Carreiras

Concurso Policial 2019: confira AQUI as oportunidades!

Concurso Policial 2019O ano de 2019 prevê excelentes oportunidades para os concursandos que desejam ingressar na área da segurança pública (concurso policial). Muitas oportunidades serão abertas nas Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal. Há oportunidades também para ingresso nos Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito, Departamento de Estradas de Rodagem e Secretarias de Justiça (Agente Penitenciário) em diversos estados do país.

Além de oferecerem boa remuneração e estabilidade, muitos concursos oferecem auxílio médico e odontológico, licença-prêmio e gratificações. A remuneração dos aprovados nos concursos da área da segurança pública em todos os estados e no Distrito Federal pode chegar até R$ 22,1 mil.

Uma boa motivação para se preparar para as carreira da segurança pública é que os conteúdos programáticos possuem matérias em comum, possibilitando ao concurseiro estudar para provas de diversos concursos ao mesmo tempo. A ideia é estudar dos assuntos mais frequentes para os menos frequentes. Por exemplo, Português, Direito Constitucional e Direito Administrativo são cobrados para a maioria dos cargos.

Polícias Militares

No Brasil, as Polícias Militares estaduais são as 27 forças de segurança pública que têm por função a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública, com exclusividade no policiamento ostensivo, no âmbito dos estados (e do Distrito Federal). Subordinam-se administrativamente aos governadores e são, para fins de organização, forças auxiliares e reserva do Exército Brasileiro, e integram o sistema de segurança pública e defesa social do Brasil, ficando subordinadas às Secretarias de Estado da Segurança em nível operacional. São custeadas por cada estado-membro e, no caso do Distrito Federal, pela União.

As polícias militares estão estruturadas operacionalmente de maneira similar ao Exército, organizadas em comandos intermediários, batalhões, companhias e pelotões. Os batalhões são baseados nos grandes centros urbanos, e suas companhias e pelotões são distribuídos de acordo com a densidade populacional nas cidades circunvizinhas. Normalmente os pelotões são também subdivididos em destacamentos ou postos de policiamento. A polícia montada está organizada em regimentos, divididos em esquadrões e pelotões.

Polícias Civis

As Polícias Civis são instituições históricas, tipicamente brasileiras, que exercem funções de polícia judiciária, nas unidades federativas do Brasil, cuja função é, de acordo com o artigo 144 da Constituição Federal de 1988, o exercício da segurança pública. As polícias civis são subordinadas aos Governadores dos Estados ou do Distrito Federal e Territórios e dirigidas por delegados de polícia de carreira.

As corporações são dirigidas por Delegado de Polícia de carreira, mas a denominação do cargo designativo da direção-geral pode variar de um estado brasileiro para outro, como Chefe de Polícia, Delegado Geral de Polícia ou Superintendente da Polícia Civil. O Chefe de Polícia ou Delegado Geral preside o Conselho Superior da Polícia Civil, órgão colegiado de assessoramento superior integrado pelos Diretores dos Departamentos de Polícia.

Ainda de acordo com o artigo 144, § 4º, da Constituição Federal, que especifica o papel das Polícias Civis, são funções institucionais destas, ressalvada a competência da União: apurar infrações penais, exceto os militares; o exercício das funções de polícia judiciária.

Corpo de Bombeiros

Os Corpos de Bombeiros Militares são corporações cuja principal missão consiste na execução de atividades de Defesa Civil, Prevenção e Combate a Incêndios, Buscas, Salvamentos e Socorros Públicos no âmbito de suas respectivas Unidades Federativas. Desde 1915 são considerados Força Auxiliar e Reserva do Exército Brasileiro, e integram o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil.

Seus integrantes, assim como os membros das Polícias Militares, são denominados Militares dos Estados pela Constituição Federal de 1988, sendo, dessa forma, subordinados, quando em serviço, à Justiça Militar estadual.

Departamento de Trânsito

Os Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs) são os órgãos (havendo alguns estados que os tornaram autarquias) do Poder Executivo Estadual que fiscalizam o trânsito de veículos terrestres em suas respectivas jurisdições, no território Brasileiro. Entre suas atribuições está a determinação das normas para formação e fiscalização de condutores.

No território Brasileiro, os DETRANs são responsáveis pela avaliação da capacidade física, mental e psicológica dos candidatos à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A avaliação é feita pelos serviços médicos e psicológicos existentes nos DETRANs (ou pelos seus credenciados).

Os DETRANs também são responsáveis pelo credenciamento de fabricantes de placas e tarjetas na jurisdição de cada estado. Para o credenciamento as empresas devem demonstrar capacidade jurídica e técnica, além de regularidade fiscal e idoneidade financeira para a produção das placas e tarjetas em conformidade com as normas do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN)

Departamento de Estradas de Rodagem

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) é o órgão executivo rodoviário dos estados e do Distrito Federal, com jurisdição sobre as rodovias e estradas estaduais de sua sede. São departamentos responsáveis pela administração de rodovias estaduais no Brasil. São subordinados aos governos estaduais de suas respectivas unidades da federação.

Secretaria de Justiças e Secretarias de Serviço Penitenciário

As Secretarias de Serviços Penitenciários (ou de Administração Penitenciária) bem como as Secretarias de Justiça, em alguns estados, são responsáveis por promover e garantir os Direitos aos cumpridores de algum tipo de pena. Cabe à elas o planejamento, supervisão e coordenação da execução dos serviços de administração das unidades do Sistema Penitenciário Estadual, em cumprimento à Política Penitenciária Nacional e à Legislação de Execução Penal.

No Brasil, são mais de 65 mil Agentes Penitenciários, para custodia e controle de cerca de 500 mil detentos, dentre as atribuições dos agentes penitenciários estão: manter a ordem, disciplina, custódia e vigilância a detentos nas unidades prisionais, assim como externo as unidades em escolta armada para audiências judiciais, atendimento medico, velório, IML, além de serviços de natureza policial como apreensões de ilícitos, revistas pessoais em detentos e visitantes, revista em veículos que adentram as unidades prisionais, controle de rebeliões, focalização em materiais e celas, assim como em movimentações diversas para canteiros de trabalho, escola, setores de enfermagem, dentista, psicologia, assistência social e jurídica.

Confira abaixo a relação de concursos das carreiras policiais previstos para 2019:

NACIONAL

Polícia Rodoviária Federal

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes 

Departamento Penitenciário Nacional 

NORTE

Acre

Corpo de Bombeiros Militar

Amazonas

Polícia Civil 

  • Concurso: Polícia Civil do Amazonas (Concurso PC AM)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Diversos
  • Escolaridade: Níveis médio e superior
  • Número de vagas: 424 vagas
  • Remuneração: Até R$ 12 mil
  • Situação: Comissão formada
  • Saiba mais AQUI

Polícia Militar 

Corpo de Bombeiros

Secretaria de Administração Penitenciária 

Amapá 

Corpo de Bombeiros 

Departamento de Trânsito 

  • Concurso: Departamento de Trânsito do Amapá (Concurso Detran Amapá)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargo: A definir
  • Escolaridade: A definir
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: A definir
  • Situação: Anunciado

Pará

Polícia Civil

  • Concurso: Polícia Civil do Pará (Concurso PC PA)
  • Banca organizadora: AOCP
  • Cargos: Administrador, Assistente Social, Psiquiatra, Psicólogo, Técnico em Gestão Pública e Médico
  • Escolaridade: Nível Superior
  • Número de vagas: 11
  • Remuneração: Inicial R$2.272,54
  • Situação: Banca definida
  • Link do último edital
  • Saiba mais AQUI

Roraima

Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania

Rondônia 

Polícia Militar

Tocantins

Corpo de Bombeiro Militar do Tocantins

NORDESTE

Alagoas

Polícia Civil

  • Concurso: Polícia Civil do Estado de Alagoas (Concurso PC AL)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Agente; Escrivão; Delegado
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 300 (previstas)
  • Remuneração: Até R$ 12 mil
  • Situação: Anunciado
  • Link do último edital
  • Saiba mais AQUI

Corpo de Bombeiro 

Departamento de Trânsito  

Ceará

Polícia Civil 

Polícia Militar 

Polícia Forense 

Maranhão

Corpo de Bombeiros

Pernambuco

Polícia Civil

Piauí

Polícia Civil

Polícia Militar 

Paraíba 

Agente Penitenciário da Paraíba

  • Concurso: Agente Penitenciário do Estado da Paraíba (concurso Agepen PB)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargo: A definir
  • Escolaridade: A definir
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: A definir
  • Situação: Anunciado

Rio Grande do Norte

Polícia Civil

Departamento de Trânsito 

Fundação de Atendimento Socioeducativo

CENTRO-OESTE

Distrito Federal

Polícia Civil

Subsecretária do Sistema Penitenciário 

Departamento de Estradas e Rodagem 

Goiás

Polícia Militar

Polícia Civil

Secretaria de Gestão e Planejamento 

Corpo de Bombeiro 

Mato Grosso

Polícia Militar

Polícia Civil

Corpo de Bombeiro

  • Concurso: Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (Concurso Bombeiro MT)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargo: Oficial
  • Escolaridade: Nível médio (conforme último edital)
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: R$ 3.983,84. (conforme último edital)
  • Situação: Comissão formada
  • Saiba mais AQUI

Mato Grosso do Sul

Polícia Civil

  • Concurso: Polícia Civil do Mato Grosso do Sul (Concurso PC MS)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: médico legista, perito criminal, papiloscopistas e agente de polícia científica
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 170
  • Remuneração: Até R$ 14.978,26 (segundo último edital)
  • Situação: Autorizado
  • Saiba mais AQUI

SUDESTE

Espírito Santo

Polícia Civil

Instituto de Atendimento Socioeducativo 

  • Concurso: Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Concurso Iases)
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargos: Assistente de Suporte Socioeducativo; Agente Socioeducativo; Analista de Suporte Socioeducativo; Assistente Social Socioeducativo; Pedagogo Socioeducativo e Psicólogo Socioeducativo.
  • Escolaridade: Nível médio e superior
  • Número de vagas: 253
  • Remuneração: Até R$4,4 mil!
  • Situação: Comissão formada
  • Saiba mais AQUI

Secretaria de Justiça 

Departamento de Trânsito 

Departamento de Estradas e Rodagem 

São Paulo

Polícia Civil

Polícia Militar

Departamento de Trânsito 

Rio de Janeiro

Polícia Civil 

  • Concurso: Polícia Civil do Rio de Janeiro (Concurso PC RJ)
  • Banca organizadora: A definir  
  • Cargo: Inspetor, médico legista, técnico de necropsia e auxiliar de necropsia
  • Escolaridade: Níveis fundamental, médio e superior 
  • Número de vagas: 80
  • Remuneração: Até R$9 mil
  • Situação: Banca em definição
  • Saiba mais AQUI 

Delegado 

Polícia Militar

SUL

Paraná

Polícia Civil

Santa Catarina

Polícia Militar

Departamento de Administração Prisional 

CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!

CONCURSOS 2019: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!

Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem mais entende do assunto! Cursos completos 2 em 1, professores especialistas e um banco com mais de 800.000 questões de prova! Garanta já a sua vaga! Mude de vida em 2019!

Estude onde, quando, como quiser e em até 12x sem juros! Teste agora por 30 dias!

Matricule-se!

Para o Topo