Não deixe tudo voltar ao normal

Aparentemente, as pessoas estão ansiosas para voltar logo ao “normal”, à vida que tinham antes da pandemia de covid-19. Muitas se dizem doidas para ter restaurada sua “liberdade”. Ao que tudo indica, querem retomar a marcha à qual estavam acostumadas antes do surgimento do novo coronavírus. É esse o discurso, mas será real tal desejo de resgatar a antiga normalidade? E o que é mesmo ser normal?

A normalidade é uma questão de referência. Julgamos normal aquilo que está em conformidade com nossa realidade imediata. Tem a ver com consciência de grupo e senso de pertencimento. Em um time de brilhantes matemáticos, por exemplo, o normal é ter inteligência lógica acima da média. Nesse microcosmo, ser muito bom na área de humanas, mas medíocre em cálculos seria anormal. O contrário é igualmente verdadeiro: numa turma de excelentes cientistas políticos, alguém com conhecimentos medianos em exatas seria ok, ao passo que atípico seria encontrar indivíduos extraordinariamente bons em calcular integrais e derivadas.

No Brasil, normal é ter uma renda familiar de menos de R$ 1,5 mil per capita. É estar com o nome sujo na praça – nada menos que 48% dos brasileiros tiveram o nome lançado nos cadastros de inadimplência nos últimos 12 meses, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito, e isso antes da crise! É haver estudado em escolas ruins. É pegar transporte público lotado todo dia. É vender o almoço para pagar a janta. Para muitos, é ser inconstante, desistindo dos sonhos no primeiro grande entrave; é não se esforçar como deveria; é ser egoísta; é não perdoar.

Até mesmo em termos de saúde, o normal não é algo absoluto. O ser humano “padrão” de hoje, aquele usado como modelo para o cálculo da expectativa de vida e outros índices, está, via de regra, com sobrepeso, não se alimenta bem nem pratica atividade física. Mesmo assim, suas taxas são utilizadas como referência de “normal” para efeito de exames médicos. Estar em conformidade com esse “normal” não é tão bom assim, concorda?

O fato é que podemos ter indicadores muito melhores do que o dito “normal”. Não deveríamos nos pautar por essa linha limítrofe, vivendo em uma matriz pré-construída e seguindo normas que limitam o nosso campo de visão e, por consequência, o atingimento do nosso potencial.

O pensador norte-americano Robert Nozick, na obra Anarquia, Estado e Utopia, propõe um dilema para refletirmos sobre nosso apego ao que julgamos normal: se nos fosse dada a opção de simular à perfeição situações da vida, por meio de uma “máquina de experiências” na qual jamais conseguíssemos discernir o real do irreal, será que optaríamos por viver no mundo verdadeiro ou escolheríamos a simulação?

O clássico filme Matrix bebe dessa fonte ao provocar outros questionamentos igualmente incômodos. Preferiríamos ser controlados ou estar no controle, se a realidade se mostrasse menos agradável do que a ilusão? Elegemos a verdade sempre ou nos sentiríamos confortáveis dentro de uma normalidade ficcional se ela fosse mais “apetitosa”, como o filé de Cypher, que existia apenas na cabeça do personagem? “A Matrix está me dizendo que esta carne é suculenta e deliciosa. Depois de nove anos, sabe o que percebi? Ignorância é uma benção.” A emblemática passagem do longa traz à tona uma grande verdade: libertar-se da ignorância do cativeiro é difícil, pois ela nos dá sensação de conforto e segurança.

O roteiro de Matrix tem inspiração direta também na famosa Alegoria da Caverna, contida no livro A República, de Platão. A narrativa, que nos faz pensar sobre como somos presos aos nossos conceitos de normalidade, apresenta vários homens que passaram a vida acorrentados às paredes em uma caverna escura. Os grilhões os impedem de mover o pescoço, de modo que são obrigados a se manter olhando para a frente. Enxergam, assim, somente as sombras do que se passa no exterior de sua prisão: sombras de homens, de mulheres, de crianças e de animais. A limitada visão os faz acreditar que sombras são tudo o que há no mundo. Sombras são a realidade. Quando, por fim, um dos prisioneiros consegue sair da caverna, é cegado pela luz forte do sol, à qual seus olhos não estão acostumados. Segundo o experimento proposto pelo filósofo grego, há, então, três possíveis cenários para esse homem recém-liberto.

No primeiro, ele regressa, temeroso em relação à nova realidade que o cegou. Ao retornar, os demais, tomando conhecimento do que aconteceu com o parceiro, concluiriam que o melhor a fazer é permanecerem onde estão, dados os perigos lá de fora. O segundo cenário é o ex-prisioneiro buscar uma libertação coletiva. Depois de se acostumar à luz, tentaria convencer os demais a segui-lo, mas seria tachado de louco. A realidade descrita por ele seria absolutamente incompreensível aos que têm visão de mundo tão restrita. No terceiro cenário, o homem partiria, sozinho, para sua nova vida. Talvez apenas ajudasse quem eventualmente também conseguisse sair da caverna, dando-lhe conforto e orientando-o sobre o “novo mundo”.

Estou aqui, amigo leitor, como o homem que retorna à caverna depois de ver a realidade exterior – e sentir o incômodo instantâneo do seu brilho – para lhe dizer, mesmo correndo o risco de ser chamado de louco: o normal é uma droga. Não podemos nos contentar com o que é tido por comum no contexto em que estamos inseridos. Há todo um mundo lá fora a ser explorado, e ele é muito diferente do que dizem o IBGE com suas médias, o SPC com seu cadastro cruel, o Jornal Nacional com seus dados nus e crus. Há um mundo no qual o normal é estar fora da matriz, é brilhar, é fazer a diferença na vida de um estranho, ajudando-o a se tornar melhor dia após dia.

A crise sanitária que estamos vivendo tem exigido de nós uma tentativa de retomada da vida que já é anormal, por si só, dada nossa limitação de interação com os outros. Está difícil demais para todos. Assim como você, quero que essa restrição acabe o quanto antes, não suporto mais ver as pessoas de máscara nas ruas e estou no meu limite quanto ao distanciamento social que nos foi imposto. No que diz respeito a esses pontos, também anseio voltar ao “normal”. Contudo, peço-lhe – na verdade, imploro –: não permita que as coisas voltem ao normal de antes, se esse normal tinha a ver com rotinas ineficientes, um emprego ruim, estudos irregulares, refeições pouco nutritivas e falta de cuidado consigo próprio. Não espere a descoberta da vacina ou de um tratamento eficaz para começar a construir seu novo normal, tendo em mente que, depois de um grande trauma, como a perda de um ente querido, uma guerra ou uma pandemia, as coisas nunca voltam a ser como eram. Seja para o bem, seja para o mal, uma tragédia – individual ou humanitária – nos modifica a todos, e é nossa a responsabilidade de moldar o melhor novo caminho possível.

E como há de ser esse novo normal? Ainda é cedo para dizer, mas acredito que passará por algumas mudanças bem significativas de paradigma. Imagino, por exemplo, que deixaremos de nos sentir obrigados a sempre agradar, a dizer “sim” para tudo e todos, a seguir a manada. Não mais. Precisaremos de gente que faça a diferença, atuando na própria vida como a pessoa que gostaria de ter ao lado nos dias ruins. Precisamos de gente com senso de propósito, movida pela vontade de fazer a coisa certa para si, a família e a comunidade, mesmo que seja necessário cortar a própria carne sem ter certeza do resultado. Estou certo de que, quando esse for o novo normal, o mundo será um lugar melhor.

No mundo pós-pandemia, caracterizado pela conversão de certezas em incertezas, pela efemeridade das coisas, por líderes se reinventando, por mudanças ainda mais rápidas, nada será perene, muito menos definitivo. Quem não encontrar a própria identidade nem achar a motivação certa ficará pelo caminho.

Por isso, sigamos juntos, transpondo a anormalidade mais imediata em busca de um novo normal, sendo genuínos e agindo com o coração, sempre apreciando o caminho e não apenas a chegada.

“Normalidade significa morte.” – Theodoro Adorno (1903-1969), filósofo alemão

Se você chegou até aqui, gostaria de lhe pedir um favor: comente abaixo dizendo o que achou do texto. Foi útil? Não foi? Ajudou? Não ajudou? Seu feedback é muito importante!

Fontes: Agência Brasil e G1.com

PLATÃO. A República.

NOZICK, Robert. Anarquia, Estado e Utopia.

 

Mais artigos para ajudar em sua preparação:

 

Gabriel Granjeiro – Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online. Vive e respira concursos há mais de 10 anos. Formado em Administração e Marketing pela New York University, Leonardo N. Stern School of Business. Fascinado pelo empreendedorismo e pelo ensino a distância.

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos

Notícias Relacionadas

Gabriel Granjeiro
Gabriel Granjeiro
Diretor-Presidente e Fundador do Gran Cursos Online
105 Comentários

105 Comentários

  1. Christian Borges De Oliveira

    29/06/2020 18:06em18:06

    Ótimo texto, muito interessante, é isso que eu sempre penso. Eu prefiro ser anormal numa sociedade de doentes normais!

    • solange soares de farias

      29/06/2020 21:16em21:16

      ACHEI EXCELENTE ESSE TEXTO. SEMPRE QUANDO POSSO RECEBO NO TELEGRAN E LEIO NA MEDIDA DO POSSÍVEL.PARABENIZO PELAS SUAS POSTAGENS DE OTIMISMO E DE VERDADE COM RELAÇÃO A DIZER QUE NÃO SERÁ COMO ANTES CONCORDO PLENAMENTE.OBRIGADA.

      • Luciene

        04/07/2020 20:21em20:21

        Ótimo texto. Sempre que posso leio seu artigos, me sinto motivada com eles. Parabéns!!!

    • Tojal

      30/06/2020 14:05em14:05

      Adorei, me emocionei ao ler o texto, fantástico!!!

      • Rafael Ferreira de Mello

        02/07/2020 10:09em10:09

        Cara, bom dia! É claro que sempre me ajuda. Como eu quero viver o novo normal que vc descreveu, pq realmente sinto a ENORME ineficiência da minha vida pessoal e profissional, mas vou conseguir vencer a desistência, desânimo e TD mais que me impede de vencer nos estudos para chegar onde quero. Obrigado, vc é top.

    • Márcio Luís dos Santos Rosa

      30/06/2020 18:14em18:14

      Sem dúvida seus artigos são de grande valia, edifica, encoraja, contribui para continuarmos a nos dedicar com afinco, tendo em vista que fácil não será, entretanto impossível muito menos.

    • Alexandre

      01/07/2020 00:16em00:16

      Obrigado pela ajuda e orientação.

  2. Edimar Marques Maia Soares

    29/06/2020 18:33em18:33

    Excelente!! A reconstrução pos pandemia dependerá de pessoas que já tenham saído da caverna.

    • Joyciane Carvalho Borges

      29/06/2020 22:53em22:53

      Uma das mais sensatas reflexões que eu tive oportunidade de ler. Obrigada!

      • Elaine Silva de Souza

        01/07/2020 14:47em14:47

        Preciso sair urgente dessa caverna e ajudar meus filhos a sairem também. Texto bem esclarecedor.

  3. Arlem Martins

    29/06/2020 18:39em18:39

    Gostei do artigo. A meu ver, proveitoso, motivador. Obrigado!

    • Talita AA

      30/06/2020 06:36em06:36

      “Libertar-se da ignorância do cativeiro é difícil, pois ela nos dá sensação de conforto e segurança.” É isso. Liberte-se.

  4. Antônio Heleno Pinheiro Neto

    29/06/2020 19:31em19:31

    Excelente texto. Realmente não podemos se conformar com a normalidade, mais buscarmos novas oportunidades e fazermos da crise uma momento de inovação, superação.

    • Davi morais

      29/06/2020 21:36em21:36

      Essa época não está sendo boa,mais estou aproveitando esse tempo para foca no estudos para concurso pq a escola não está tendo muitos deveres.mais voltado para oq importa esse texto é ótimo parabéns para o escrito.

    • Don Menezes

      30/06/2020 21:41em21:41

      Magnífica reflexão.

  5. AGDA RAYANE CARVALHO DE SOUSA

    29/06/2020 19:34em19:34

    Maravilhoso, motivador. Realmente não quero voltar para mediocridade,vou lutar como uma leoa pela vida que almejo. Obrigada Gran, vocês fazem os alunos se sentirem especiais🥰

  6. Leticia

    29/06/2020 19:40em19:40

    Excelente texto

  7. Tamires Lacerda Duarte

    29/06/2020 20:07em20:07

    Maravilhoso.. Tudo o que você disso faz sentido.Nada será como antes e é nosso dever não deixar ser como antes,temos de nós mexer e pensar no futuro agora!

  8. Vinícius Vieira Caires

    29/06/2020 20:27em20:27

    Ajudou bastante! Temos que buscar melhorar sempre e o momento é propício para isso!

  9. William Bruno Gonçalves Muniz

    29/06/2020 20:38em20:38

    Ajudou sim, muito! Particularmente estou em busca de algo melhor e sei que isso depende de uma conduta distinta do que a minha normalidade me trouxe até agora.

    • Diane Almeida

      30/06/2020 04:57em04:57

      Excelente texto! Período que podemos nos reinventar, sair da caverna para futuramente obtermos resultados melhores.

  10. Lidiane de Assis Araujo

    29/06/2020 20:48em20:48

    O Gran é mais do que um preparatório para concursos, é um encontro de grandes seres humanos, ainda chegará minha aprovação, e com toda certeza vocês continuarão sendo importantes nessa minha caminhada.

    • Cleidi

      30/06/2020 00:25em00:25

      Exatamente !!! Ia escrever isso também, mas fiquei muito emocionada rsrs…

  11. Bruno Elesbão

    29/06/2020 21:07em21:07

    Obrigado por compartilhar sua excelente reflexão, lembrei do verso bíblico que diz: conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, verso que ficou bastante popular por ser usado por nosso presidente. Quando conhecemos a verdade não tem como vivermos o “normal” precisamos mudar, muitas vezes é difícil lhe dar com a realdade, mas é melhor a verdade dura doque a mentira fantaciosa que nos mantem aprisionados. JESUS é a verdade que as pessoas precisam conhecer, pois o resto TUDO vai passar.

  12. Ângelo Fernandes

    29/06/2020 21:30em21:30

    Boa noite Gabriel, muito bom e interessante, isso me dar uma gás a mais…

    Obrigado.
    Att.

  13. Josiane

    29/06/2020 21:35em21:35

    Excelente reflexão. Adorei!

  14. Davi morais

    29/06/2020 21:36em21:36

    Essa época não está sendo boa,mais estou aproveitando esse tempo para foca no estudos para concurso pq a escola não está tendo muitos deveres.mais voltado para oq importa esse texto é ótimo parabéns para o escrito.

  15. Francisco de Assis Ferreira

    29/06/2020 21:56em21:56

    Como todos os outros…esse também foi muito útil,obrigado mais uma vez……Sucesso sempre.

  16. Ana Paula Alves Galvão

    29/06/2020 22:28em22:28

    foi ótimo ler este texto,e nos dias de hoje nos motiva a lutar pelo o que queremos, nos dando força.Gostei!

  17. Vilma Reis Alves

    29/06/2020 22:36em22:36

    Olá! Tudo bem?
    Seu texto está muito bom, bem fundamento e com certeza é útil.
    Obrigada pelos ensinamentos.
    E tenha uma boa noite!

  18. Rodrigo

    29/06/2020 23:34em23:34

    Excelente, professor!

  19. Raquel Morais

    30/06/2020 00:02em00:02

    Muito agregador e inspirador em relação à tudo na vida, me auxiliou à refletir sobre as mudanças que venho observando em mim, e me identifiquei profundamente com o texto, agradeço de coração por compartilhar a temática e as reflexões.

  20. claudia pereira de souza oliveira

    30/06/2020 00:07em00:07

    Uma vida com propósito nós leva a viver de modo pleno e consciente de tudo o que nos cerca, mesmo em meio ao caus.

  21. Fernanda Almeida

    30/06/2020 00:20em00:20

    Excelente texto!! Muito motivador!

  22. Cleidi

    30/06/2020 00:22em00:22

    Fiquei emocionada… De verdade… Você não imagina como precisava disso. Já sou concursada, mas tive que mudar de Cidade quando passei. São apenas 150 km, mas já enfrentei algumas crises nesse período de três anos. Não reclamo, sei que muita gente queria estar no meu lugar. Mas estou longe da minha mãe, da minha Igreja querida, a grana está sempre no limite… enfim… Decidi com a pandemia que deveria sair da minha zona de conforto, já dei muitos passos que estão me ajudando nesse objetivo, adquirir esse curso foi um deles, participar de mentorias também. Creio que voltarei logo logo pra Cidade querida e ficar reclamando não ia resolver. Precisava agir… e o fiz… Muuuuiito obrigada!

  23. Filipe Rodrigues Silva

    30/06/2020 01:00em01:00

    Esse texto encaixou como uma luva na atual conjuntura que está se passando em minha vida. Parabéns pela dedicação de todos por nos indicar textos que abrem nossa mente.

  24. Leonardo Alexandre

    30/06/2020 01:03em01:03

    Bom dia, Gabriel! Ótimo texto, não leio muito mas adorei ter lido-o. você tem ótimas mensagens, nos ajuda a não deixar de ter motivos para buscar a mudança em nossas vidas. Sou assinante do Gran e apesar dos apertos e de não ter passado no concurso dos meus sonhos ainda, não deixo de estudar pois, os excelentes professores e textos motivacionais como esses são fundamentais para nós que almejamos um futuro melhor. Deus o abençoe sempre!

  25. Manuela

    30/06/2020 02:43em02:43

    Excelente! Rumo ao novo!!!

  26. Anniele Palmeira

    30/06/2020 03:51em03:51

    Não parar no meio caminho! Somos a continuidade do que construímos em nós ou fazemos de nós,certos ou incertos,sempre em “busca de um novo normal”, razões para continuar.

    Grata.

  27. Kelly Priscila

    30/06/2020 05:59em05:59

    Muito bom, as pessoas julgam quem quer fazer diferente da maioria, elas não sabem o quão bons serão os resultados, mas demos ouvidos a pessoas assim e sigamos em frente.

  28. Erika Gualberto Ribeiro

    30/06/2020 06:57em06:57

    Sempre leio seus artigos pela manhã antes de iniciar o meu dia. Concordo com cada sílaba do que você disse Gabriel. E após ler esse artigo em particular, senti-me ainda mais animada a continuar estudando em busca dos meus sonhos. Obrigada!

    Vamo que vamo que o dia está só começando! Ótimo dia a todos!

  29. Mayagnes

    30/06/2020 07:47em07:47

    Texto maravilhoso!

  30. Jamilton camilo

    30/06/2020 08:05em08:05

    Comprei o curso de ingles para o concurso do senado em março, e já está como indisponível, isso é certo, gostaria de uma resposta, já enviei está pergunta por , ainda não me responderam

  31. Fernanda Meira

    30/06/2020 08:24em08:24

    Sensacional, é este tipo de leitura de motivação que nos brasileiros precisamos e não noticias todos os dias sobre a pandemia que estamos vivendo, precisamos de mudanças leituras como esta que nos faça enxergar fora da caverna.
    Parabéns ao escritor.

  32. Liz

    30/06/2020 08:56em08:56

    Ótimo texto!
    Obrigada

  33. Izabel Santos

    30/06/2020 09:34em09:34

    Vc como sempre, inspirador! Tão jovem mas tão maduro nos pensamentos!! Obrigada!

  34. Joao

    30/06/2020 09:38em09:38

    excelente texto

  35. Lucas Freitas

    30/06/2020 09:41em09:41

    Parabéns Gabriel.
    Ótimo texto.
    Obrigado por sempre nos motivar.

  36. VANESSA PINTO FERREIRA

    30/06/2020 09:43em09:43

    Seus textos sao sempre muito bons, pé no chão, vida real.

  37. Fernanda

    30/06/2020 09:52em09:52

    Excelente texto! Um ponto de vista que não havia lido em lugar algum. Um pensamento “anormal”, “fora da caixa” que é o que precisamos! A busca para que melhoremos como pessoa deve sempre ser uma constante e analisar pontos de vista diferentes estimula a criatividade e nos motiva. Como dizia Einstein: ‘um cérebro que se abre a novas ideias jamais volta ao seu tamanho original”.

    • Isabella

      30/06/2020 12:29em12:29

      Ótimo texto!!

  38. Lúcio dos Santos Pereira

    30/06/2020 11:08em11:08

    Como sempre seus textos e suas colações são excelentes, motivação pura para continuar a nossa caminhada em buscar de dias melhores. Cada dia que passa procuro está sempre mais empenhado e motivado para alcançar o meu objetivo de ser um servidor público federal, para muitos que estão ao meu redor não é normal uma pessoa ficar dentro de uma quarto estudando média de 4 a 5 horas por dia, tenho certeza que um dia o anormal terá seu sonho alcançado.
    Vamos que vamos para as carreiras policias, sou Grancurseiro até passar.

  39. alexandre

    30/06/2020 11:18em11:18

    Detesto filosofia… srsr

  40. Talita Pagotto

    30/06/2020 11:40em11:40

    Excelente artigo! Com certeza não quero voltar ao normal, a pandemia me permitiu oportunidades únicas de reflexão.

  41. JACIENE DE SOUZA SILVA ALMEIDA

    30/06/2020 13:09em13:09

    Muito bom. Excelente palavra!

  42. Valkiria

    30/06/2020 14:22em14:22

    Bom…eu diria que o texto não foi um tapa na minha cara. Foi uma chinelada! Uma sapatada? Eu estudo para concurso tempo o suficiente para ter me cansado. Ou não. Talvez o jogo mal começou e eu já esteja pedindo pra sair. O fato é que eu estou perdida, desanimada, frustrada. Um diploma em uma das melhores universidades do país não fez de mim uma administradora promissora. Ser uma servidora é um grande sonho, mas o preço que se paga é alto! Além disso, ter o serviço público como única saída pra minha vida me faz mal, não estou falando que concursos não sejam bons, estou falando que a nossa felicidade não pode depender disso. Isso tudo acontece comigo, e talvez com outras pessoas, por eu não ter encontrado a minha identidade e a minha motivação. Meu maior medo é ficar pelo caminho. Eu não quero isso. Então, esse texto me fez pensar sobre a minha vida, sobre o que eu (não) tenho feito para realizar meus sonhos. Me fez pensar sobre não ficar pelo caminho. Me fez pensar sobre não desistir para não ficar pelo caminho.

  43. RAKEL COELHO

    30/06/2020 15:19em15:19

    Excelente Texto! Obg!

  44. Carlos dos Reis Souza

    30/06/2020 15:52em15:52

    Excelente reflexão Gabriel. Não sou considerado normal pelos amigos e família, tenho 61 anos e estou lutando há alguns anos por uma vaga em algum Órgão da área Fiscal / Controle. Creio que podemos contribuir por um Brasil melhor, mais justo e acessível a todos.

  45. anderson gleidson dos santos sousa

    30/06/2020 15:53em15:53

    Belíssimo! Por isso vou sair da normalidade,e ser GRAN. Parabéns a todos.

  46. Joao Marcos do Nascimento

    30/06/2020 16:26em16:26

    interessante, temos que cuidar para voltarmos anormal quando isso passar.. excelente texto.

  47. Gerson ESPINDULA DOS Santos

    30/06/2020 16:31em16:31

    EXCELENTE TEXTO, NOS FAZ REFLETIR EM TUDO O QUE ESTAMOS PASSANDO, MAS, SAIREMOS DESSA MAIS FORTES E RENOVADOS, COM UMA NOVA MENTALIDADE E UM NOVO PROPOSITO.

  48. Joidy

    30/06/2020 16:56em16:56

    Ótimo texto e também muito inteligente. Parabéns!!!

  49. Valdemar Jardim Gomes

    30/06/2020 16:58em16:58

    Boa reflexão, sigamos juntos enquanto se não se resolve a incógnita do novo normal.

  50. JOSE ELIAS SPRUDENCIO

    30/06/2020 17:33em17:33

    Excelente. Ajudou – e muito – a rever antigos paradigmas.

  51. Maura

    30/06/2020 18:19em18:19

    Texto Perfeiito!

  52. Sávio Moraes

    30/06/2020 20:55em20:55

    👏👏👏👏

    • Lidiane Lima

      01/07/2020 05:26em05:26

      Muito obrigada!

  53. Cristiano

    30/06/2020 21:26em21:26

    o mito da caverna mostra a neessidade da busca pela verdade

  54. Azrael

    01/07/2020 00:37em00:37

    ótimo texto, a normalidade é chata, um mundo de iguais é chato, um mundo de pensamentos iguais é saturado. por isso prefiro ser tachado como louco do quê perder a minha vida em uma mentira.

  55. Elisiomar

    01/07/2020 05:37em05:37

    Muito bom,para começa o dia motivado e fazer algo diferente, continue porque com certeza você esta fazendo algo que não é normal, e com isso mudando o pesamento de muitos para melhor.

  56. André Denecial

    01/07/2020 08:09em08:09

    Excelente texto, a leitura foi feita no exato momento que precisava lê-lo. A Fase não é boa pra quem define que ela não é. Obrigado pela motivação diária!

  57. Celia Regina Menezes Pereira

    01/07/2020 08:51em08:51

    Excelente texto! precisamos sair da area de conforto e seguir “nadando contra a maré” para mudar o cenário de nossas vidas.

  58. LENI

    01/07/2020 10:07em10:07

    Perfeito!

    Com o COVID sempre falei falei que queria voltar a minha “vida normal”. Com essa reflexão, vou mudar esse discurso! Apos o COVID quero fugir da normalidade”. Me reinventar!

  59. Arnaldo

    01/07/2020 10:32em10:32

    Ótimo texto!!! EM tempos como o de hoje, é mais do que essencial lermos sobre filosofia – no sentido da palavra – e podermos extrair disso bons pensamentos!

  60. FELIPE

    01/07/2020 13:14em13:14

    Sensacional.

  61. FABIANO DE SOUZA LEITE

    01/07/2020 13:17em13:17

    Palavras muito esclarecedoras e cobertas de verdades motivacionais. O novo normal ou nova mentalidade de atitude renovadora. Nada de continuar anulando seus desejos. Ação e emoção juntas.

    • Adriana

      01/07/2020 18:08em18:08

      Muito bom o texto👏👏👏

  62. Thatiane Peixoto

    01/07/2020 15:31em15:31

    Texto tão motivador, que já está salvo em meus “favoritos”, para ler quantas vezes forem necessárias! Que tenhamos “senso de propósito”! Muito obrigada pelo texto.

  63. Raquel Pimentel

    01/07/2020 15:40em15:40

    Excelente o texto!! A pandemia tem nos mostrado que o Universo conspira para inovação, mais amor ao próximo e a natureza! O novo normal somente acontecerá para aqueles que estiverem despertos para acreditar que a realidade é se reinventar, começar do zero!! Não temos o controle do externo, é a Lei da Impermanência, mas temos o controle interno e podemos mudar tudo ao nosso redor desde que comecemos por dentro de nós!! Texto profundo e inspirador!! Parabéns Gabriel!

  64. FRANCISCA SHEILA

    01/07/2020 15:40em15:40

    EXCELENTE TEXTO. SEGUIREI REFLETINDO SOBRE AS QUESTÕES ABORDADAS A FIM DE ME APROPRIAR DE SEU CONTEÚDO PARA PROMOVER MUDANÇAS.

  65. ANA LUCIA ZAMPERLIN DE MORAES

    01/07/2020 17:17em17:17

    Gosto mais quando você coloca no final do texto uma passagem bíblica.

  66. JULIANE JONER TORRES

    01/07/2020 17:25em17:25

    Fantástico, e agora, só agora depois de ler o texto, olhei para trás e me senti a personagem principal . Quero mudar, vou mudar!

  67. luiz felipe de araujo maia

    01/07/2020 18:02em18:02

    Parabéns pelo texto, essa última semana não tive motivação para estudar, precisava me motivar e estou me sentindo animado para retomar os estudos.

  68. Suellem Tristão

    01/07/2020 19:02em19:02

    Completamente extasiada !
    Não consigo encontrar palavras para definir o impacto que este texto me causou. Parabéns e obrigada por compartilha-ló.

  69. GLAUCIA LUCENA

    01/07/2020 19:31em19:31

    Maravilhoso texto!!!! Tb sinto que chegou a hora de mudar, muito motivacional!!!

  70. José Henrique Aguiar

    01/07/2020 19:34em19:34

    Muito bom GG, pois ser Anormal e estar no novo normal e superando cada obstáculo que aparece em nossas vidas com, Fé, determinação e Foco.

  71. Ronne

    02/07/2020 04:37em04:37

    Excelente reflexão. A verdade incomoda, mas é necessária e libertadora!

  72. Mauricio Soares

    02/07/2020 08:06em08:06

    “Quem não encontrar a própria identidade nem achar a motivação certa ficará pelo caminho.” Essa frase confronta/impacta de tão verdadeira que é. Parabéns pelo excelente texto!

  73. Bruno

    02/07/2020 10:49em10:49

    Excelente Texto.

  74. Weld

    02/07/2020 11:03em11:03

    Só tenho que agradecer pelo ótimo texto, muito reflexivo, muito obrigado.

  75. Virginia

    02/07/2020 12:37em12:37

    Excelente texto.

  76. Morgana

    02/07/2020 16:12em16:12

    Excelente e oportuno texto e ótima reflexão que ele traz.

  77. Joao Etelvino

    02/07/2020 16:20em16:20

    “O texto foi muito oportuno!!
    Realmente nada será como antes,e mesmo que tudo pareçacomo antes,temos que prestar atenção em nós mesmos e nas coisas ao nosso redor..

  78. tusseana martins ferreira

    02/07/2020 17:41em17:41

    Com certeza, foi um artigo agregou. Muito obrigada!

  79. Lívia Paz

    02/07/2020 19:11em19:11

    Ótimo texto!
    Bastante reflexivo.
    De fato nada mais será como antes. Os resilientes se destacarão no atual contexto, pois o novo normal nos traz a oportunidade de explorar novas frentes, novas oportunidades.
    Se por um lado perdemos algo de bom da antiga rotina, de outro, ganhamos muitas coisas boas, nem que seja a percepção do grande valor que pequenas coisas possuem, como por exemplo, dividir um momento com familiares e amigos; compartilhar experiências com outras pessoas (como se emocionar ao assistir um filme no cinema ou fazer uma nova amizade na fila de um brinquedo no parque ou ainda, jogar futevôlei com um grupo de desconhecidos na praia).
    Se pensar um pouco, muitas dessas coisas já não acontecem a alguns anos, pois o avanço das mídias sociais com o aumento tecnológico alterou as interações sociais.
    Há mais de uma década, observo que as pessoas não se olham mais nos olhos, não se cumprimentam em uma fila ou interagem enquanto vivenciam uma experiência.
    Viramos todos zumbis tecnológicos, imersos em nosso universo virtual.
    Olho no celular e não no próximo. Cheguei a ouvir de pessoas que dividiam comigo um mesmo recinto: Quer falar comigo? Mande uma mensagem. (risos)
    A unanimidade entre as pessoas atualmente é o desejo pelo fim do distanciamento, parece até ironia do destino.
    Quem sabe, o novo normal nos permita resgatar relações sociais humanizadas?

  80. Jonas Guilherme Barros

    02/07/2020 20:15em20:15

    excelente explicação! esse tempo foi uma reflexão para melhorar o que precisa ser melhorado!

  81. JOSE EVANGELISTA DE MELO

    02/07/2020 20:26em20:26

    Foi útil bem animador, além de jogar autoestima da pessoa lá em cima.

  82. joão

    02/07/2020 20:40em20:40

    Bom texto. Interessante a perspectiva! Parabéns!

  83. Elaine Rockenbach

    02/07/2020 22:40em22:40

    Que texto incrível! Está alinhado com o que tenho pensado nas últimas semanas. Já salvei nos favoritos, porque parece com o que eu escreveria para mim como uma carta motivacional e de desabafo. Complexo! kkkk

  84. Edmilson Correa

    03/07/2020 13:37em13:37

    Gostei!! falou de forma clara e objetiva, vamos sair desta normalidade onde mediocridade é parte de um todo. Parabéns pelas palavras.

  85. DIANA COSTA

    03/07/2020 20:31em20:31

    Muito obrigada por esse texto Gabriel!Lê-lo me trouxe motivação.

  86. Cesar

    03/07/2020 20:59em20:59

    Muito bom o texto, que no novo normal o bem se fortaleça!

  87. Giulia

    03/07/2020 22:20em22:20

    Interessante, uma perspectiva e incentivo ao não acomodar-se!

  88. Elisabeth Justina de Sousa

    04/07/2020 23:54em23:54

    Texto Excepcional, muito motivador esta reflexão. Suas citações com pensadores são maravilhosas.
    Realmente não devemos viver o normal, é preciso transpor nossos horizontes e as cavernas.
    Parabéns pelas mensagens, obrigada!

  89. Alvi Verde Imponente

    06/07/2020 08:33em08:33

    Ótimo texto….

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer conquistar a sua aprovação em concursos públicos?
Prepare-se com quem mais entende do assunto!
Comece a estudar no Gran Cursos
Para o Topo