogo pode sim concorrer as vargas para nivel superior. Tecnólogo é uma graduação de média duração, em relação ao bacharel que forma o aluno em determinada área do conhecimento. Apenas não recebe o nome de Bacharel. Mas se o Edital especificar que tem que ser Bacharel em qualquer curso superior, ai o tecnologo tá fora dessas vagas. Na pior das hipóteses vc pode fazer para técnico e uma vez lá dentro com o seu diploma de tecnólogo vc pode requisitar gratificação.

  23. Luiz Otávio Soares Gondim Borges

    11/05/2017 19:58em19:58

    Eu quero saber que dia vai comecar o concurso público

  24. Andrea

    17/05/2017 18:05em18:05

    As inscrições vão abrir quando ?

    • Futuro Fiscal de alguma coisa

      10/06/2017 02:42em02:42

      inscrições??? se nem autorizado ta… calma, ha um protocolo: 1º pedido para o MPOG (ok), 2º autorização (nada), 3º verba destinada ao concurso (nada), 4° edital (nada)…. se tiver do ATA ou outro do ministerio da fazenda vai bombar gente de todo pais pra fazer pq estamos numa seca de concursos

  25. EDMAR

    18/05/2017 16:17em16:17

    PREVISÃO DE DATA PARA INICIO OU TERMINO DE INSCRIÇÃO? RF

  26. Nannaxara

    23/05/2017 14:00em14:00

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se realmente havera vagas para Assistente… e quais disciplinas.

    Obrigada!

  27. henrique

    29/05/2017 17:14em17:14

    quando vai abrir o edital e data das provas?

  28. Rafael Santos

    30/05/2017 12:52em12:52

    Em um outro portal de notícias de concursos, a informação é de que o pedido protocolado no Ministério do Planejamento NÃO contempla as carreiras de Analista-Tributário e Auditor-Fiscal. Vocês, que estão em Brasília, têm a confirmação dessa informação

  29. MARCELO DANIEL

    09/06/2017 13:44em13:44

    Pelo que sei o pedido era pra ATA e ANALISTA TECNICO DO Ministerio da Fazenda.
    E isso nao é Receita Federal.

    Caso tenham o anexo do pedido com as vagas para cada carreira divulgar

  30. morena

    11/06/2017 15:51em15:51

    quero saber mais

  31. Helo

    21/06/2017 22:25em22:25

    Boa tarde,
    Gostaria de saber se realmente havera vagas para Assistente… e quais disciplinas.
    Obrigada!

  32. Wemerson

    07/07/2017 11:56em11:56

    É possível se inscrever e fazer as provas tanto para Analista quanto para Auditor?

    Obrigado!

  33. davids stenkenberg

    08/07/2017 15:08em15:08

    O governo permite candidatar a vaga de analista e auditor qualquer pessoa com ensino superior, e o motivo e que se fosse apenas para contador e advogado a mão de obra não seria de boa qualidade, se vc fpr perceber a maioria que passa tem outra formação, principalmente engenheiros, medicos etc..

  34. Pedro

    12/07/2017 16:35em16:35

    Prepara-se com o Gran Curso
    e Além disso, com Preparo Concursos
    https://www.preparoconcursos.com.br/ 🙂

  35. Fer

    17/07/2017 10:43em10:43

    Esse cargo existe nas RFs do interior de SP?

    • Andrea

      20/08/2017 19:26em19:26

      Acho que só esperando o edital sair pra ter certeza dos locais de atuação…

  36. thais magalhaes

    30/08/2017 10:55em10:55

    Bom dia!
    esse concurso tem direito cotas de deficiente?

    atenciosamente

    Thais Magalhães

  37. Monstrão

    13/10/2017 10:53em10:53

    O João Neves, pode ser “meio” ignorante, mas é cada pergunta estúpida que ele deveria responder a todos aqui! huahauahuahuahuhauah

  38. FELIPEK

    08/11/2017 11:28em11:28

    A autorização deve sair no início de 2018 e edital possivelmente em março com provas em maio de 2018. Não serão muitas vagas e o concurso será rápido pois precisa homologar até o final do primeiro semestre haja vista haver eleições no segundo semestre. Essa é a informação que me foi passada pelo Min. Planejamento.

    • Pedro Gremista

      08/11/2017 14:13em14:13

      Excelente informação!

    • Peninha69

      08/11/2017 14:24em14:24

      Grande FELIPEK! Valeu sabe demais!

  39. João Neves

    08/11/2017 14:11em14:11

    É cada anta que aparece! Nunca vão passar em concurso. Não sabem nada! Leia e se informem antes de fazerem m monte de pergunta básica e besta. Querem tudo respondidinho pronto. Vão estudar! Tem que ter um mínimo de inteligência e vontade de ir atrás das informações. Não fiquem perguntando qualquer coisa, procurem as informações. Gente preguiçosa não chega nunca a lugar algum.

    • Leoros

      08/11/2017 14:16em14:16

      Valeu João! Tolerância zero mesmo! Esses molóides não pesquisam nada querem tudo pronto em cima da mão.

  40. Bamby_colorado

    08/11/2017 14:21em14:21

    Sou COLORADO e sou GAY…… posso fazer a prova com caneta vermelha?

  41. Wyllys

    19/12/2017 02:23em02:23

    Olá eu queria saber. Assistente técnico que foi citado acima é o mesmo que o ata – mf ? já que o receita federal é um orgão do mf então pensei que fosse a mesma coisa. será que é? ou é engano meu? ata mf é uma coisa e assistente técnico da receita é outro? (mf = ministério da fazenda)

  42. RAPHAEL

    03/01/2018 20:57em20:57

    TERÁ NÍVEL MÉDIO RJ ?

  43. Jéssica

    04/01/2018 00:26em00:26

    Oi pessoal tudo bem ?

    Aqui que fala é a Jessica, sou concurseira profissional, gostaria que vocês conhecessem o método de leitura que utilizei para passar em 2 concursos federais e 1 estadual, estou aguardando chamar. Conheça o método que falei aqui: http://bit.ly/MedotoLeituraEstrategica

  44. Alisson Nunes

    15/06/2018 00:04em00:04

    Olá eu tenho uma dúvida. Estou pensando em fazer um curso de tecnologia em gestão pública com carga horária de 1928 horas-aula para prestar concurso de Auditor Fiscal da Receita Federal. Essa carga horária está dentro dos requisitos exigidos?

  45. carla

    13/08/2018 21:25em21:25

    Olá, gostaria de saber quantos foram aprovados no ultimo concurso estudando com vocês?

  46. Dorvalina Cardoso Cunha

    12/11/2018 12:19em12:19

    Quero receber avisos sobre concursos.

  47. Dorvalina Cardoso Cunha

    12/11/2018 12:21em12:21

    Quero receber avisos sobre concursos

  48. Denise Bartô

    20/11/2018 17:59em17:59

    Olá! Gostaria de saber informações sobre concurso da receita federal para nível médio, quais as matérias estudar… Por favor me ajude!

    • Carlos Alberto Fernandes Castro

      18/03/2020 22:49em22:49

      Sou servidor público militar Estadual, já na Reserva Remunerada e graduado em Curso tecnológico superior de Gestão Financeira e estou estudando para o cargo de Auditor Fiscal da RFB. A pergunta é, se souberem responder fico agradecido.
      Posso acumular meus proventos com o da RFB ou somente meus triênios?

      • Gabrielly Kristian

        23/03/2020 10:52em10:52

        Carlos,

        Em resposta a Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online, o professor Aragonê Fernandes respondeu:

        Dentro da ideia da acumulação de cargos públicos vale uma máxima: o que pode na ativa, pode na inatividade.

        Para responder à pergunta, é necessário se perguntar: se eu estivesse em atividade como Policial Militar, poderia acumular com o cargo de Auditor Fiscal da Receita?

        Porque a partir da Emenda 101/2019, todas as hipóteses de acumulação do servidor civil também vale para o militar.

        Ou seja, se na ativa fosse possível acumular o cargo de policial militar com o de Auditor, também poderia fazer isso na aposentadoria.

        Então, o fato de estar aposentado ou não, é indiferente. Não interfere. O que interfere é se pode acumular os dois na ativa ou não.

        Policial Militar com Auditor Fiscal da Receita Federal não são dois cargos de professor, não são dois cargos da área da saúde, etc.

        Logo, devido à incompatibilidade dos cargos, não há como acumular as aposentadorias e, nesse caso, teria que abrir mão dos ganhos como Policial Militar para receber como Auditor Fiscal que faz sentido e compensa bastante.

        Atenciosamente,
        – Comunicação Gran Cursos Online

  49. Jaine da Silva

    21/11/2018 15:08em15:08

    Gostaria de receber informações sobre os concursos.

  50. Paula

    01/12/2018 01:08em01:08

    Nas disciplinas para o cargo de analista vocês colocaram Contabilidade Geral no item 7 e 9.

  51. Tânia Tavares

    21/12/2018 21:21em21:21

    Esse sempre foi meu sonho, mas nunca soube fazer concurso, alguém pode me ajudar?

  52. Elza mARTINS DE carvalho

    25/03/2019 07:52em07:52

    SOU estudante de direito e quero passar no concurso da Recita Federal ,por isso preciso preparar – me.

  53. Cláudia

    07/04/2019 14:50em14:50

    Gostaria de saber realmente quando terá um novo concurso da Receita Federal, pois o cenário indica que não haverá um concurso tão cedo.
    Li uma reportagem que a Receita Federal irá fazer uma reestruturação para enxugar a máquina e não contratar servidores.

    • Roberto

      20/04/2019 15:47em15:47

      Isso mesmo Claudia até julho para ser feita a reestruturação, pensar em concurso para RFB só após o mês de julho para analisar a necessidade.

  54. Mariana Machado

    16/04/2019 07:38em07:38

    Queria ver as infos do vídeo mas o cara fala além da conta viu vai direto ao ponto meu

  55. Izabella Santos

    06/07/2019 11:55em11:55

    Gostaria de saber o concurso da receita vai realmente acontecer ! Se sim, Vai ter para ensino médio ?

    • Aynara Thuany de Macêdo Leite

      03/07/2020 19:35em19:35

      Notícias do Concurso da receita federal

  56. Dulcinea de Carvalho Ribeiro

    04/08/2019 09:35em09:35

    Tenho 62 anos,sou contadora .
    Posso fazer um concurso publico para RFB?
    Tamem sou aposentado do inss

    • Andréia Alves Nunes De França

      21/09/2019 09:37em09:37

      Precisa melhorar sua escrita

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação no concurso da Receita Federal?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
COMECE A ESTUDAR NO GRAN
Para o Topo