Gabriel Granjeiro

A fila rumo às estrelas

Olhe para as estrelas e não para os seus pés.” – Stephen Hawking,

Caro leitor, principalmente em tempos de muita competição como o que vivemos, não podemos parar nunca de lutar, de estudar, de evoluir. Não deixe de se atualizar nem de ouvir a voz da experiência, consultando quem é mais sábio do que você em determinadas áreas. Jamais desista das pessoas que você ama, de seus verdadeiros amigos – infelizmente cada vez mais raros –, de sua família. E, em hipótese alguma, desista de lutar por seus sonhos e de ser feliz.

Escrevi este artigo para você que nos últimos dias pensou em desistir, seja por ter passado por alguma decepção, seja por haver sofrido algum trauma, seja, ainda, por estar duvidando da própria capacidade. Não importa o que motivou o seu desamparo, saiba que pode contar comigo para alimentar a sua motivação. Sei bem da necessidade de renovar nossa determinação dia após dia, por isso reuni aqui algumas lições valiosas que, tenho certeza, ajudarão você a olhar sempre para as estrelas e jamais para os pés.

 

Mas pense comigo: a cada queda, a cada fracasso, a cada fim amargo, todos nós aprendemos algo novo que aumenta a probabilidade de sucesso em nossa próxima empreitada.

 

A triste verdade é que uma pessoa disposta a agir – como certamente é o seu caso – tem de enfrentar tantas dificuldades no processo que, de vez em quando, esmorece, perde o entusiasmo. Mas pense comigo: a cada queda, a cada fracasso, a cada fim amargo, todos nós aprendemos algo novo que aumenta a probabilidade de sucesso em nossa próxima empreitada.

Pensemos nas pessoas mais bem-sucedidas que conhecemos. Se há algo que elas têm em comum, é um propósito claro e bem definido. Esse é, provavelmente, o maior diferencial delas. Quando as ameaças e restrições são muitas, precisamos delimitar muito bem nossos objetivos. O ideal é elaborar um plano de verdade, no qual cada passo a ser seguido seja descrito em detalhes. E o trabalho não pode prescindir de paixão. É ela que nos move continuamente em nossa marcha. É incrível como 95% das pessoas com desempenho insatisfatório na carreira, nos negócios, na vida não tinham claro na mente o que queriam. Os 5% restantes alcançaram sucesso notável por terem, sim, um propósito definido, além de um plano de execução claro e específico. Em resumo, o poder que leva ao sucesso é sempre resultado de um esforço organizado em torno de um propósito definido[1].

Quando reflito sobre nossa realidade – não importa se você é estudante, empreendedor, assalariado ou concurseiro –, a imagem que me vem à mente é a de uma montanha-russa, daquelas com grau máximo de emoção. Consigo nos visualizar entrando no carrinho, afivelando bem os cintos e checando exaustivamente todos os dispositivos de segurança. Assisto a nosso lento deslizar pelos trilhos, seguido de súbita aceleração. Não há mais freios; apenas uma ou outra paradinha antes de despencarmos de novo. Às vezes, estamos nos trilhos de cabeça erguida; outras, enfrentamos tudo de cabeça para baixo. E tome emoção! Os olhos estão esbugalhados, o coração bate acelerado, a mente afunda no pânico, e nós seguimos gritando a cada looping, até a parada final. Chegamos sãos e salvos, muitas vezes com vontade de repetir a experiência imediatamente.

 

Nossas escolhas devem ser as mais acertadas, o que nem sempre é fácil para quem está consumido pelo medo e sem muito foco. É preciso cuidado para não errar, escolher mal e acabar caindo de vez.

 

É assim também na busca por nossos objetivos. A posse no cargo público dos sonhos é um dos maiores exemplos. Há sobressaltos, altos e baixos e guinadas repentinas, mas sempre sobrevivemos no final. Uma vez na fila dos que buscam a estabilidade financeira, resta-nos entrar no carrinho da grande montanha-russa que é a vida. Antes de encararmos o passeio, precisamos, porém, assimilar a ideia de que somos irrefreáveis, impossíveis de conter, a não ser por Aquele que nos criou. Isso não nos exime de estar atentos às armadilhas, às pedras que atravessam nosso caminho e, por certo, podem nos derrubar, sobretudo quando, por serem muito pequenas, são difíceis de enxergar. Nossas escolhas devem ser as mais acertadas, o que nem sempre é fácil para quem está consumido pelo medo e sem muito foco. É preciso cuidado para não errar, escolher mal e acabar caindo de vez.

Eu já postei isto algumas vezes em minhas redes sociais, mas repito aqui: todos os nossos sonhos estão ao nosso alcance, logo ali, além da linha do medo. Precisamos atravessá-la se quisermos enxergar o horizonte promissor. O primeiro passo é, pois, controlar nossos temores. Em seguida, temos de voltar nossa atenção para competências como imaginação, autoconfiança, determinação e persistência. Essas características nos conferem poder, e, quanto maior for ele, maior será o nosso sucesso.

 

Caro concurseiro, quando você se vir na montanha-russa da vida, imprima a cada tarefa, a cada ato, a cada trabalho, a cada projeto toda a bondade e honestidade que há em seu coração.

 

Caro concurseiro, quando você se vir na montanha-russa da vida, imprima a cada tarefa, a cada ato, a cada trabalho, a cada projeto toda a bondade e honestidade que há em seu coração. Generosidade traz alegria e paz, e nada disso tem preço. Acho até que não existe inteligência verdadeira sem bondade, sem partilha, sem disponibilidade para ajudar a quem precisa e merece.

Para mim, o ser humano ideal é aquele que, depois de ter cumprido sua missão, ainda é capaz de olhar ao redor e se dispor a ajudar os outros. Em nosso seguimento, é aquela pessoa que, mesmo depois de ter conquistado sua vaga no serviço público, volta-se para a fila onde estava até há pouco e se solidariza com as pessoas que ali estão, oferecendo-lhes apoio na forma de dicas, de material de estudo, de testemunho, de conselhos, de palavras de motivação; enfim, de qualquer tipo de incentivo forte o bastante para reacender nelas o fogo do espírito imparável.

 

Meu inabalável leitor, procure inspirar segurança, mantendo-se firme em suas convicções e sendo coerente com seus valores morais. Seja sempre leal e demonstre gratidão, amando o próximo sem exigir nada em troca. Quem sabe repartir o que é seu colhe bons frutos desse gesto, conquistando riquezas materiais e espirituais.

 

Meu inabalável leitor, procure inspirar segurança, mantendo-se firme em suas convicções e sendo coerente com seus valores morais. Seja sempre leal e demonstre gratidão, amando o próximo sem exigir nada em troca. Quem sabe repartir o que é seu colhe bons frutos desse gesto, conquistando riquezas materiais e espirituais. Por outro lado, quem arrebata o que não lhe pertence permanece na miséria, sem prosperar em nada. Não faltam exemplos disso em nosso país, alguns bem recentes, que não têm nada de inspiradores.

Estou mais do que convencido de que todos que sabem forjar o próprio talento sem deixar de admirar o talento dos outros são capazes de viver em paz consigo mesmos. São pessoas que cultivam a inveja espelho, tema de recente artigo publicado neste espaço.

Minha principal missão no Gran Cursos Online é identificar e liderar pessoas do bem, comprometidas com a nossa missão de mudar vidas. Você precisa fazer o mesmo em todas as áreas da sua. Seja o seu maior apoiador. Você tem de ser o seu maior fã. Cerque-se de pessoas que o incentivem, e você terá nelas companhia melhor até do que a de si próprio. E trate de se afastar a todo custo dos sugadores de energia, dos ladrões de sonhos, dos usurpadores de futuro.

“Olhe para as estrelas e não para os seus pés”. A frase que inspirou o título deste artigo foi cunhada pelo cientista Stephen Hawking, diagnosticado com uma doença incurável que deixou seu corpo totalmente paralisado aos 21 anos. Os médicos prenunciaram sua morte há mais de cinquenta anos, mas ele nunca desistiu nem de lutar nem de viver. Com sua genialidade e persistência, tornou-se um dos maiores nomes da física mundial. Hawking não podia se comunicar senão com a ajuda de sintetizadores de voz e de computadores. Ainda assim, publicou inúmeros livros que se tornaram fenômenos mundiais de venda, além de ter sido um exímio palestrante internacional. Como se vê da biografia desse grande homem, a verdade é que o que você tem hoje não representa quem você é, a não ser que você mesmo permita. Portanto, mire alto, sonhe grande e vá em frente. Espelhe-se no exemplo de superação de Stephen Hawking, entre tantos outros com histórias similares, e olhe para as estrelas!

Vamos juntos, impossíveis de conter, olhando para as estrelas e com os pés firmes no chão, até o nosso brilhante destino!

Se concorda com esta mensagem, registre nos comentários: “Estou na fila rumo às estrelas!”.

Nunca desista, nunca, nunca, nunca. Em nada. Grande ou pequeno, importante ou não. Nunca desista. Nunca se renda à força, nunca se renda ao poder aparentemente esmagador do inimigo.” – Winston Churchill

[1] Dados extraídos do livro O milagre da manhã, por Hal Herod.

PS: Siga-me (moderadamente, é claro) em minha página no Facebook e em meu perfil no Instagram. Lá, postarei pequenos textos de conteúdo motivacional. Serão dicas bem objetivas, mas, ainda assim, capazes de ajudá-lo em sua jornada rumo ao serviço público.

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

 


Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

 

 

 

 

Para o Topo