Gabriel Granjeiro

Que venha 2019, pois eu sou IMPARÁVEL!

Que venha 2019, pois eu sou IMPARÁVEL!Com amor inquebrantável e propósito definido toda dificuldade se vence e todo obstáculo se transpõe.” – Orison Swett Marden (1848-1924), autor americano

No início do ano, publiquei um texto sobre a capacidade de ser imparável. A repercussão foi tão grande que o artigo bateu todos os recordes de acesso e seu título se tornou mote em aulões, lema impresso em camisetas, tema de um canal no YouTube, mantra de vida para milhares de alunos espalhados pelo Brasil e verdadeira filosofia dentro e fora do Gran Cursos Online. Diante disso, eu não poderia concluir este maravilhoso ano de 2018 falando de outro assunto. Um novo ciclo se aproxima, e com ele surgem dúvidas e incertezas, o que é natural em momentos de transição como o encerramento de um ano. Agora, mais do que nunca, precisamos nutrir o imparável que existe dentro de nós para enfrentar o novo tempo que se avizinha.

“Ser imparável é, sim, jamais desistir de um objetivo, mesmo que seja preciso mudar a rota ao longo do percurso ou recuar um passo para, em seguida, avançar dois.”

A palavra “imparável” tem vários sinônimos e significados, e percebo que há muita confusão sobre o que eu quero dizer ao empregá-la em meus textos e falas. Ser imparável não é ser um super-herói que nunca precisa de descanso. Ser imparável não é trabalhar ou estudar o tempo todo e não tirar nem uns dias de férias de vez em quando. Tampouco é insistir em um caminho e seguir nele cega e teimosamente como muitos fazem. Ser imparável é, sim, jamais desistir de um objetivo, mesmo que seja preciso mudar a rota ao longo do percurso ou recuar um passo para, em seguida, avançar dois. Ser imparável é ter persistência inquebrantável, implacável, inexorável. Trata-se de aceitarmos que o destino depende só de NÓS MESMOS. Nesta derradeira mensagem de 2018, empregarei mais uma vez a expressão “imparável” como sinônimo de “infatigável”, de “inquebrantável”, para lembrá-lo, meu fiel leitor, de como devemos ser incansáveis em nossa busca pela realização de um sonho.

“Ser imparável é ter persistência inquebrantável, implacável, inexorável. Trata-se de aceitarmos que o destino depende só de NÓS MESMOS.”

O ex-presidente da República Juscelino Kubitschek (1902-1976), um dos maiores estadistas brasileiros, era um idealista infatigável. Ousado, acreditou em seus sonhos até realizá-los. As obras que tocou ao longo da vida foram a materialização de seu caráter imparável. Visionário e otimista, JK previu para nossa nação um grande futuro. Seu sentimento de esperança foi por ele posto em palavras que traduzem bem a ideia que ora estamos tentando transmitir a você, meu amigo: “Lanço os olhos para o amanhã do meu País e antevejo esta alvorada com fé inquebrantável e uma confiança sem limites no seu grande destino”. Essa é uma mensagem bem oportuna, sobretudo no momento político que estamos atravessando em nosso país neste fim de ano, às vésperas da posse de um governo novo, eleito com base em ideias também novas. O momento é – e tem de ser – de fé e de confiança. Que se cumpra a profecia de JK!

As mulheres em geral, e as concurseiras em particular, são outro exemplo de pessoas imparáveis. Elas têm uma incrível força interior e uma disposição fora do comum, o que lhes permite vencer quaisquer obstáculos. Mulheres têm no coração a semente da mudança e exalam, muito além de perfume, o cheiro da garra, da luta e da sensibilidade por onde quer que passem. São criadoras e transformadoras. Admiro demais as mulheres da minha vida, especialmente nossas colaboradoras e nossas alunas.

“Ora, se plantamos algo, é de esperar que a hora da colheita chegará. Pode até demorar um pouco, mas o bem e o mal que semeamos uma hora frutifica.”

Os feitos de pessoas como Juscelino Kubitschek e as vitórias, tantas vezes testemunhadas por nós, das mulheres concurseiras são a prova de que a Lei do Retorno, mais do que inquebrantável, é infalível. O retorno não tem preço, mas tem troco, e é certo. Tem peso, tem medidas e pode se seguir imediatamente à escolha, à ação, ao ato que o motivou, ou pode demorar um pouco e vir no médio ou no longo prazo. Mas virá. É uma verdade e uma questão de justiça. Ora, se plantamos algo, é de esperar que a hora da colheita chegará. Pode até demorar um pouco, mas o bem e o mal que semeamos uma hora frutifica. É como ensina a letra desta canção da banda Legião Urbana, ótima para refletir: “Tudo que você faz, um dia volta para você (…). Como um bumerangue, tudo vai voltar.” Eu acredito muito nessa verdade!

“A esperança, assim como a fé, tem de ser inquebrantável em qualquer momento ou situação.”

Com 2019 batendo à porta, a esperança – do verbo “esperançar”, do levantar-se e agir, do construir, do ir atrás, do não desistir jamais – tem de guiar a vida de todos os seres humanos. E tem de estar, particularmente, na consciência e no coração dos que pretendem se tornar agentes da mudança (link), protagonistas de sua própria vida e da história de sua sociedade e de seu país. A esperança, assim como a fé, tem de ser inquebrantável em qualquer momento ou situação. É difícil pôr isso em prática, eu sei, mas não há outra saída: ou somos imparáveis, ou teremos tomado a triste decisão de desistir.

“Fique tranquilo, pois o Universo, ao contrário de rejeitar as pessoas que têm o coração aquebrantado, as acolhe. Então, de forma curta e grossa, rogo-lhe: aquebrante-se para mudar e conquistar o mundo.”

Aquebrante seu orgulho, caro leitor, e seja forte e tenaz em seus propósitos. Trate de domar e enfraquecer sua arrogância, sua vaidade, seus medos, suas fraquezas. Fique tranquilo, pois o Universo, ao contrário de rejeitar as pessoas que têm o coração aquebrantado, as acolhe. Então, de forma curta e grossa, rogo-lhe: aquebrante-se para mudar e conquistar o mundo. Não se esqueça, ainda, de que o tempo é senhor de tudo e a vida é professora de todos nós. Respeitemos esse senhor e essa senhora.

” O pior não é falhar em algo, mas, sim, nem sequer tentar. É de lei: quando nos expomos às oportunidades que nos assustam, somos capazes de conquistar qualquer coisa, especialmente as mais raras, que os outros nunca conquistarão.”

Em 2019, tenha em mente que, na luta por uma vaga no serviço público, tudo que você precisa é falhar menos que seus concorrentes. Supere-se pouco a pouco e você vencerá, alcançando a aprovação com classificação dentro do número de vagas. O pior não é falhar em algo, mas, sim, nem sequer tentar. É de lei: quando nos expomos às oportunidades que nos assustam, somos capazes de conquistar qualquer coisa, especialmente as mais raras, que os outros nunca conquistarão. Sei que é mais fácil falar do que fazer, mas é preciso começar de alguma forma. Então comece, que o Universo o ajudará em sua missão de alguma forma.

Bom, meu amigo, se você está disposto a ser imparável, provavelmente já não tem inveja alguma das conquistas dos outros. Quem é imparável quer o melhor para si e seus pares, mas também deseja tudo de bom e de melhor para os outros com quem convive ou se relaciona, pelo simples fato de que o sucesso dos outros não impede nem compromete o seu. Trata-se de expectativas e desejos diferentes, e você, imparável, sabe bem disso.

“…a única forma de ser imparável é agindo sempre, e não apenas quando se julgar pronto ou quando parecer oportuno.”

Portanto, em 2019 pense positivo, mas de forma realista, com a consciência de que não há ninguém neste mundo que possa fazer exatamente o que você faz ou fará. E lembre-se: a única forma de ser imparável é agindo sempre, e não apenas quando se julgar pronto ou quando parecer oportuno. É fazer acontecer começando com o que se tem à mão, para mais tarde fazer os ajustes necessários e lapidar, aperfeiçoar o produto do próprio esforço.

“Um último conselho: a melhor época para se preparar para concurso público foi um ano atrás; a segunda melhor época é AGORA.”

Ser imparável é estabelecer metas que estão muito além de sua capacidade atual. É desafiar-se a todo instante, focando no trabalho e nos resultados em vez de no sucesso, poder ou status que eventualmente advenham da investidura em um cargo público. Um último conselho: a melhor época para se preparar para concurso público foi um ano atrás; a segunda melhor época é AGORA. Os verdadeiros imparáveis de hoje começaram a estudar no ano passado; cabe a você ser o verdadeiro imparável do próximo ano.

Estamos juntos. Somos imparáveis hoje, em 2019 e sempre. Vamos de mãos dadas até a conquista dos nossos sonhos, de preferência já no ano prestes a começar, com confiança no futuro que estamos criando no hoje, no agora!

Você É inquebrantável, leitor amigo. Reconheça isso de uma vez, comentando abaixo: “Eu sou imparável!”. E vamos juntos conquistar o que queremos – por nós mesmos, e não para satisfazer os outros – neste novo ciclo.

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha página no Facebook e em meu perfil no Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

Para o Topo